Semente do Sangue

Olhando o passado eu vejo o sangue na arena
Dos nossos irmãos primitivos, morrendo então
E como se fosse num vídeo, eu vejo as cenas
Dos nossos irmãos devorados por fortes leões
O sangue quente que corria
Como enxurrada pelo chão
Era a semente do evangelho
Era sinal de salvação
Pois cada alma que partia
Ia direto ao paraíso
Mesmo morrendo aos milhões
Pra Deus não era prejuízo

Eu sou a semente do sangue, dos irmãos que morreram sangrando Pra manter o evangelho vencendo, eles iam morrendo
De Cristo falando
Eu sou a semente do sangue, dos irmãos que tiveram coragem
De enfrentar os açoites e a morte e levar a mensagem

Sei que Tiago foi morto ao ser decapitado
E pedro foi crucificado de forma cruel
Sei que alguns foram mortos ao fio da espada
Sei que também eles estão lá no seio de Deus
Ninguém pensou em ser covarde, morreram mesmo por amor
Não negaram um segundo
Que Jesus Cristo é salvador
Eram firmados na promessa, por Jesus Cristo garantida
Quem for fiel até a morte
Terás a coroa da vida

Eu sou a semente do sangue dos irmãos que
Morreram sangrando pra manter o evangelho
Vencendo, eles iam morrendo
De Cristo falando
Eu sou a semente do sangue dos irmãos que
Tiveram coragem de enfrentar os açoites
E a morte e levar a mensagem
De enfrentar os açoites e a morte e
Levar a mensagem

(Composição: Daniel e Samuel – interpretação de Maria de Fatima Meireles)

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.