Rosa Weber se proclama Rainha e fecha o Legislativo

Decisão da Ministra é ainda mais absurda que a de Teori Zavascki e proíbe o Legislativo de desempenhar seu papel e eventualmente julgar Dilma Rousseff.
Se já parecia suficientemente absurda a decisão de Teori Zavascki, suspendendo uma questão de ordem respondida apenas com o Regimento e a Constituição Federal, a ministra Rosa Weber, que ficou famosa na época de sua nomeação por não saber responder sobre princípios constitucionais básicos durante a sabatina no Senado, decidiu se auto-proclamar Rainha e na prática fechar o Congresso. Weber proíbe (sim, você leu direito: PROÍBE) Eduardo Cunha (PMDB) de levar adiante QUALQUER PROCESSO DE IMPEACHMENT até que o Supremo se manifeste.
Este Sul Connection pergunta: quem Rosa Weber pensa que é? A rainha absolutista do Brasil? A toda poderosa de Banânia? A incontestável guia genial do povo brasileiro? Vá se enxergar, ministra! O Brasil, a despeito do PT, de Dilma e de gente como a senhora, ainda é uma democracia. Ainda temos uma Constituição em vigor. Ainda temos poderes INDEPENDENTES.
Eduardo Cunha tem a obrigação moral de apresentar um agravo de instrumento exigindo o imediato reestabelecimento da ordem constitucional, flagrantemente rompida por esta senhora.
E num país civilizado, Weber teria aberto hoje mesmo no Senado seu próprio processo de impeachment.
Atentar contra a ordem constitucional é crime. Dos mais graves.
Que tempos! Que costumes!
www.sulconnection.com.br/noticias/1730/rosa-weber-se-proclama-rainha-e-fecha-o-legislativo

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos!

Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos.

CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR.
DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *