A dita vacina e suas controvérsias

Lembrando que, segundo algumas fontes, Dória, Butantã e Sinovac, já planejavam o desenvolvimento da dita VACHINA desde agosto de 2019, mas, o curioso é que essa tal gripe chinesa, surge de fato ao mundo, a partir de janeiro de 2020. O próprio Dória autorizou o carnaval em 2020 porque disse que estava tudo em ordem.
Claro que ante esse fato, podemos supor que o objetivo era, libera geral para o carnaval, a fim de que muita gente se infecte e assim, justifique mais rapidamente a necessidade da imunização pela VACHINA que já estava nos projetos.

Então, pegamos os meninos na mentira, porque, se a vacina já estava em andamento, é porque a doença já existia, cai por terra a teoria de que surgiu no início de 2020; além disso, cai por terra a ideia do total desconhecimento do assunto, uma vez que já sabiam da necessidade de uma campanha de imunização.

Assim, como crer em um País e dirigentes de tal País, que mentem descaradamente.

Fatos que surgem e a necessidade da desconfiança:
– A China está comprando vacina de outro fabricante para seu povo. Ora, se a tal VACHINA está tão adiantada, precisando somente ser testada, porque não testar no próprio povo de onde vem a tecnologia?
– A necessidade de vacinar o mundo todo, (6 bilhões de habitantes) a R$ 1,00 por dose, já traria uma importância considerável aos cofres do fabricante, especialmente que uma campanha de imunização exige no mínimo duas doses; e claro, jamais custaria R$ 1,00 a dose.
– A OMS assinando atestado de incompetência, omissão, e conivência com o que aconteceu; uma vez que a mesma escondeu do mundo o que de fato estava acontecendo, e quando se manifestava, se mostrava totalmente desconexa com a realidade.
– E naturalmente, o que mais chama a atenção é o desespero de Dória em vacinar a população, ainda que, contrário às determinações da ANVISA.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 05122020 – A dita vacina e suas controvérsias – (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

E siga-nos também através deste link: https://open.lbry.com/@iess:5/A-dita-vacina-e-suas-controvérsias:2

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.