Saúde é assunto sério, mas comunista não entende de seriedade

“O vírus veio da China? Veio. A China é uma ditadura? É. Essa ditadura tentou esconder a epidemia? Tentou. Então afirmar isso não é gafe, é obrigação de qualquer democrata que não seja hipócrita. Crise quem provoca são os que sabotam o próprio país e agora fingem salvar a humanidade.” – (Guilherme Fiuzza em seu twitter oficial)

Bom dia gente… Agora que aparentemente tudo passou, vou tecer alguns comentários acerca do problema ocasionado pelo Coronavírus e pelo domínio do Partido Comunista Chinês, que colocou o mundo em polvorosa por atitudes inconsequentes.
Lá em 04/02/2020, tivemos um médico chinês, que com o risco de sua própria vida e de sua carreira, tentou alertar seus colegas da comunidade médica de Wuhan acerca do surto, e de suas consequências.
O Dr. Li Wenliang, médico oftalmologista do Hospital Central de Wuhan, percebeu que estava havendo falha das autoridades, e isso o incomodou sobremaneira.
Ele acabou sendo enquadrado pela polícia, e mais tarde acabou por ser infectado ao atender uma pessoa com glaucoma, sem imaginar que essa pessoas estivesse infectada.

Esse médico inicialmente quebra os protocolos na China e começa os alertas logo no início do surto no mês de janeiro de 2020. A polícia naquele momento, dirigiu-se à sua casa e ordenou-lhe que parasse.
Naquela situação ele estava no centro do surto, pois já havia identificado sete casos de infecção por vírus, com sintomas similares à SARS ou Síndrome Respiratória Aguda Grave, que durante os anos 2000 já havia vitimado mais de 700 pessoas.

Este médico sabia que estava se metendo em coisas que as autoridades chinesas não iriam gostar nem um pouco das divulgações, mas ele percebeu que o quadro poderia ser considerado gravíssimo, somente ele não sabia que tratava-se de um tipo muito novo de coronavírus; uma família de vírus associada a duas epidemias: SARS e MERS.

O médico ficou doente, porém mesmo assim, recebeu em sua casa a visita de agentes do Escritório de Segurança Pública, que o obrigam a assinar uma carta. Nessa carta, por ser acusado de “divulgar informações falsas” que “causaram distúrbios graves à ordem social” Ele percebe então que sua vida, já não mais será a mesma, após o episódio.

Fica muito claro nessa carta que os membros do alto comissariado dizem: “Nós o alertamos solenemente: se você continuar sendo teimoso, com essa impertinência, e mantiver sua atividade ilegal, será levado à Justiça. Está entendido?”. A esse comunicado, ele escreve com sua própria letra: “Sim, entendi”.

No início de tudo, as autoridades chinesas insistiam que apenas quem tivesse tido contato com animais infectados é que contraiam a doença. Dessa forma, ficava descartada a possibilidade de contaminação entre uma pessoa e outra.

Somente em 20 de janeiro de 2020 é que a China assume a postura de emergência por causa do surto.
Bem, o que tiramos da história é que esse médico conseguiu de uma forma quase miraculosa, forçar a que o Comitê Central do Partido Comunista da China, órgão responsável pelo comando do país, viesse a público admitir seu erro ante o avanço da doença. O Partido Comunista emite a seguinte notificação: “Em razão das falhas, precisamos melhorar nosso sistema nacional de gerenciamento de emergências e melhorar nossas habilidades em lidar com tarefas urgentes e perigosas”.

Em virtude desses fatos, hoje sabemos que o Presidente chinês Xi Jinping, e os principais líderes chineses, sabiam da gravidade do assunto, mas esconderam do mundo as informações acerca dos fatos.

Agora sabemos que um jornal do Partido Comunista chinês revelou que, Xi Jinping, já sabia do coronavírus, desde 07/01/2020. Nessa ocasião ele teria feito um pronunciamento para autoridades chinesas sobre a maneira de lidar com a doença. Mas, só foi divulgar publicamente tal fato ao mundo no dia 20/01/2020, portanto 13 dias após.

Hoje já temos a informação de que o prefeito Zhou Xianwang, da cidade de Wuhan que parecia ser quem tinha o comando da doença, não passava de um testa de ferro. No dia 27/01/2020 ele divulgou o surto publicamente e renunciou ao seu cargo, admitindo que havia escondido informações valiosas sobre o surto.

Este é um dos motivos, e talvez o principal, para o fato de a China estar sendo responsabilizada mundialmente.
Sabe-se que as duas semanas, período que se deu entre o dia 07 e 20 de janeiro, é considerado vital para a contenção de uma pandemia.

Bem… Como nem só de notícias ruins se vive, temos a satisfação de ter tido conhecimento neste dia 19/03/2020 que o medicamento Cloroquina, foi aprovado por Donald J. Trump e pela comunidade científica para ser usado no combate ao coronavírus.

Trump anuncia: “Poderemos disponibilizar esse medicamento quase imediatamente. Já passou pelo processo de aprovação”.

A cloroquina é um produto farmacêutico utilizado no tratamento da malária, e foi aprovado na quinta-feira dia 18/03/2020, após fartos estudos e pesquisas, para uso no tratamento da pandemia que hoje se alastra pelo mundo.

Durante um discurso divulgado pela agência France-Press, o presidente Donald Trump declarou:

“Poderemos disponibilizar esse medicamento quase imediatamente. Já passou pelo processo de aprovação. Reduziram muito o tempo, muitos meses. Poderemos disponibilizar esse medicamento mediante receita médica.”

Esse medicamento foi testado pelo professor Didier Raoult, que é especialista em doenças infecciosas e diretor do Instituto Mediterrâneo de Infecção de Marselha, na França. O estudo foi realizado, sendo feito a título de pesquisa em 24 pacientes com Covid-19. Sendo que, seis dias depois de ter sido ministrado o medicamento cloroquina, o vírus tinha desaparecido em 75% dos pacientes.

Naturalmente que novos testes, continuarão a ser realizados por uma outra equipe independente.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 20032020 – Saúde é assunto sério, mas comunista não entende de seriedade – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.