Passam os dias e um convida o outro para a dança

Dizem as más línguas, que o TSE vai suspender horário eleitoral de toda a coligação se Lula continuar aparecendo como candidato.

Parece que o Brasil virou um grande salão de baile.
A PF, vai apertando o cerco e os bandidos começam a tirar seus pares para a dança.
A única diferença desta para uma dança comum, é que nesta, os meliantes escolhem muito bem seus pares. Numa dança comum, cada um escolheria o par mais bonito, mais cheiroso, mais adequado, nesta dança porém, um escolhe o outro, dada a inimizade que nutria pelo outro antes do início do baile.
Desta forma, é comum que vejamos um meliante denunciando ao outro, mas percebemos que antes de tudo, ele vai tentar não denunciar aqueles que lhe são mais caros, ou aqueles que lhe são mais perigosos; sempre irão denunciar os que lhe representem ser, os mais fracos nessa corda.
No dia 23/08/18 nós vimos o indiciamento de Mantega, Palocci, Joesley e outros quatro.
Trataa-se da continuidade da Operação Bullish, que buscava apurar irregularidades em financiamentos feitos pelo BNDES a empresas que faziam ou fazem parte do grupo J&F.
Sete pessoas foram convidadas a dançar, e os pares se formaram em torno de nomes como o do ex-presidente do BNDES Luciano Coutinho, o ex-ministro Antonio Palocci e o ex-ministro Guido Mantega e a estrela da festa o ex-açougueiro e hoje brilhante empresário Joesley Batista, e além desses Victor Sandri, um velho amigo de Mantega.
Joesley com seu irmão, são considerados hoje, a cereja do bolo de grande parte dessa barafunda.
De acordo com as investigações Guido Mantega teria recebido propina de Joesley Batista, a fim de que ele e suas empresas tivessem a permissão para a utilização de verbas do BNDES para a aquisição de uma empresa argentina.
E Palocci que não é bobo e nem nada, parece ter abiscoitado a importância de R$ 2,5 milhões e meio de reais pela intercessão junto a autoridades públicas, o que gerou um favorecimento para o grupo e suas empresas.
Vemos então os meliantes sempre trabalhando em prol de seus interesses pessoais e percebemos que nós é que atrapalhamos tudo e todos.
A grande piada é termos a pretensão de que nossa sociedade tenha leis e regulamentos que pleiteiem impedir a continuidade dessa destruição social como um todo.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 040918 – Incendiar o Brasil, ordem sendo levada à risca – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.