“Só Cristo era grande o suficiente para purificar seu coração e perdoar o que havia feito” (Oscar Wilde – poema “A Balada do Cárcere de Reading”)
Aqui está o ponto que até o hedonista percebe que, também no prazer, o valor e o amor são a ética suprema.
Isso pode ser valorizado, mas você nunca pode ter amor sem incluir nele o livre arbítrio. www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/728018547327868/?l=6382034915986978961

Tags: