Pretium sceleris tulit hic diadema – A recompensa de sua maldade será a sua coroa

Todo governo que nasce alicerçado em sangue, em maldades, em roubos e falcatruas, sua tendência é o fracasso.
Temos no cenário brasileiro um quadro bastante clarificado e ilustrativo destes fatos, embora não seja privilégio de um ou de outro partido, mas neste caso especificamente, vemos o PT (Partido dos Trabalhadores) e sua liderança, evidenciando isto tudo.
Já desde os primórdios do referido partido, vemos um ser, quase insignificante, com características bem pouco recomendáveis, e que toma a liderança de todo o movimento. O ser em questão, é nada mais, nada menos que Luiz Inácio Lula da Silva.
Um camarada sem história, sem classe, e com ética e moral, bastante duvidosos.
Notamos que ele recruta pessoas e os coloca em postos chave, para que sirvam aos seus propósitos.
Assim como ele, pessoas ociosas e levianas, ou seja, a escória, em uma grande maioria, representada por salafrários e homens de vida libertina; mas esses, eram os homens que de fato iriam servir aos seus propósitos.
Nesse ponto, fica fácil e visível que: “Tal líder, tais seguidores”.
Notamos o esquecimento do povo de que Deus, o Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o deus de nosso Senhor e Salvador Jesus, que é o Cristo de Nazaré, seria o seu salvador, portanto a esteira de sua libertação.
O povo se esquece de Deus e entrega-se à orgia apresentada por esses homens de pouco ou nenhum valor que se apresentam, como salvadores da Pátria,

“Ouvi-me a mim, cidadãos de Siquém, e Deus vos ouvirá a vós (Jz 9:7)

Se o povo tivesse apreciado com a reverência devida à Santa Palavra, teria visto o que já se desenhava, uma vez que Deus jamais escolheu, fracos, ou vagabundos, para que fossem pessoas, consideradas Seus representantes, e menos ainda, pessoas mentirosas e totalmente comprometidas com a destruição da família e de valores cristãos necessários para a continuidade e manutenção da Paz no seio social.
E dessa forma, teria sido observado que, aqueles que esperam que suas orações sejam ouvidas por Deus, precisam minimamente estar dispostos a ouvir a razão, e dentro dessa lógica, trabalhar fielmente para a manutenção e a preservação dos conceitos determinantes da doutrina cristã.

“O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até a sua oração será abominável.” (Pv 28:9)

E o cristão a um olhar básico identifica de forma imediata que todo o que é promovido ao governo, deve fazê-lo em favor de todos, tornando-se dessa forma servo.
E, todo o que é promovido para cargos de confiança, quer seja junto ao poder público, ou não, deve estar disposto a renunciar a interesses e vantagens privadas, para dessa forma e em nome do bem comum, devotar-se como convém a esse eleito.

“porque, falando coisas mui arrogantes de vaidades, engodam com as concupiscências da carne e com dissoluções aqueles que se estavam afastando dos que andam em erro, prometendo-lhes liberdade, sendo eles mesmos servos da corrupção. Porque de quem alguém é vencido, do tal faz-se também servo.” (2 Pe 2:18-19)

E ao cristão, isso tudo ficaria claro, posto que o líder máximo do partido dos trabalhadores, sempre foi homem de espírito turbulento e ambicioso, sempre circulando pelas sombras e de caráter notório de rejeição à dominação e cujas atitudes sempre vituperando a autoridade.
Um homem totalmente sem escrúpulos, e de caráter invariavelmente, inconstante.
Pessoa de espírito faccioso e turbulento, sempre envolvido com homens de igual calibre. Lembrando que, aqueles que ele não conseguia cooptar por seus caráteres duvidosos, ele os cooptava, quer por medo, e chegando conforme casos, (não está provado, mas veja-se Toninho do PT, Celso Daniel e outros) a situações no mínimo perigosas.
Dessa forma, todos veriam que estando lado a lado com esse povo, ninguém pereceria sozinho na iniquidade, mas sempre envolvendo a muitos, às vezes, até mesmo pela ingenuidade, nessa obra calamitosa.

“E os bárbaros, vendo-lhe a víbora pendurada na mão, diziam uns aos outros: Certamente este homem é homicida, visto como, escapando do mar, a Justiça não o deixa viver.” (At 28:4)

E frente a isso tudo, devo dizer em bom som, ou em boa letra, em especial com relação ao “capo di tutti capi”, quem viver verá, porque, “Qualis vita, finis ita” – Tal vida, assim representará a sua morte.
Ou, em português claro, como poderá morrer bem aquele que viveu mal? Embora a maldade possa prosperar por um tempo, ela não prosperará sempre.
Sugiro aos irmãos, que por qualquer motivo se tenham envolvido com essa caterva, seja de que forma for, que voltem-se a Deus e clamem a Ele pela misericórdia sobre suas vidas. Porque até mesmo o apoio ingênuo a essa corja, será cobrado e Deus não terá por justo ao que estiver sobre o muro.

“Eu sei as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto.
Eu sei as tuas obras, que nem és frio nem quente. Tomara que foras frio ou quente!
Assim, porque és morno e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.” (Ap 3:1; 15-16)

E Deus tem acompanhado as obras da grande maioria, que durante toda a trajetória desse indivíduo, tem manifestado apoio a ele, bem como aos projetos inescrupulosos da caterva, e Ele, Deus, não está satisfeito com o resultado de tudo, em especial da liderança das igrejas que vendeu até mesmo o voto de seus membros de forma vergonhosa.
De minha parte oro a Deus e peço que abençoe a todo o que se confessar perante o Pai e que venha a arrepender-se pelos atos que trouxeram tanta destruição.

(ap. Ely Silmar Vidal – skype: siscompar – fones: 041-41-99820-9599 (TIM) – 021-41-99821-2381 (CLARO e WhatsApp) – 015-41-99109-8374 (VIVO) – 014-41-98514-8333 (OI) – mensagem 040317 – “Pretium sceleris tulit hic diadema” – A recompensa de sua maldade será a sua coroa – imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos:

(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.elyvidal.com.br

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.