Lula vivo não vale nada a ninguém

Pois então… Curiosamente, o que mais chama a atenção é exatamente o fato de que, Lula de fato deixou de ser interessante vivo, pelo fato de que ele sabe demais e que portanto, para todo e qualquer efeito, Lula morto vira herói.
Dessa forma, não é nem um pouco assombroso imaginar que algum mentecaPTo PTralha, pode se aventurar a transformar o apedeuta em herói da noite para o dia.

“Infelizmente, nem todos vocês que vieram aqui, podem participar desta festa“. (Paulo Tarciso Okamotto)

A cantilena, que se ouvia no enterro (mas como disse Paulo Okamotto, aquilo era uma festa) era a de que o aparato de segurança em torno de um velho de 73 anos, era acintosa e portanto desnecessária. E que tudo aquilo não passava de vexaminoso.
O que não falam e que ninguém deixa escapar à opinião pública, é que a esquerdalha, e mais especificamente o PT, não somente amam os pobres a ponto de os multiplicar, como também, não deixam passar uma oportunidade de capitalizar, em cima mesmo de amigos e inimigos. Capitalizar, especialmente no campo político, eis a palavra de ordem.
Não precisamos citar muitos, basta lembrar os casos: Bolsonaro, Celso Daniel, Toninho do PT, Eduardo Campos, Roger Agnelli, Teori Zavascki, entre outros…
Nesse entre outros, eu fico até imaginando o que estaria verdadeiramente por trás da morte de Marielle Francisco da Silva, aquela vereadora do PSOL, que ficou conhecida conhecida como Marielle Franco. Pelo pouco que entendo dos meandros da políticalha brasileira, ela tornou-se vítima de seus próprios “camaradas”.
Lembrando que nem a morte de Marielle, nem de qualquer um dos outros amigos ou inimigos políticos, deixaram de ser capitalizadas por essa esquerda demente.
É bem verdade que não temos crianças lidando com o desmantelamento das quadrilhas criminosas em nosso País.
Observe-se que bandidos do porte de Sérgio Cabral, Palloci, Marcelo Odebrecht, entre outros, resolveram por suas próprias conta e risco, abrir o bico e entregar o ouro, porque já viram, que se eles são inteligentes; especialmente, no desmantelamento do crime organizado, temos também homens e mulheres muito mais inteligentes que eles.
E nossa justiça, já sabe que Lula vivo, já há muito deixou de ser interessante para os que verdadeiramente mandam no esquerdismo tupiniquim. E já há muito tempo, todo mundo sabe que Lula, não é, não foi e nunca será ou terá sido o líder desse tão grandioso esquema criminoso montado no aparato político brasileiro. Lula não passou de mais um dos vermes utilizados para revirar o bolo fecal que eles iam deixando ao longo de suas caminhadas.
E que, não somente Lula, Zé Dirceu, Odebrecht, são arraia (não miúda), mas arraia, nesse grande lago, porque vemos peixes graúdos como Gilmar Mendes, Lewandowski, Dias Tóffoli, Marco Aurélio Mello, entre outros mais. E portanto, o que queremos, não são esses peixinhos miúdos, mas os verdadeiros mandantes.
Naturalmente que Lula não passa do septuagenário que não terá tempo sequer para pagar por seus crimes. Direitos políticos? Imagina… O rosário criminoso é muito extenso e portanto suficiente para afastá-lo da vida pública em definitivo. Além disso, essa história fantasiosa de “preso político”, nem ele, nem ninguém mais conseguirá sustentar por mais tempo. Lembrando que ainda surgirão fatos, capazes de abalar totalmente as estruturas republicanas.
Assim temos fatores que obrigam nossos bravos homens lotados na Segurança, a garantir a vida do indivíduo, pois, tudo aponta para o fato de que o apedeuta morto, vira mártir. Isto seria uma boa pedida para seus pares.
Imaginem então se o verme, tivesse tomado um tiro ou levado uma facada (modus operandi da esquerdinha caviar atuante, exterminar seus desafetos) durante o velório do “netinho”, aí ele viraria herói para os jumentos de plantão.
Lembrando que a ação da polícia, no quesito segurançã, não se regula pelo alto nível de periculosidade do molusco (o mesmo não apresenta, absolutamente mais nenhum risco a ninguém, a não ser a ele mesmo), porém, não se pode ignorar a alta periculosidade dos “amigos” (que chamam o velório de seu “neto” festa, por exemplo) e da caterva que representa seus antigos “cumpanheros”, que pela absoluta falta de caráter, podem muito bem, resolver transformar o indivíduo em algo que não lhe agradaria nem um pouco.
Dessa forma, o aparato de segurança, não passa de um meio de evitar que os criminosos de plantão resolvam proceder à queima de “arquivo”, e ainda usarem o cadáver como propaganda política.
Sabemos muito bem, com quem estamos lidando, poderíamos até a bem pouco tempo atrás não sabermos, mas agora sabemos, e estamos dispostos a tudo para a limpeza da nação, e da forma mais adequada, que acharmos que seja requerida.
Naturalmente, que na campanha de 2018, o esfaqueamento de Bolsonaro, e um pouco antes a morte de Marielle, entre outros fatos, nos tem ensinado, como devemos proceder, a fim de neutralizar a sanha destruidora que acomete essa esquerdopatia demente que anda à solta em nossa nação. – (baseado em matéria que aplaudo de Felipe Fiamenghi em República de Curitiba OnLine)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 99820-9599 (TIM)
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 030319 – Lula vivo não vale nada a ninguém – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.