Algo garante a nossa estabilidade

O que deveria garantir a nossa estabilidade, seriam as nossas Forças Armadas, juntamente com as forças auxiliares.
No entanto, o povo brasileiro prefere ver o poste urinando no cachorro, do que, aquilo que seria mais lógico.
Então, ao analisarmos os fatos, vemos que a sociedade para ainda ter alguma lógica organizacional, é porque de alguma forma, alguma força está sendo orquestrada, como se fosse um pano de fundo.
Àqueles que não entendem o óbvio, sugiro que se deliciem com um pouco mais de conhecimento, para que assim possam entender, o barulho que o silêncio pode fazer.
Tem gente que ainda acha, que, por alguém não estar reclamando, de tal ou qual ato, é porque estaria se sentindo à vontade com as atitudes negativas das forças esquerdopatas que estão a cada dia que passa se organizando para tomar conta da Nação. Mas não se enganem, o grito do “Grande Mudo”, pode vir a ser ensurdecedor.
O dono desta nação é o povo brasileiro, e os guardiões eleitos são as gloriosas Forças Armadas.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(014) 41 9 8514-8333 (Oi)
(041) 41 9 9820-9599 (Tim)
(015) 41 9 9109-8374 (Vivo)
(021) 41 9 9821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 281017 – Algo garante a nossa estabilidade – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *