Generais convocam povo para ato na Paulista

O general Antonio Hamilton Martins Mourão, militar que falou o que tinha que ser dito e acabou por ser mal visto pela esquerdopatia vigente, se envolveu em polêmicas no ano passado: criticou o governo Temer e depois defendeu a intervenção militar no País em evento – 23/03/2018.

Em vídeo que circula nas redes sociais e grupos de whatsApp, o general Antonio Hamilton Martins Mourão convoca, ao lado de outros militares, uma manifestação popular para o último sábado de março, 31, na Avenida Paulista.

— Todos os brasileiros patriotas que desejam que o nosso País tenha um projeto, um rumo, um norte pra seguir, longe da corrupção, longe da incompetência, longe da má-gestão, eu convido para o dia 31 de março comemorarmos o 54º aniversário da contrarrevolução de 64 e também principalmente congregarmos e termos esse sentimento de brasilidade cada vez mais aflorado. Viva o Brasil.

O movimento é contra a corrupção e pelo Brasil, mas foi marcado para 31 de março por ser o aniversário do que os militares chamam de contrarrevolução. Em 31 de março de 1964, o presidente civil João Goulart foi deposto e no dia 1º de abril houve o Golpe Militar no País.

A manifestação está marcada para o vão do Masp, em São Paulo, a partir das 13h. O general Mourão foi protagonista de polêmicas no ano passado, como uma crítica ao governo Temer e a defesa da intervenção militar no País.

“Brasileiros honestos, e com um mínimo de compromisso com o futuro do País, reflitam.
O STF concluirá, em breve, uma das manobras mais tenebrosas e bem urdidas da História do Brasil. Eliminando a prisão após a condenação em segunda instância e acabando com o foro privilegiado (o que poderia até parecer positivo), o STF institucionalizará, para todos os indiciados em processos de corrupção (dispensável citar o nome dessa corja), a impunidade e a inevitável prescrição dos crimes. Os recursos e embargos se encarregarão de cumprir essa tarefa. Não só a lava-jato, mas o próprio Brasil estará liquidado e será entregue definitivamente a essas quadrilhas. Vamos assistir passivamente?” – (General Augusto Heleno)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(014) 41 9 8514-8333 (Oi)
(041) 41 9 9820-9599 (Tim)
(015) 41 9 9109-8374 (Vivo)
(021) 41 9 9821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 270318 – Generais convocam povo para ato na Paulista – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *