Lealdade e obediência, quais são os limites?

Samuel Huntington nos instiga: “A lealdade e a obediência são as mais altas virtudes militares; mas quais serão os limites da obediência?” O Estado, aos nos delegar poder para exercer a violência em seu nome, precisa saber que agiremos sempre em prol da sociedade da qual somos servos. – (General Villas Boas)

Importante salientar que Samuel Huntington, economista conservador, apresenta ao mundo, após estudos investigativos de golpes de estado, uma análise curiosa e crítica entre o poderio militar, e o poder exercido por mandatários civis.
Além disso, ele nos dá uma visão de que os motivos principais de conflitos, (naquela época, para o futuro próximo vindouro) que estamos vivendo justamente hoje, não seriam as tensões ideológicas, senão as culturais.
Levando-se em conta apenas o teórico em questão, vemos que a escola da qual saiu o General Villas Boas, e que gerou outros homens de igual estatura e calibre, tem uma visão bastante interessante do que estamos vivendo e que se assemelha ao pensamento da maioria que não quer o comunismo para o nosso País.

Lembrando a todos que: “O tranco vai ser forte!” porque esta é a hora de a onça beber água. Todos os recados necessários para que se consertassem foram dados.
Todas as oportunidades, para que os mandatários encontrassem seus próprios rumos, foram dados.
Mas, esses mesmos mandatários resolveram, brincar de poderosos, ignorando que temos uma força militar, entre Exército, Marinha e Aeronáutica, das melhores do mundo e que, portanto, essas mesmas Forças Armadas, pela lei do bom senso, e dos padrões éticos e morais que os norteiam, não iriam entregar somente as armas.
Aqueles que ainda não entenderam os recados dados à nação, não perdem por esperar. Os recados foram muito claros! Garanto a todos que os vermelhos sabem muito bem o que está acontecendo.
Só quem ainda não sabe, são os famosos buchas de canhão, os paus-mandados da caterva esquerdopata; portanto, você que tem noção do que de fato acontece, oriente teus irmãos e companheiros, porque o caldeirão está fervendo. Por aqui não passarão, que venham os que se julgam fortes.
Creio que Deus está me permitindo ver, mais este momento de crucial importância para nossa Nação, e por esse motivo, rendo graças ao Deus Eterno e Todo Poderoso, e peço a Ele que em nome de Jesus, o Cristo de Nazaré, nos proteja, guarde, liberte e restaure hoje e sempre, para a glória de seu Santo e Sagrado nome “YHVH”, amém e amém!

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(014) 41 9 8514-8333 (Oi)
(041) 41 9 9820-9599 (Tim)
(015) 41 9 9109-8374 (Vivo)
(021) 41 9 9821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 011217 – Lealdade e obediência, quais são os limites? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAEIntervençãoMilitar

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.