Professor petista da UnB defende assassinato de adversários políticos após derrota nas urnas

Mostrando seu totalitarismo sanguinário, o que é típico dos defensores do bolivarianismo, um professor relativamente famoso da UnB, Marcos Bagno, defendeu em sua conta no Facebook que a única forma de “resolver” o Brasil é degolando e matando seus oponentes políticos.

Como se pode ver nas fotos, na postagem ele chega a citar nominalmente João Dória Jr e ACM Neto, que se elegeram em primeiro turno em duas das principais capitais brasileiras contra candidatos comunistas.

O professor já foi acusado diversas vezes de doutrinação escolar, talvez por essa mesma razão ele seja ferrenho crítico do projeto Escola Sem Partido.

-:/jornalivre.com/2016/10/03/professor-petista-da-unb-defende-assassinato-de-adversarios-politicos-apos-derrota-nas-urnas/ – 03/10/2016

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *