O profeta em sua solidão, clama a Deus, por socorro

“Ó SENHOR, fortaleza minha, e força minha, e refúgio meu no dia da angústia! A ti virão as nações desde os fins da terra e dirão: Nossos pais herdaram só mentiras e vaidade, em que não havia proveito.
Fará um homem para si deuses que, contudo, não são deuses?
Portanto, eis que lhes farei conhecer, desta vez lhes farei conhecer a minha mão e o meu poder, e saberão que o meu nome é SENHOR.” (Jr 16:19-21)

“Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR!
Porque será como a tamargueira no deserto e não sentirá quando vem o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.
Bendito o varão que confia no SENHOR, e cuja esperança é o SENHOR.
Porque ele será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se afadiga nem deixa de dar fruto.
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?
Eu, o SENHOR, esquadrinho o coração, eu provo os pensamentos; e isso para dar a cada um segundo os seus caminhos e segundo o fruto das suas ações.
Como a perdiz que ajunta ovos que não choca, assim é aquele que ajunta riquezas, mas não retamente; no meio de seus dias as deixará e no seu fim se fará um insensato.
Um trono de glória, posto bem alto desde o princípio, é o lugar do nosso santuário.
Ó SENHOR, Esperança de Israel! Todos aqueles que te deixam serão envergonhados; os que se apartam de mim serão escritos sobre a terra; porque abandonam o SENHOR, a fonte das águas vivas.” (Jr 17:5-13)

“Portanto, eis que dias vêm, diz o SENHOR, em que nunca mais se dirá: Vive o SENHOR, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egito.
Mas: Vive o SENHOR, que fez subir os filhos de Israel da terra do Norte e de todas as terras para onde os tinha lançado; porque eu os farei voltar à sua terra, que dei a seus pais.” (Jr 16:14-15)

“Sara-me, SENHOR, e sararei; salva-me, e serei salvo; porque tu és o meu louvor.
Eis que eles me dizem: Onde está a palavra do SENHOR? Venha agora!
Mas eu não me apressei em ser o pastor, após ti; nem tampouco desejei o dia de aflição, tu o sabes; o que saiu dos meus lábios está diante de tua face.
Não me sejas por espanto; meu refúgio és tu no dia do mal.
Envergonhem-se os que me perseguem, e não me envergonhe eu; assombrem-se eles, e não me assombre eu; traze sobre eles o dia do mal e destrói-os com dobrada destruição.” (Jr 17:14-18)

A nossa esperança é o Senhor, que é Deus, Santo, Eterno e Todo-Poderoso.
Por Ele e com seu braço poderoso é que seremos salvos, arrebatados dos laços de morte que nos cercam.
Em cumprimento à Santa e Sagrada Palavra é que teremos a cura, perfeita, suave e doce, e a salvação que é o fruto dessa cura. Porque a cura, nos limpa, nos refrigera e nos enleva, para que encontremos a verdadeira paz que transcende, e transborda, provinda do trono do Senhor.
Ele nos tem observado e vê que em nossos passos, não corremos em busca de aplausos, e sabemos que somos indignos, mas que mesmo assim, Ele nos usa, capacitando-nos, como à mula a Balaão.
Deixa-me Senhor que te sirva, embora indigno, mas que eu esteja em teus átrios, ainda que seja para limpar as calçadas, por onde pisarão Seus santos, ainda que seja para amarrar as sandálias de Seus servos, os profetas. Porque muito rico é para mim, servir a ti Senhor, seja em que circunstâncias forem, uma vez que não ser admitido em Tua presença, é a maldição eterna e inominável.
Permita-me que me aproxime da casa do oleiro, e que lá encontre as condições apropriadas, para que eu seja refeito, remodelado, segundo a Sua infinita, misericórdia, sabedoria e vontade, e que eu possa dizer:
Paizinho amado, sendo possível, passa de mim, os cálices amargos, para os quais me faltam a coragem necessária; mas, que não seja como eu quero, senão, que seja feita a Tua vontade, assim na terra, como no céu!
Agradecido a Deus pela rica e Santa Palavra, deixo-vos a Paz que excede a todo entendimento, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, amém e amém!

(ely silmar vidal – skype: siscompar – fones: DDD (041) (TIM) 9820-9599 – (CLARO e Whatsapp) 9821-2381 – (VIVO) 9109-8374 – (OI) 8514-8333 – mensagem 100716 – O profeta em sua solidão, clama a Deus, por socorro – imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos:

(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.elyvidal.com.br

#Cojae #Conipsi #Dojae #RádioEvangélica #PortalDaRádio #SantoDosSantos #InstitutoIESS #IgrejaEvangélicaSantoDosSantos

ps: – Caso queira conhecer um pouco acerca do trabalho sobre o qual o Senhor me pôs por despenseiro, visite:
www.elyvidal.com.br – (meu site pessoal)
www.cojae.com.br – (site da convenção COJAE da qual sou presidente)

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.