Entre um cafezinho e outro, o que nos resta a falar?

Em janeiro de 2018 – Walderice Santos da Conceição, vendia açaí e recebia salário como servidora lotada junto ao gabinete de Bolsonaro.
Parece ser verdadeiro que essa pessoa de fato não estava irregular, afinal de contas, ele pode manter funcionários onde quer que ele entenda como bom para sua assessoria.
O que causa estranheza, é o fato de essa Walderice ter sido demitida tão logo o jornal tenha denunciado o que o jornal entendeu como algo que pudesse ser denunciado.
Estando a situação confortável, legal e republicana, porque a demissão tão rápida?
Conforme consta essa pessoa, apenas dava água e comida para os cães que o deputado mantinha naquela localidade. E para isso, ela ganhava R$75,00 por semana o que em linhas gerais renderia a ela a importância de R$ 300,00 por mês. E o restante para sua subsistência, até onde consta, essa tal Walderice, retira do comércio de açaí que ela continuou fazendo como antes fazia.
No entanto, fica um questionamento: ao que consta essa funcionária estaria lotada como recebendo algo em torno de R$ 1.400,00. Se ela recebia os R$ 300,00 conforme dito acima, para onde iria o restante?
STF em Pânico. de um lado o Lula que eles sabem que poderá dar com a língua nos dentes a qualquer instante, pois ele, melhor que ninguém, está vendo seu castelo de cartas ruir.
Um homem, quando é homem, já é perigoso com o que sabe, que se diria de um canalha que não está acostumado a guardar segredos e que é sabidamente gabola, além de ser X9 por sua própria natureza.
Além disso, o STF percebe o cheiro dos coturnos dos militares que se aproximam firmes e a passos largos, como em uma grande parada militar, para tomar conta do que resta do País. E é claro que, para tomar conta do que resta do País, será necessário o trabalho da profilaxia, da limpeza, retirando as ratazanas que estão alojadas nos porões do poder.
Gilmar Mendes negou Habeas Corpus a José C. Lavoura da Fetranspor-RJ, que foi preso pelo juiz Marcelo Bretas. Paredão da Transposição das Águas do Rio São Francisco em Salgueiro – PE, se rompe e água desce sertão a fora.
Impresionante desfile de la fuerza militar femenil China, imperdible Interessante que o Brasil inteiro está extasiado com um desfile militar chinês.
De fato é lindíssimo, a única coisa que não consigo entender, é que um desfile militar chinês, é considerado magnífico, e divulgado em larguíssima escala no Brasil, mas não suportam uma parada militar protagonizada por nossos militares.
Uma coisa eu poderia destacar de diferente, essa parada a que me refiro, era apenas uma demonstração da grandiosidade do exército feminino chinês, portanto, lindo de se ver de fato, belas mulheres em forma sincronizada e em perfeita harmonia.
Mas a imbecilidade não permite que se veja um palmo adiante do nariz. Uma demonstração tão clara de poderio, demonstrada pelos chineses, tão somente com a sua ala feminina, já nos dá uma clara mostra de que deveríamos de fato valorizar nossas Forças Armadas, uma vez que, em caso de guerra, o exército chinês, não irá operar a favor de um povo tão insignificante a eles, como representa ser o povo brasileiro.
E para não esquecer nada, enquanto isso, e apenas para ilustrar a total e verdadeira necessidade da intervenção militar, uma professora “corneteira”, resolveu dar aula de educação sexual, a jovens adolescentes e usa um dos alunos como modelo, a fim de mostrar a toda a sala como se coloca uma camisinha no órgão genital masculino com a boca. Embora isso até não chegasse a chocar, se fosse feito entre um casal, ou até mesmo em um ambiente fechado, mas o que aconteceu aí foi, a “corneteira” querer fazer isso em uma escola pública, e diga-se de passagem, em um momento que ela estava a serviço, sendo paga pelo erário para ensinar nossos jovens.
Tenho certeza nobre “corneteira”, que esse tipo de ensinamento, a menina mais quietinha da sala, dispensaria isso de uma professora, porque está aí, a meu ver, uma matéria que dispensa ensinamentos. Essa “corneteira”, não passa de uma prostituta e molestadora no ensino público.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 140818 – Entre um cafezinho e outro, o que nos resta a falar? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.