Não se desesperem, sofrimento e ódio são passageiros e os ditadores morrerão

Bernardo Kuster, traz a nosso conhecimento, mais um fato que é simplesmente incontestável.
07/10/18 às 19:20 h o canalha mor do ministério da segurança pública Raul Jungmann diz que mobilizará todas as instâncias, contra todos que ousarem dizer que as urnas eletrônicas são fraudáveis ou fraudadas e que dessa forma, as eleições no Brasil foram um tremendo embuste, como o serão no segundo turno, caso cheguemos lá.
E Bernardo Kuster nos mostra que até o horário que o Raul Jungmann ameaça o povo brasileiro, o TSE, já havia recebido aproximadamente 16 mil comunicados e denúncias, de fraudes e de problemas nas urnas eletrônicas. Configurado está o embuste, confirmado pelo crime eleitoral.
Porém, conforme denúncia maior, aconteceu em Butantã, um distrito do Estado de São Paulo, onde uma pessoa, resolveu fotografar o colégio eleitoral após o pleito e deparou-se com uma situação bastante inusitada e que coloca o Senhor Jungmann et-caterva, numa tremenda saia justa.
Essa senhora, estava tirando fotos de todas as salas onde houveram votações, na Universidade São Judas, no Butantã, e tirando fotos dos “BUs” boletins de urnas, que ficariam afixados nos locais de votação, conforme determina a lei eleitoral.
Neste caso, e por conta desta pessoa que estava tirando as fotos, foi indiciado Júlio Cesar Rodrigues Brasil, que terminou preso em flagrante, artigo 340 do Código Eleitoral Brasileiro, conforme consta do (BO 2881/2018) de 07/10/2018, às 20:06 h, que ao final da votação estava furtando os BUs, de todas as sessões daquela zona eleitoral, de número 374, localizada na Avenida Vital Brasil, 1000; e que deveriam ficar afixados para conhecimento do povo em geral.
Infelizmente é bom lembrar que a cana para este tipo de delito, embora na minha opinião deveria ser considerado um crime extremamente grave, mas gera uma prisão de apenas 3 anos. E como sabemos, sempre haverá aquelas hipóteses, como bons antecedentes, e além disso é claro, como diz o Haddad, crimes menores, são passíveis de soltura.
O canalha em questão, que não é nada diferente de um fiscal de partido, foi pego roubando, surrupiando os boletins de urna que deveriam ficar afixados em local visível na zona eleitoral a que se referia, assim determina a lei eleitoral.
Foi chamada a polícia, juíza eleitoral e um chefe de sessão, além de algumas pessoas como testemunhas do fato em questão.
Foram testemunhas, 01 policial militar, 01 chefe de sessão, 01 engenheiro e 01 geógrafo, que viram tudo e serviram de testemunha junto à polícia contra o já citado Júlio Cesar Rodrigues Brasil.
Bem gente, nem preciso dizer que já conhecemos o “modus operandi” da quadrilha e sem surpresa, surge uma advogada para defender o meliante. Como vemos sempre, a OAB, ou algum advogado sempre de alma boa, e pronto para defender algum meliante em atividade.
Mas é claro que surge, desta vez, não paga por alguma igreja evangélica, ou por alguma alma boa que não queria aparecer, mas indicada pelo próprio delinquente em questão. A advogada: Mariana de Brito Tripode – OAB: 59473, que declarou residência na Asa Norte em Brasília – DF.
Fazendo uma verificação no que ela divulga em sua rede social, percebe-se sua estreita ligação ao PT, bem como aos correligionários esquerdopatas. Dessa forma, não seria leviano julgar que essa advogada havia sido denominada, desde o princípio, que, se acaso acontecesse algo, então a pessoa envolvida no ilícito deveria declarar seu advogado como sendo essa. Ou seja, percebe-se que o “lobo solitário”, desta feita, assim como o Adélio Bispo de Oliveira, que tentou assassinar o Bolsonaro, agiram acobertados e muito bem acobertados por uma salvaguarda partidária.
Me engana que eu gosto, porque sei que a piada será, que o Júlio Cesar agia, possivelmente intimado por uma entidade deística e portanto totalmente livre de qualquer orientação político-partidária.
Já conhecemos o estilo e a cantilena. Afinal Júlio possivelmente será recomendado a um exame psicológico, por suspeita de algum desvio intelectual, cognitivo ou algo que o valha.
E como observa muito bem o nobre Bernardo, se a advogada é do PT, ou pelo menos militante do mesmo, como se observa por sua militância nas redes sociais, será que o cara que ela irá defender é fiscal de qual partido, será que é do partido do Bolsonaro?
Mais claro e translúcido até que a água. Elementar meu caríssimo Whatson, o fiscal naturalmente que é do PT et-caterva.
Não existem condições de que possamos sequer ousar duvidar da verdade, de que o STF, o TSE e o Ministério da Segurança Pública, pelo menos por enquanto, estes órgãos estivessem mancomunados na grande fraude promovida contra a nação brasileira.
Tenho certeza que nossas Forças Armadas, não deixarão que isso passe desapercebido, porque, sabemos que o TSE, os TREs de todo País, o STF, e outras instituições no País estão mancomunadas com os quadrilheiros esquerdopatas a fim da manutenção dessa quadrilha no poder.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Discurso em “O Grande Ditador” – 1940
“Me desculpem, mas eu não quero ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não quero governar ou conquistar ninguém. Gostaria de ajudar a todos – se possível – judeus, não-judeus, negros e brancos.

Todos nós queremos ajudar uns aos outros. O ser humano é assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo – não para seu sofrimento. Não queremos odiar e desprezar uns aos outros. Neste mundo há lugar para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover todas as nossas necessidades.

O estilo de vida poderia ser livre e belo, mas nós perdemos o caminho. A ganância envenenou a alma do homem, criou uma barreira de ódio e nos guiou no caminho de assassinato e sofrimento. Desenvolvemos a velocidade, mas nos fechamos em nós mesmos. A máquina, que produz abundância, nos deixou em necessidade. Nosso conhecimento nos fez cínicos; nossa inteligência nos fez cruéis e severos.

Pensamos demais e sentimos muito pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de gentileza e bondade. Sem essas virtudes, a vida será violenta e tudo será perdido.

A aviação e o rádio nos aproximou. A natureza dessas invenções grita em desespero pela bondade do homem, um apelo à irmandade universal e à união de todos nós.

Mesmo agora que a minha voz chega a milhões de pessoas pelo mundo afora, milhões de desesperados, homens, mulheres, crianças, vítimas de um sistema que faz o homem torturar e prender pessoas inocentes.

Aos que me podem ouvir eu digo: “Não se desesperem!” O sofrimento que está entre nós agora é apenas a passagem da ganância, a amargura de homens que temem o progresso humano.

O ódio do homem vai passar e os ditadores morrerão. E o poder que que eles tomaram das pessoas, vai retornar para as pessoas. Enquanto os homens morrerem, a liberdade nunca se acabará.

Soldados! Não se entreguem a esses homens cruéis. Homens que desprezam e escravizam vocês, que querem reger suas vidas e dizer o que pensar, o que falar e o que sentir, que treinam vocês e tratam com desprezo para depois serem sacrificados na guerra.

Não se entreguem a esses homens artificiais. Homens-máquina, com mente e coração de máquina. Vocês não são máquinas, não são desprezíveis! Você é homem! Você tem o amor da humanidade no seu coração. Você não odeia, só os que não são amados e não naturais que odeiam.

Soldados! Não lutem pela escravidão! Lutem pela liberdade! No décimo sétimo capítulo de São Lucas é escrito: ‘o Reino de Deus está dentro do homem’ – não de um só homem ou de um grupo de homens, mas de todos os homens, em você!

Vocês, o povo, têm o poder – o poder de criar máquinas, o poder de criar felicidade! Vocês, o povo, têm o poder de fazer desta vida livre e bela, de fazer desta vida uma aventura maravilhosa.

Portanto – em nome da democracia – vamos usar desse poder, vamos todos nos unir! Vamos lutar por um mundo novo, um mundo decente, que dê ao homem uma chance de trabalhar, que dê um futuro a juventude e segurança aos idosos.

Foi prometendo essas coisas que cruéis chegaram ao poder. Mas eles mentiram! Não cumpriram sua promessa e nunca cumprirão! Ditadores libertam eles mesmos, mas escravizam as pessoas. Agora vamos lutar para que essa promessa seja cumprida, vamos lutar para libertar o mundo, acabar com as fronteiras nacionais, dar fim à ganância, ao ódio e à intolerância.

Vamos lutar por um mundo de razão, um mundo em que a ciência e o progresso vão levar à felicidade de todos.

Soldados, em nome da democracia, vamos todos nos unir!”

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 131018 – Não se desesperem, sofrimento e ódio são passageiros e os ditadores morrerão – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.