Brasil, a caminho de ser a República Federativa de bandidos

Vamos lutar pela cassação de todos os “Partidos”, que na sociedade brasileira, está mais para quadrilha que para agremiação política.
Essas facções, que a cada pleito embolsa milhares e milhares de reais dos cofres públicos, além é claro dos inúmeros, também milhares de reais, algumas vezes até milhões, oriundas de propinas e em alguns casos, até mesmo, oriundas de outras lides criminosas.
Que sejam cassados os partidos (aqui nomeados quadrilhas), bem como seus cúmplices e aliados.
Não importa a sigla: PT, PMDB, DEM, PSC, PC, PC do B, PP, PR, enfim, como eu disse no início, não importa a sigla, qualquer uma delas hoje, está a serviço de organizações criminosas, lideradas pelos verdadeiros bandidos de nossa sociedade, aqueles que aparecem na maioria das vezes, como pessoas de bem, mas que na verdade são verdadeiros bandidos. Os famosos larápios do colarinho branco.
Pois muito bem, é claro que você não pode assinar o atestado de abestalhado que lhe querem impor, e para evitar que esse atestado lhe seja afixado na sua testa, vamos pedir o fim de toda essa bandalheira.
Primeiramente não aceitem essa eleição que está às portas, porque, em primeiro lugar ela não apresenta absolutamente nada de novo.
O que ela apresenta, é mais do mesmo, ou seja, os mesmos larápios de sempre, com a diferença de que vez ou outra, você vê um nome novo, mas ao observar melhor, verá que esse novo, é filho de algum safado já “figurinha carimbada”.
Como diz o ditado: “Filho de peixe, peixinho é!”, ou, “A fruta não cai longe do pé!”, pensando assim, veremos que esses “novos” que estão surgindo, estão entrando apenas para seguir os passos de seus genitores, e portanto, para roubar igualmente aos seus antecessores.
Desde quando política é para se fazer carreira? Quem quer, fazer carreira em política, na grande maioria das vezes, já percebeu de onde é que irá tirar o dinheiro para suas férias em Cáncun. Algumas pouquíssimas pessoas, até poderiam fazer carreira em política, porém, seriam pessoas que teriam suas fontes de renda fora da política e portanto não necessitam de rendas de dentro do meio político, pois se querem auferir lucros e dividendos, naturalmente não farão um bom trabalho em prol da coletividade.
As urnas fraudadas já nos mostram como será após esse pleito. Já sabemos que nada mudará, muito ao contrário disso, estaremos apenas, um bocado mais afundados, no desmando que tem origem no Foro de São Paulo, que é, justamente quem determina os próximos ganhadores.

Apenas a título de esclarecimento, aqui segue a lista e os valores que serão distribuídos este ano pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) entre os 35 partidos (quadrilhas legalizadas), perfazendo o montante total de R$ 1.716.209.431,00 (hum bilhão, setecentos e dezesseis milhões, duzentos e nove mil e quatrocentos e trinta e hum reais).

MDB – R$ 234.232.915,58
PT – R$ 212.244.045,51
PSDB – R$ 185.868.511,77
PP – R$ 131.026.927,86
PSB – R$ 118.783.048,51
PR – R$ 113.165.144,99
PSD – R$ 112.013.278,78
DEM – R$ 89.108.890,77
PRB – R$ 66.983.248,93
PTB – R$ 62.260.585,97
PDT – R$ 61.475.696,42
SD – R$ 40.127.359,42
Podemos – R$ 36.112.917,34
PSC – R$ 35.913.889,78
PCdoB – R$ 30.544.605,53
PPS – R$ 29.203.202,71
PV – R$ 24.640.976,04
PSOL – R$ 21.430.444,90
Pros – R$ 21.259.914,64
PHS – R$ 18.064.589,71
Avante – R$ 12.438.144,67
Rede – R$ 10.662.556,58
Patriota – R$ 9.936.929,10
PSL – R$ 9.203.060,51
PTC – R$ 6.334.282,12
PRP – R$ 5.471.690,91
DC – R$ 4.140.243,38
PMN – R$ 3.883.339,54
PRTB – R$ 3.794.842,38
PSTU – R$ 980.691,10
PCB – R$ 980.691,10
PCO – R$ 980.691,10
PPL – R$ 980.691,10
Novo – R$ 980.691,10
PMB – R$ 980.691,10

Que esteja claro, que este dinheiro é subtraído dos nossos impostos e que deveria ser destinado ao atendimento às áreas da Educação, Saúde e Segurança.

É claro, que os ganhadores, sempre serão os que pagarem melhor pelas vagas que estiverem disponíveis no pleito. Portanto não se iludam, eles te elegeram o palhaço do momento. Algumas coisas que são verdadeiros abusos, como por exemplo: – O político mais votado receber os votos nulos;
– A mau fadada lista fechada, através da qual, o eleitor não fica sabendo a que partido pertence este ou aquele “cãodidato”;
Estas absurdidades sob as bênçãos dos canalhas do STF, e mais especialmente endossadas pelo TSE.
É claro que não precisamos citar os nomes de suas excelências, os sinistros Gilmar Mendes, Dias Tóffoli, Rosa Weber, Lewandowski, Marco Aurélio Mello, Celso de Mello, Alexandre de Moraes e naturalmente o bibelô de presidente, neste momento no STF representado pela sinistra Cármen Lúcia
Naturalmente que tudo está errado, e naturalmente que não podemos sequer espernear, afinal de contas, tudo será definido pelos poderosos de plantão, entre eles, os poderosos do poder financeiro, e também do poder midiático, ou seja, a Rede Bobo de televisão, como sempre fazendo das suas. Naturalmente que eu sei que a Rede Bobo, não é a única canalha do esquema.

E além disso, encontro um vídeo do Ricardo Boechat, onde nomina os intervencionistas como vagabundos.
Embora, ter nominado os intervencionistas como vagabundos, ainda não seja o máximo a que ele é capaz, uma vez que declara-se total e amplamente um apoiador da liberação das drogas.
Ele deve ignorar o incauto, que as drogas são exatamente o que estão minando a estrutura de nossa sociedade. Mas é claro que sua imbecilidade, não lhe permite ver o que é óbvio.
O vídeo tem este nome: “Ricardo Boechat, chamando os intervencionistas de vagabundos e se declarando apoiador das drogas”
Ricardo Boechat, em seu arroubo psicopata, vem a público falar o que acha que pode definir o grupo de intervencionistas.
Pois muito bem, eu também acho que o Ricardo Eugênio Boechat, é um idiota e com certeza seguido por uma cambada de idiotas. E então meu caríssimo Boechat, se quer cheirar urina, fique à vontade, se quer comer merda, mais à vontade ainda deve ficar, afinal de contas, você tem a verve capaz para todas essas absurdidades.
Porém saiba, meu caro, que da mesma forma que você tem o direito de falar merda na mídia, pago por dinheiro, em grande parte, público, nós, o restante da sociedade, temos o direito de nos manifestar da forma como acharmos que podemos, e dentro dos limites estritos da lei (sabendo que no Brasil a Lei é para os 3 PS, preto, pobre e puta, lembrando que você não pertence a nenhum desses 3 Ps) falarmos e fazermos aquilo que nos permite a nossa chancela de cidadão, pagador de nossos impostos, em igualdade de condições a você, ou talvez até mais.
Creio ser desnecessário dizer, que em algumas situações, nós os trabalhadores, a quem você vem difamar com tua falácia esquerdopata demente, pagamos mais impostos que você, porque a grande maioria do povo brasileiro, não recebe nada por fora, o que recebe é totalmente dentro e portanto com a carga tributária já embutida, o que não acontece com vocês “artistas”, não é meu caro? Mas continue latindo, porque, enquanto os cães ladram, a caravana passa!

E enquanto Boechat, faz seus bochechos, na mídia que representa, podemos acompanhar o que acontece à nossa volta e que muitas vezes, esse midiático não dá a mínima. Como exemplo, pegamos a história de duas pessoas, cujos destinos caem nas mãos do sinistro Gilmar Mendes, a fim de que ele decida a sorte de cada um:

O primeiro, um tal de Orlando Diniz, que teve o privilégio de ser ex-presidente da Fecomércio do Rio, e que foi preso pela Lava Jato sob a acusação do desvio de algo em torno de R$ 3 milhões do Sesc e do Senac do Rio. Pois bem, no dia 30/05, Diniz, através de seus defensores, apresentou ao STF pedido para ser solto – o habeas corpus foi concedido por Gilmar Mendes no dia seguinte;

Já o segundo, um tal Diogo Abreu, ilustre desconhecido, preso em São Paulo sob acusação de roubar um celular e uma carteira: seu pedido de habeas corpus chegou ao gabinete de Gilmar Mendes 15 dias antes do de Orlando Diniz – a solicitação nem sequer foi julgada.

Isto faz parte de uma reportagem exclusiva da Revista Crusoé que analisou outros casos, além de pedidos julgados (ou não) pelo ministro Dias Toffoli.
E fica o alerta, quem quiser entender o peso da Justiça na vida dos brasileiros precisa entender os meandros das cortes, e para isso, ler a reportagem, será muito bom.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 210718 – Brasil, a caminho de ser a República Federativa de bandidos – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.