O trabalho é essencial

“Se trabalhar não é mais um direito, pagar impostos não é mais um dever.” (Dr. Igor José Ogar)

“A pandemia tem sido o evento perfeito para que a inescrupulosa esquerda manipule policiais e GCMs e os enfraqueça. Jogam-nos contra o povo, fomentam a raiva neste (fase concluída) e, na primeira oportunidade seguinte, propõem desarmá-los. E a população vai apoiar é óbvio.” (Fabrício Rebelo)

Não importa o ponto de vista deste ou daquele, analise sob qual aspecto o teu trabalho é essencial, e enfim entenderá, que todo e qualquer outro trabalho é essencial ao outro, seja lá quem ele for, ou qual trabalho ele tenha.

Enquanto você ganha a tua vida, e provê a subsistência dos teus familiares, e amigos mais próximos com o teu trabalho, que pode ser, por exemplo, o de médico. Lembre-se que aquele que puxa um carrinho e sobre esse carrinho, alguns kilos de papelão, de latinha, ou seja lá de que tipo de lixo for, é desse trabalho que aquele ser, tira o sustento, dele, e muitas vezes de algumas outras pessoas, que você nem sequer imagina que existam.

Lembre-se, estes, que agora estou trazendo à luz, são justamente muitos daqueles que a nós, nos são invisíveis.
Observe, eles não deixam de existir, apenas porque você não os conhece, e por não saber de sua existência, passaram a ser os considerados invisíveis.
Muito ao contrário disso, eles, comem, quando tem o que comer, mas precisam se alimentar. Eles adoecem, e muitas das vezes, jamais serão algo, além de um número nas estatísticas, mas também, nem por isso, deixaram de existir. Eles também choram, sonham, e muitas vezes, carecem apenas, de que você os veja, quando passam pelas ruas.

Portanto, não se omita, isso também é crime.
Sim, a omissão também é crime, e muito maior crime será, no tribunal de Deus, porque, aquele que se omite, omite-se em sua consciência, onde Deus tudo vê.

“Irmãos, não faleis mal uns dos outros. Aquele que fala mal do irmão ou julga a seu irmão fala mal da lei e julga a lei; ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz.
Um só é Legislador e Juiz, aquele que pode salvar e fazer perecer; tu, porém, quem és, que julgas o próximo?
Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros.
Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa.
Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo.
Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. Toda jactância semelhante a essa é maligna.
Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando.” (Tg 4:11-17)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo: COJAE 0001-12-PF-BR; Psicanalista: CONIPSI CIP: 0001-12-PF-BR; Jornalista: DRT-0009597/PR e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333
(41) 99109-8374
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 24032021 – O trabalho é essencial – (imagens da internet)

Aproveito para deixar claro que os trabalhos que tenho desenvolvido, são de pura e simplesmente divulgação do que acho interessante para conhecimento geral, e não busco ganho algum com isto, senão o de transmitir conhecimento.

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se a mensagem foi útil, e acha que pode ser útil a mais alguém, divulgue:
(ao replicar, preserve a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

E siga-nos também através deste link: https://odysee.com/@portaldaradio:d/O-trabalho-%C3%A9-essencial:3

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.