Homens? Meninas que não sabem o que querem e pensam ser machos!

Muito bem, conforme se apura via internet, sem muito esforço, e com apenas alguns cliques, que a 80 anos passados, homens de 18 anos pilotavam aviões de caça britânicos, que eram utilizados na segunda guerra mundial para defender Londres, quando bombardeada por pilotos que com 19 anos da Força Aérea Alemã entre 1933 e 1945.

Nesse período, muitos morreram, e os sobreviventes, alguns até mesmo aleijados, voltaram para seus países, a fim de trabalhar duro e tentar reconstruir seus sonhos.
Quando se tinha o que comer, comiam, e se não tinham, ainda assim, faziam o que podiam, a fim de reconstruir aquilo que lhes fora dito, antes da mal fadada guerra, que lhes tirara o sonho juvenil.

Naquele período, com 15, 17 ou 18 anos, já velhos e mal tratados pelos horrores da guerra, e hoje, encontramos homens, ainda adolescentes aos 35 anos.
Pessoas com crises emocionais seriíssimas, vagando por este mundo cruel, onde nunca viram uma bomba sequer, ou mesmo tiveram os horrores da sirene de ataque aéreo em seus ouvidos como muitos naquela época, depois já nem dormiam mais, porque não conseguiam deixar de ouvir as sirenes muitos anos após a guerra haver terminado.
Hoje as decisões que esses homens de 30 anos ou mais têm que tomar, parece-lhes a pressão de uma catástrofe, e não permite que nossos jovens cresçam, mesmo quando já estão na terceira idade, porque a maioria sequer saiu da barra da mesada que mamãe fornece a cada dia, até mesmo para o cigarro e mesmo para a cachaça, ou droga de alguns. O equívoco, chegou e não mais arredou o pé.
Toddynho, depilação, esmalte, piercings, e o horror que eles conhecem é a dor que lhes é impingida quando vão fazer mais uma das inúmeras tatuagens, simbolizando algo entre o nada e o lugar algum.
Sim, muitos sequer sabem, o porque da última tatuagem, e logo estarão esquecendo o porque desta mais recente.
Uma semana de trabalho, com uma carga de 8 horas, sendo que duas dessas são reservadas a um almoço, é o suficiente para que deixe a cada um estressado, em happy hour de barzinhos que nada lhes acrescenta, a não ser as novidades do momento, como a nova imagem ideal de mulher, personificada no Pablo Vitar.
É claro que não precisamos ir muito adiante, para entender que tudo está afundado, na obviedade do marasmo, e que tudo o que foi construído, até hoje, se não foi, agora está equivocado.

E nisto é claro que se tiram as seguintes conclusões:

Tempos difíceis criam homens fortes, que criam tempos fáceis. E tempos fáceis criam homens fracos, que findam por criar tempos difíceis.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 190618 – Homens? Meninas que não sabem o que querem e pensam ser machos! – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.