Histórias infantis adulterando a realidade

Ao analisarmos interesses, especialmente sob o ponto de vista das histórias infantis, vemos já enraizado no cérebro humano, um interesse na destruição dos valores pré concebidos.
Vemos que esse interesse destrutivo, que pode ter uma origem em algum pensador sim, mas sob o meu ponto de vista, é algo que está no coração de cada um de nós.
Aquela velha história, todos temos em nosso íntimo dois ursos, um bom e um mal, qual dos dois vencerá? A resposta, que é sabida de todos, é: “Aquele que for melhor alimentado!”
Pois muito bem, nossos ursos, estão em franca atividade, um reclama a destruição completa dos valores e conceitos éticos e morais, alegando que após isso, então eu encontraria uma nova sociedade, supostamente mais adequada. Já o outro urso, quer a manutenção de tudo, uma vez, que tudo estaria rigorosamente alicerçado; cabe a nós então, após análises, a escolha do que nos pareça que seja melhor para o futuro de nossas crianças. Cabe-nos uma boa escolha, uma vez que a criança é o futuro da nação.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(014) 41 9 8514-8333 (Oi)
(041) 41 9 9820-9599 (Tim)
(015) 41 9 9109-8374 (Vivo)
(021) 41 9 9821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 231017 – Histórias infantis adulterando a realidade – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#CONIPSI

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.