Derrubar Bolsonaro eis o alvo

Quando Dilma estava na mira do Impeachment, muita gente da mídia, achava um absurdo o que estava sendo feito com ela, por ter na contra ofensiva, justamente o vice dela, o Michel Temer. Pois bem, percebe-se que a mídia não gosta muito de “falsidades”

Engana-se quem pensa dessa forma, porque o que a mídia não gosta é de algumas pessoas, e não importam as ações, serão justificadas, se partirem com objetivos claros, contra determinadas pessoas.
Por exemplo, o problema não era o impeachment de Dilma, era a pouca sintonia que a mídia mantinha com Temer, e que com a Dilma, já existia.
Assim como, a questão não foi, o fato de Bolsonaro ter reagido à altura a uma arapuca que lhe estava sendo montada sob as suas barbas pelo presidente de seu partido e depois ministro em seu governo, Gustavo Bebianno.
O problema todo, está no fato de que tendo descoberto a trama, Bolsonaro teve uma atitude que pouquíssimos esperavam dele. A denúncia doa a quem doer, e a contra ofensiva no sentido de investigar a fundo tudo e que os envolvidos paguem por seus crimes, custe o que custar.

Finalmente os inimigos de Bolsonaro, teriam o que apontar em seu governo: “Um filho que aparentemente não é investigado, e além disso, para aumentar o tamanho da crise, o presidente de seu partido, que envolvido em maracutaia, ainda o envolve na lama da corrupção e ele acoberta tudo, e ainda o mantém no cargo”.

Mas Bolsonaro, não parece gostar de agir como todos esperam, e navegando contra a maré, não somente não acoberta os acontecimentos, como também, demite o indivíduo.
Bem, e como se não bastasse isso, ainda nomeia um outro general para o cargo em questão.
Assim, Bolsonaro, coloca o General Floriano Peixoto Vieira Neto para ocupar o cargo deixado por Gustavo Bebianno, secretário-geral da Presidência da República.
Vimos que a armadilha era de fato maquiavélica, com requintes do conhecimento gramscista, a fim de implodir o governo por dentro.
Não resta a menor sombra de dúvida de que isso tem dedos muito pesados, de gente poderosa, e porque não dizer, que se pode dizer, da própria Rede Globo, inclusive. Mas não somente é claro.

Para felicidade do povo brasileiro, temos homens valorosos rodeando o Bolsonaro, e um deles, naturalmente que é o Carlos, ou como o chamam na intimidade o “Pit Bull” da família Bolsonaro.
E foi graças a esses homens, e digo esses, porque não creio, que Bolsonaro esteja restrito a um ou dois apenas. Creio sim, que existe um grande e complexo serviço de informações e contra-informações à volta dele, e que lhe permite andar com desenvoltura, mesmo em meio a raios e trovões…
Plantaram sim uma grande arapuca e Bolsonaro seria ejetado da cadeira presidencial, tal como Zé Dirceu havia cantado: “Nós vamos retomar o poder e não será pelo voto!” e,
“Deixa que ele sente na cadeira, essa cadeira queima!”

“Se Bebianno não tivesse sido desmascarado na questão da suposta candidatura-laranja que ele, Bebiano, e Bivar (ou sabem-se lá quem mais) arrumaram nas vésperas da eleição, para aparentemente desviar R$ 400 mil, hoje o problema estaria grudado no Presidente da República, e certamente existiria de fato uma crise grave no Governo.

A mídia inteira a partir de agora estaria começando a falar de “crime eleitoral” pelo Presidente, de desvio de dinheiro de campanha (nos moldes de PC Farias/Collor), e a arapuca estaria montada para inviabilizar o governo.

Era de fato um plano maquiavélico, mas “Carlos Bolsonaro” desmontou a trama. Ao ter capacidade de perceber o perigo que se armava no horizonte para o governo do pai, desmentiu praticamente EM TEMPO REAL a notícia veiculada na mídia tradicional (e replicada instantaneamente pelo prestigiado site ‘O Antagonista’) da (inexistente) conversa de Bebianno com Bolsonaro para tratar do assunto da “candidatura-laranja”.

E além de desmentir Bebianno e a mídia, Carlos Bolsonaro ainda divulgou o áudio do pai para provar que não houve qualquer conversa com Bebianno, deixando claro que o problema não seria assunto do Governo e da Presidência da República.

Carlos Bolsonaro, com essa atitude, gerou ódio dos muitos que esperam de fato um enfraquecimento do Governo Bolsonaro, com o aparecimento de crises e o surgimento de motivos para se tentar derrubar o presidente.

E, incrivelmente, hoje a mídia “mainstream”, incluindo-se o próprio ‘O Antagonista’, passou o dia I N T E I R O defendendo a permanência de Bebbianno no governo e condenando a atitude de Carlos Bolsonaro.

Com efeito, se ela tivesse bom-senso deveria ter feito justamente o inverso: teria apoiado o afastamento de Bebianno e aplaudido a atitude de um Presidente que, ao menor sinal de algo errado por parte de alguém de sua equipe, o isola do Governo e o demite (o que tudo leva a crer que será feito).

Mas não. A cegueira ideológica dela, mídia “mainstream”, é tão grande, e a raiva que sente pelo fato de a arapuca ter sido desarmada é tão insuportável, que sequer percebe o vexame que passa ao ser tão contraditória.

Assim como o Rei, na fábula, a mídia também ficou nua: passou os anos petistas dizendo arrogantemente, de forma pernóstica, que ministros não podiam ser protegidos, que tinham que ser demitidos ao sinal de “malfeitos”, e agora, justamente quando Bolsonaro age como ela, mídia, sempre disse que se tinha que agir, passa a ser contra a medida do Presidente, passa a defender a permanência do malfeitor no governo.

Carlos Bolsonaro, com uma tuitada e um post no facebook, de uma só vez blindou o pai no episódio da “candidatura-laranja” e desmascarou tanto a hipocrisia da mídia “mainstream” quanto o seu espírito golpista de querer fabricar crises.

O “02”, ou o “pit-bull”, mostra que tem de fato uma mente preparada para lutar a guerra cultural.

Está apenas começando. Tem muita limpeza a ser feita ainda. Até o final do governo, muito jornalista vai entrar em colapso nervoso.” (Texto de Guillermo Federico Piacesi Ramos)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 99820-9599 (TIM)
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 180219 – Derrubar Bolsonaro eis o alvo – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip
#FalaPortaldaRadio #BoicoteaRedeGlobo #conipsi #cojae #dojae #ciepClubedeImprensa #abaixoaRedeGlobo

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.