Quadrilhão, a nova designação aos PTralhas I

“Não foi o sítio nem o tríplex.
Tampouco a PETROBRÁS, ou o BNDES.
Primeiro o PT jogou mulheres contra homens, acusando-os de machistas e misóginos, e os dividiu em dois grupos.
Depois foram negros contra brancos, acusando-os de racistas e preconceituosos, e viraram quatro.
Pobres contra ricos, acusando-os de elitistas conservadores, e a divisão foi a oito grupos. Homo contra héteros, acusando-os de homofóbicos e covardes, e viraram dezesseis.
Após foram os filhos contra os pais, e os empregados contra os patrões, sucessivamente. Aí ficou fácil dominar, pois ninguém já se entendia com mais ninguém.
E a motivação para essa ação deliberada e criminosa se apresentava, com aparente inocência, pelo nome de “politicamente correto”. Agora, para retornarmos a ser um povo unido, vai levar gerações. O prejuízo é incalculável.
Esse foi, sem sombra de dúvidas, o mais grave, dos crimes cometidos por Lula.” (Aderbal Neves Calmeto)

O Ministério Público Federal denunciou, e o Juiz Dr. Vallisney de Souza Oliveira aceitou a denúncia que de ora em diante poderá vir a ser chamada como o “Quadrilhão do PT”.
Nesses fatos que vêm a público, no dia 23 de novembro de 2018, fica clara a situação que a 10ª Vara de Brasília torna réus, os acusados de Organização Criminosa, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Vana Rousseff, Antonio Palocci Filho, Guido Mantega, João Vaccari Neto.
Essa denúncia, segundo o MPF acusa os réus de alguns crimes contra a administração pública, que fala a priori do desvio de algo próximo a 1,4 bilhão de reais dos cofres públicos.
Essa denúncia que estava em mãos do STF, porque foi proposta em setembro de 2017, acusa os propostos réus a crimes praticados de 2002 a 2016, junto a PETROBRÁS, ao BNDES Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e também ao Ministério do Planejamento.
Não resta a menor sombra de dúvida de que o Lula figura como um dos maiores responsáveis pela chefia dessa quadrilha que vem operando no País, e que em todos os crimes praticados nos últimos anos, percebe-se claramente a impressão digital do molusco.
E seguindo essa linha, resta-nos a certeza de que o apedeuta figura como o principal e responsável pela liderança e pela organização deste “quadrilhão”.
Temos por certo que o mesmo tem atuado de todas as formas nas negociações de todos os níveis, inclusive e principalmente na indicação e nomeação de cargos públicos, com o objetivo de manter as vantagens indevidas, e o apoio político desde sempre, a favor de seus interesses pessoais e do grupo político a que ele estivesse ligado.

Bem, é claro que algo nesse sentido, não ficaria sem uma resposta especialmente da parte da Gleisi Helena Hoffmann, atualmente eleita para o cargo de deputada federal e presidente do PT.
Ela acusa isso tudo como sendo uma espécie de “Delírio acusatório”, onde segundo ela, e em relação a esse processo, ela afirma que a ação “não se sustenta em fatos nem provas” sendo assim um “resultado de um delírio acusatório” feito pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.
Afirma o PT, que isso não passa de “arbitrariedade”, e que tem por objetivo comprometer o PT e a imagem do Brasil, além de dizer que isso “solapa a democracia, o estado de direito, o princípio da presunção da inocência e as próprias bases do Judiciário.”

“Quem vem atuando como verdadeira organização fora da lei no país, já há alguns anos, são setores partidarizados do Ministério Público e do sistema judicial, que perseguem o PT e suas lideranças com acusações sem pé nem cabeça, com o objetivo de criminalizar o partido”.
Isto é o que consta do texto da comissão executiva nacional PTista, que atualmente tem por lider a atual senadora, que passará a Deputada Federal Gleisi Hoffmann (PT-PR).

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 261118 – Quadrilhão, a nova designação aos PTralhas I – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE @elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip #FalaPortal #MiottoéÓttimo #conipsi #cojae #dojae #ciepClubedeImprensa #bandeiradoBrasilnajanela

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.