Pagando, alguns jornalistas falam, até a verdade

Tem jornalista, que pagando, fala até a verdade. (Danilo Gentili Jr)

Quando nos deparamos com fatos como estes que vêm acontecendo no Brasil ao longo dos últimos 20 anos, entendemos que de fato, o Danilo Gentili, teve razão ao fazer o que fez em seu show em Curitiba no dia 04/10/2018

Bem, o que interessa aos mandatários de plantão, é calar a boca de seus opositores, e não importa, a que de fato você se oponha. Apenas o fato de opor-se já dá a eles o direito de achar-se mais e mais dispostos a te calar, seja a que custo for.

Maria do Rosário, Zé Dirceu, Lula, Freixo, Jean Willis, entre outros são os autoritários de plantão, que travestidos de democratas, vêm, perturbando a razão, a calma e a paciência do povo brasileiro.

Mandar-nos calar a boca, é tudo o que eles mais sabem fazer.
É claro, que foram citados acima alguns nomes e pode-se dizer que não foram citados outros, e é claro que virão os doentes de plantão, que perguntarão:

“Porque você falou deste, daquele e não falou deste ou daquele outro?”

Então, aproveito para dizer, ao esquerdopata que falará isso.
Em primeiro lugar meu querido, eu faço o que eu quero, não como na tua casa, e não preciso ser pautado por você.
Se você soubesse de algo, a ponto de poder pautar alguém, com toda a certeza, não seria adepto desses partidecos que mais se assemelham a quadrilhas criminosas que a partidos políticos. E além disso, é claro que não faria uma pergunta tão idiota.

Mas é claro meu novo amigo, que mesmo sendo um esquerdopata, pode sim ser meu amigo e pode sim falar, afinal de contas, disse-o muito bem o Danilo em seu show: “você tem o direito de falar, afinal de contas estamos em uma democracia, e assim, todo mundo tem o direito à livre manifestação, e quem não gosta da liberdade que a democracia nos proporciona, são justamente os que defendem esses esquerdopatas e adeptos dessas ideologias nefastas e pútridas.

Aproveito para lembrar, que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em Petrolina, mandou, através de uma notificação do TSE, que a polícia local fosse até uma residência a fim de providenciar a retirada a Bandeira do Brasil que estava na varanda de uma casa.
Até onde nos consta, isso demonstra clara a situação que vivemos, onde somos calados de todas as formas.

E esses esquerdopatas ignoram por exemplo, que querem nos calar, e ainda assim, dar voz a delinquentes já sagrados e consagrados pela Justiça Federal.
Como é o caso do apedeuta, ao qual me recuso a chamar ex-presidente, pelo simples fato de que ele envergonha a instituição que poderia avocar pelo título a ele referido.
e muito me orgulha ver uma pessoa falar, o que a ilustríssima procuradora falou, como segue:

“É um detento no pleno cumprimento da pena, e não comentarista político!” (Raquel Dodge, manifestando-se acerca do fato de alguns clamarem por entrevistar o molusco)

Vemos que no Brasil, como sempre, o poste urina no cachorro, entrevistam presidiários e lhes pedem opiniões acerca de tudo, e os publicam como se fossem a expressão de uma verdade absoluta, e quando um cidadão que pague seus impostos, que esteja com sua situação legal, a este buscam calar de todas as formas.
E, sendo “A liberdade de expressão e a liberdade de imprensa garantidas na Constituição de 1988″ conforme afirmou e muito bem relembrou a ilustre procuradora, porque então, persiste o Estado, no seu afã de calar seus cidadãos e estabelecer limites aos homens, que por não delinquirem, deveriam portanto usufruir de seus plenos direitos.
Antes porém, não encontram um exame apurado por parte do Plenário do STF, que da mesma forma como busca dar voz aos presidiários, não busca fazer o mesmo pelo cidadão, cuja única culpa é não ser um delinquente.
Ilustríssima procuradora, que essa mesma acuidade demonstrada no processo que visa dar voz ao delinquente maior do País, seja voz ativa, a favor do povo, que é o motivo pelo qual seu cargo existe. Pois, lembro que seu cargo e sua instituição existem, porque existe uma sociedade livre, trabalhadora, que paga seus impostos, para que por eles, sua instituição seja e faça-se cada vez mais necessária.

Lembrando que todo o que quiser ouvir o delinquente, que busque um meio de ser privado de sua liberdade de ir e vir, assim, sendo preso, poderá, quem sabe, por um golpe de sorte, vir a ser companheiro de cela do delinquente em questão, e aí, que o ouça até o fim de seus dias.
A mim, pouco se me dá, a quem, este ou aquele elege como sendo seu interlocutor, apenas acho que a sociedade não é obrigada a ouvir a voz de um delinquente, que se está preso, é porque alguma coisa fez contrárias às normas sociais, portanto, não deve ser deixado que continue com suas falas, apodrecendo mais e mais o tecido social.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 211018 – Pagando, alguns jornalistas falam, até a verdade – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip #FalaPortal #MiottoéÓttimo #conipsi #cojae #dojae #ciepClubedeImprensa #bandeiradoBrasilnajanela

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.