O fim da carreira criminosa do “companheiro Rainha”

José Rainha Júnior, o ex-líder do MST que ganhava a vida fácil invadindo propriedade alheia, foi condenado na semana passada pela Justiça Federal da cidade paulista de Presidente Prudente a 31 anos e cinco meses de prisão. Os crimes que cometeu, segundo o Ministério Público Federal, são: extorsão, estelionato e formação de quadrilha, e estão estritamente ligados às invasões que ele promovia – fica explicado assim porque se falou em ganhar a vida facilmente: Rainha usava trabalhadores rurais para sitiar propriedades e extorquir seus proprietários. Mais: de acordo com a acusação, ele chantageou em R$ 70 mil empresas de agrotóxicos, ameaçando incendiar canaviais caso não lhe dessem o dinheiro.
por Antonio Carlos Prado e Elaine Ortiz – 26/06/15 -./istoe.com.br/424733_O+FIM+DA+CARREIRA+CRIMINOSA+DO+COMPANHEIRO+RAINHA+/

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.