Temer e a vigarice do indulto de natal

Temer resolveu fazer isso, já pensando no momento em que ele e seus apaniguados caiam nas mãos da justiça. Sabendo que estão todos muito envolvidos com os atos criminosos que tem destruído nossa nação, Michel Temer, já pensando nisso, deu um jeitinho de perdoar penas de criminosos, estendendo isso aos presos pela Lava Jato, pois sabe que tão duras quanto forem as penas agora aplicadas, poderão ser em futuro muito próximo, quando ele e seus comparsas também estiverem às voltas com os duros e longos braços da lei.
Vamos pressionar minha gente, porque não é justo que um cabra sem noção, resolva abrir as portas dos presídios e soltar criminosos, alguns réus confessos, perdoando seus atos, ao arrepio de quem pagou por esses crimes.
Nunca devemos nos esquecer, que não é somente o criminoso que paga pelos crimes. Antes do criminoso, quem paga pelo crime é a vítima desse mesmo criminoso.
Por esse motivo, não é justo, que um homem sem noção, resolva por uma canetada, devolver criminosos à sociedade, sem que a responsabilidade por seus atos ainda tenha sido resolvida perante a sociedade.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(014) 41 9 8514-8333 (Oi)
(041) 41 9 9820-9599 (Tim)
(015) 41 9 9109-8374 (Vivo)
(021) 41 9 9821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 281217 – Temer e a vigarice do indulto de natal – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *