Burburinho: Canalhas salvando o Brasil, isso é possível?

Vamos a um publicação do nosso General Villas Boas, feita em seu twitter:
“Tão logo o Mercosul assinou o tratado com a União Europeia deu-se início a uma enxurrada de acusações contra o Brasil usando argumentos ambientalista indigenista que incluíram publicações em órgãos de imprensa norte-americana. Na verdade trata-se de tentativas de criar barreiras não tarifárias contra nossos produtos. Quando a inteligência brasileira, englobando a imprensa, universidade e partidos políticos, entenderão que essas são as ferramentas empregadas pelo moderno imperialismo? É triste ver a submissão que houve no Brasil durante tanto tempo.”

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

A matéria veiculada pela Revista Sociedade Militar do dia 10/08/19 sob o título: “É MENTIRA DO TOFFOLLI, nenhum general o consultou” diz OFICIAL SUPERIOR

“… até há uma semana tudo que esse cara falava era considerado como mentira… a direita o chamava de o advogado do PT e só porque agora disse que um general o consultou sobre uma GLO ele é o cara mais verdadeiro do planeta… só acredita nisso quem nunca botou os pés em um quartel… Mesmo o oficial general mais bisonho sabe como e quando se processa uma operação de Garantia de Lei e da Ordem… temos até o manual de GLO, de 2014, salvo engano… Parece-me que esse ministro quer se fazer parecer o arauto da legalidade o cara que salvou o Brasil de uma intervenção militar.. O país passou por momentos muito piores há pouco tempo e não se cogitou nada parecido… isso é Mentira do Toffoli, nenhum general o consultou… ou quem mente é a Revista Veja… eles sabem da euforia de grande parte dos brasileiros com essa coisa de intervenção militar… Por que motivo os mesmos que chamam o ministro de corrupto, incapaz, advogado do PT agora resolveram lhe dar credibilidade?”

A fala acima é de um oficial superior do Exército Brasileiro, que contesta veementemente o que se atribui à Dias Toffoli sobre um oficial general ter pedido sua opinião sobre a legalidade de uma operação GLO em caso de caos social. O senador Major Olímpio declarou hoje para um programa de rádio que a fala de Toffoli é “absolutamente fantasiosa… o super Toffoli salvou o Brasil?!“, O senador disse que jamais aconteceram essas coisas.

A Veja diz que: “… um dos generais próximos ao presidente chegou a consultar um ministro do Supremo para saber se estaria correta a sua interpretação da Constituição segundo a qual o Exército, em caso de necessidade, poderia lançar mão das tropas para garantir “a lei e a ordem”. Em outras palavras, o general queria saber se, na hipótese de uma convulsão, teria autonomia para usar os soldados independentemente de autorização presidencial.” e

“… Não é incomum que a autoridade de um presidente da República seja posta em xeque, testada logo no início do governo. E foi o que aconteceu. O presidente Bolsonaro também recorreu às ruas para reafirmar sua autoridade. Isso causou algum tipo de estranhamento. Tive várias conversas com parlamentares e meu foco foi sempre reforçar que o presidente foi legitimamente eleito, tem a respeitabilidade de quem recebeu 57 milhões de votos e seus projetos e programas precisam ser vistos com esse potencial. Foi uma mudança radical de perfil. “

O Militar entrevistado está correto. O Brasil não esteve a beira de um caos social durante os poucos meses em que Bolsonaro está no governo. E mesmo que houvesse esse risco, a legislação é bem clara e não deixa dúvidas sobre as hipóteses em que se convoca uma operação de GLO. Durante uma grande crise no governo DILMA os generais foram consultados sobre uma ação mais incisiva, um estado de emergência, e souberam responder muito bem sobre o assunto. Lembramos ainda que a maior parte daqueles generais que integravam o ALTO COMANDO naquela época anida estão na ativa.

Ao que parece o MINISTRO quer posar de pacificador, salvador da pátria ou algo do tipo ao mesmo tempo em que é irresponsável dizendo para o mundo inteiro que o BRASIL é um país instável, onde golpes podem acontecer contra um governo com 5 meses de duração. Outro absurdo criminoso está em ter lançado dúvidas sobre a lealdade dos oficiais generais mais próximos do presidente Jair Bolsonaro.” (Revista Sociedade Militar)

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

O que gosto muito de lembrar e acho oportuno aproveitar as palavras do próprio Emílio Odebrecht, quando ele diz: “A minha geração deveria ter vergonha pela omissão”.
No caso dele, é claro, ele errou muito mais, porque não só foi omisso, como também conivente e um dos principais executores da sanha criminosa, na grande marcha carnavalesca que vinha sendo entoada com o objetivo de colocar o povo para sambar, o que eles estavam tentando batizar como algo parecido com a “marcha do crioulo doido”.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Sérgio Moro nas palavras do próprio Bolsonaro, foi o “Homem que teve a coragem, a galhardia, e a vontade de fazer cumprir a lei, fazer com que as entranhas do poder, fossem colocadas a vista de todos, do passado, e também do presente, uma pessoa a quem devemos em grande parte a situação em que o Brasil se encontra, ao lado da democracia e da liberdade.”

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

lembrando ao povo brasileiro, que estávamos, como um grupo de deslumbrados, sendo governados por uma das maiores organizações criminosas, jamais vista no mundo inteiro.
Tudo acontecia a olhos vistos, porém, camufladas por atitudes sórdidas, atitudes das mais abjetas que se pode imaginar.
Era como se vivêssemos um grande e nojento jogo de poder, asqueroso oriundo de um estado paralelo, conduzindo a sociedade a um grande jogo de compadres, e tudo para dar a credibilidade que as atitudes dessa imensa organização criminosa necessitava para iludir ao povo ignaro, com em um grande show ilusionista. Nós fingimos que governamos, porque vocês acreditam!
A única diferença que os únicos que fingiam, são exatamente os mesmos, que ainda hoje ocupam os altos postos no comando de nossa nação. Leia-se aqui: STF, Câmara e Senado Federal, bem como a grande maioria dos servidores de outras autarquias, que estão envolvidas até o tutano com o Crime Organizado, porque fazem parte sim, da ORCRIM que hoje ainda, domina a nossa Pátria.

Isso é verdadeiro?
Claro, era dessa forma que estávamos sendo mantidos na ignorância. Enquanto projetos de interesse da nação não chegavam sequer a ser apreciados, os interesses da quadrilha e dos apaniguados, eram, como são hoje, os únicos interesses a serem apreciados pelos homens de TOGA.
Por esse motivo, não se tem notícia de assuntos de relevância que tenha sido apreciado com carinho pelos togados. O objetivo deles, é hoje, como sempre foi, manter seus correligionários longe das penalidades da Lei, e se houver necessidade, que a lei seja rasgada, reescrita, mal interpretada, que importa?
O que verdadeiramente importa é manter Gleises, Pimentas, Lulas, Dirceus, Eikes, Marias (não importa quais, desde que não sejam santas), Manoelas, Jandiras, Humbertos, Lindibergs, Crivellas, Eduardos, Dilmas, Aécios, Baratas, enfim, a lista é grande dos “Amigos do Amigo, do Amigo de meu pai”, e todos muito bem protegidos, por seres saídos das fossas, como: Gilmar, Alexandre, Lewandowski, Cármen, Marco Aurélio, e todos sob a batuta de um tal Dias, que mais se identifica como o “Amigo do Amigo de meu pai!”.

Pronto, a canalhocracia, estava, como bem se percebe ainda hoje, muito bem instalada!

O País sangra ainda hoje, porque esse cancro, tomou conta de tudo, infectando todos os pontos vitais, e por isso, agora se faz necessária uma intervenção muito séria.

E por esse motivo, percebemos um grito agonizante de Modesto Carvalhosa, onde ele acusa Gilmar Mendes pelos mesmos termos, com os quais ele tenta acusar a Força Tarefa da Lava Jato e a seus membros.
Carvalhosa do alto de sua indiscutível sapiência jurídica, bem como, do alto de seus 87 anos de uma vida, diga-se de passagem muito bem vivida, classifica a entrevista de Gilmar Mendes publicada pelo Correio Braziliense, como o vomitório de Gilmar, que ofende diretamente o Poder Judiciário.
Creio que dessa forma, os demais membros sérios, do Poder Judiciário, devem estar envergonhados, do que, indiretamente estão sendo colaboracionistas, quer seja por omissão ou por conivência.

A atitude de Gilmar Mendes e dos outros membros do STF et-caterva, sim, porque têm seus tentáculos nas demais cortes, é absolutamente truculenta e na medida de quem sabe que o que está fazendo é somente, porque sabe ter muito a temer.

Nesse caso, o ditado: “quem tem .. tem medo” se realiza e se integraliza totalmente nas atitudes desses vermes que já não escondem o motivo de seus atos.

E faz-se importante lembrar que de fato, justiça não é privilégio dos togados que pensam ser iluminados pelo saber, porém, uma necessidade natural de todo homem que vive em sociedade.

E, apenas para que não se tenha dúvida, o STF, está sendo visto como um papel higiênico sujo e que para nada mais serve, por esse motivo é que por todo lugar por onde se ande, de Norte a Sul e de Leste a Oeste a única verdade que ecoa é a de que o STF não passa de vergonha nacional.
O povo brasileiro está cansado e quanto mais cansado fica, mais lhe sobe a indignação por ouvir, ver e sofrer, por conta das barbaridades praticadas, por quem deveria ser, modelo de virtude e guardião moral e intelectual da linda e maravilhosa nação brasileira.
E Carvalhosa engrossa o tom e relembra ao povo, que o Senado, está de volta de mais um de seus recessos; e, que a partir de agora, não podemos deixar passar, mais esta oportunidade de exigir de Davi Alcolumbre que coloque na pauta a votação de todos os pedidos de impeachment contra Gilmar, Toffoli, Lewandowski, incluindo o de Alexandre de Moraes, que está sendo impetrado pelo próprio Carvalhosa.
O combate à corrupção, tem que ser sem medida, não podemos nos furtar e nos calar.
Os atuais donos do poder, precisam entender, que já não temos mais um só desejo, que não seja o de ver toda essa caterva, sendo tratada como deve; ou seja, que o STM assuma seu papel, e com ele as Penas Capital e Prisão Perpétua, aos canalhas apátridas.
Aos que ainda acham ser possível colocar o povo em currais e tratá-lo como gado, deixamos aqui a lembrança de que o Gigante Acordou, e que já se faz tarde para que a justiça efetivamente seja feita e completa.
Se ainda existe algum homem de bem, na Câmara, no Senado, no STF e nas demais casas, que se manifestem agora, ou calem-se para sempre, porque o momento é de limpeza, e de resgate da honra do povo brasileiro, que a muito tempo vem sendo ofendido pelos miseráveis que pensam ser os donos desta terra tão maculada pela presença deles e da maioria de seus familiares, a maioria, “garantistas da impunidade” – (texto montado com base na matéria do Correio Braziliense)

Lembrando que pelas palavras de Gilmar Mendes, a Força Tarefa da Lava Jato, bem como seus membros, tinham: “Atitude das mais sórdidas, das mais abjetas que se pode imaginar”; tratava-se de um “Estado paralelo”;
de um “Jogo de compadres”;
montado por “Um grupo de deslumbrados”;
ou seja, montaram uma “Organização criminosa”.
E eu digo, não Gilmar, isso tudo que você descreveu, é exatamente, o que você e os seus comparsas, vêm fazendo com a nação brasileira.
Você Gilmar utilizou-se da máxima Gramsciana: “Acuse-os do que você é e do que você faz!”

Sem a menor sombra de dúvida, já o povo brasileiro entendeu, que a esquerda que destruiu o Brasil, e que agora tenta desaforadamente impedir a sua reconstrução, não passa de uma das mais perigosas organizações criminosas, que hoje, está alojada nos porões do poder de nosso País.

Agora apenas a título de ensaio intelectual, imagine, como seria um País, ou, o Brasil com o Sérgio Moro e o Marcelo Bretas, cada um deles, ocupando a cadeira que já lhes pertence, no STF Supremo Tribunal Federal.
Tenho certeza, você já pode antever, que o Brasil, a partir disso, já não mais seria o mesmo que até hoje temos visto.
Mas, para não parar por aí, imagine então, o Deltan Dallagnol, ocupando a cadeira que também já lhe pertence, na PGR Procuradoria Geral da República.
Tenho certeza que já podemos vislumbrar algumas coisas, como por exemplo, a nova legislação tributária, que não busca esfolar o cidadão, mas que respeita o cidadão, por ser quem move a máquina administrativa; nossas cadeias acolhendo os marginais, como eles de fato merecem, porque enfim, o Foro privilegiado já não será mais empecilho; e o comunismo, finalmente sendo tipificado, na nossa legislação como de fato ele é, ou seja, crime.
Todas as quadrilhas criminosas sendo perseguidas de forma implacável, a começar pelas quadrilhas que hoje operam sob a denominação de partidos políticos.
E para completar o quadro, naturalmente, que já antevemos uma nova Constituição Federal, que já não mais terá os vícios, desta que hoje é chamada de “constituição cidadã”, porque prevê direitos, sem a contrapartida dos deveres, e especialmente, que prevê direitos, especialmente a canalhas e vagabundos.
Já não mais teremos um Brasil dividido, mas um Brasil de fato para todos, sem distinção de raça, sexo, cor ou credo. Um Brasil verdadeiramente grande e com a perspectiva da visão de grandes homens, porque se apoiam em ombros de gigantes.

Lembrando que essa será a única forma de termos o nosso Brasil de volta, já que, do jeito que está, é que não pode ficar; porque já não se tem a menor dúvida de que o PT é altamente perigoso. Vejam, que ele conduziu ao descaminho uma verdadeira quadrilha criminosa que é o PCC Primeiro Comando da Capital, quando o forçou a que se aliasse à maior organização criminosa hoje existente no Brasil que é a quadrilha do PT.

Enfim, vamos poder gritar em alto e bom tom: Brasil acima de tudo e Deus acima de todos!

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 110819 – Burburinho: Canalhas salvando o Brasil, isso é possível? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.