Daniel Silveira e o 21 de Abril

Poderia até ter passado batido, se não fosse a ousadia do STF em querer “crucificar” Daniel Silveira, em atos abusivos e lesivos à Liberdade de Expressão e ao livre Direito de ir e vir do cidadão brasileiro, às vésperas de uma eleição de importância quase mundial.

O então Tiradentes, conhecido como tal, por ter sido dentista, foi, além de outras coisas, militar e dessa forma, se torna um importante ativista político naqueles tempos.
Tiradentes passa a ter importância, por liderar uma conspiração que tinha por pauta, libertar-se do domínio português.

Tiradentes foi preso, julgado e enforcado publicamente, como forma de conter os anseios daqueles que seguiam liderados pelo então inconfidente.

E assim, porque ele tentou libertar o povo do jugo português, que então cometia todo tipo de atrocidades, como essa, que o levou à morte por enforcamento, ele se torna o herói nacional, que é relembrado por ter tido a ousadia de tentar dar um significado mais do que valoroso à identidade de um povo que se chama brasileiro.

E o STF, que hoje poucos sabem se é a Suprema Corte, ou apenas mais um Partido Político, leva o revés mais importante de sua história e pela caneta de um único homem, que verdadeiramente tem lutado para fazer valer a Constituição da República Federativa do Brasil.
Esses homens que hoje querem anular páginas e reescrever outras tantas de nossa Constituição, levaram um tapa na cara, e estou aguardando com ansiedade para ver os próximos lances que serão dados nesse lindo e instigante tabuleiro.

Importante lembrar que Daniel Lucio da Silveira, antes de ser deputado federal pelo PTB e tendo sido eleito pelo estado do Rio de Janeiro, também foi PM, justamente o que tem por patrono o famoso Joaquim José da Silva Xavier, que atende pelo pseudônimo de Tiradentes.
Não poderia ser mais emblemática que isso a data em que o Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, também militar, capitão do Exército Brasileiro, assina esse indulto devolvendo a Daniel todos os seus direitos, cassados por indivíduos que aparentemente tomaram de assalto a Suprema Corte de nossa nação.

Por atos totalmente incompatíveis com a nossa Constituição, Daniel foi preso em 16/02/2021, por atos coordenados de forma imprópria e por batutas bastante descompassadas, após ter publicado um vídeo com palavras duras e ásperas, onde ele manifestou ao Brasil, no papel que lhe cabia, como representante de um grupo de pessoas, que seguramente o elegeu, esperando justamente que em uma situação como essa, ele agisse da forma que agiu.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 21042022 – Daniel Silveira e o 21 de Abril – (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ser útil a mais alguém, divulgue: (ao replicar, preserve a fonte)

Siga-nos através do link: https://www.bitchute.com/video/c9Qhwy817qcm/

leia este texto completo e outros em: http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.