Eleição ou Exorcismo, você decide

Frente aos fatos que nos foram trazidos pela última eleição, brevemente teremos algumas pessoas mudando de domicílio.
A grande maioria deles, tendo que satisfazer-se com alguns poucos metros quadrados em alguma cela, em algum lugar do País.
É uma pena que nossa legislação ainda não permita que os presos paguem por suas estadias trabalhando, pois isso onera em muito a vida do pobre povo trabalhador.
Como pudemos observar, houveram muitos canalhas que não tiveram seus cargos eletivos renovados. Graças a Deus…
Após o pleito, a maioria dos candidatos pronunciaram-se agradecendo aos eleitores que depositaram sua confiança neles, dando-lhes os votos que lhes foram dados. Parodiando isso, aproveito para agradecer aos que não votaram nestes indivíduos, pois estes são sim, em sua grande maioria, já criminosos consagrados, que apenas escapavam da prisão, por conta do foro privilegiado de que gozavam. Desta forma, vejam a lista dos que não conseguiram a reeleição, ou não conseguiram emplacar seus postes nos cargos públicos:

Dilma Rousseff (PT-MG);
Lindbergh Farias (PT-RJ);
Eduardo Suplicy (PT-SP);
Jorge Viana (PT-AC);
Delcidio do Amaral (PTC-MS);
Fernando Pimentel (PT-MG);
Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM);
Fernando Collor (PTC-AL);
Roseana Sarney (MDB-MA);
Sarney Filho (MDB-MA);
Edison Lobão (MDB-MA);
Valdir Raupp (MDB-RO);
Eunício Oliveira (MDB-CE);
Romero Jucá (MDB-RR);
Beto Richa (PSDB-PR);
Marconi Perillo (PSDB-GO);
Roberto Requião (MDB-PR);
Cassio Cunha Lima (PSDB-PB);
Garibaldi Alves Filho (MDB-RN);
Marco Antonio Cabral (MDB-RJ), filho do presidiário Sergio Cabral; Daniele Cunha (MDB-RJ), filha do presidiário Eduardo Cunha;
Cristiane Brasil (PTB-RJ), filha do ex-presidiário Roberto Jefferson; Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), irmão do presidiário Geddel Vieira Lima; Leonardo Picciani (MDB-RJ), filho do preso domiciliar Jorge Picciani; Boulos;
Ciro Gomes;
Marina;
Haddad

Lembrando minha gente que isso que vimos em nosso País, pareceu mais um exorcismo que uma eleição.
Além disso, vimos que por esse exorcismo, houve um bota fora muito interessante, e da mesma forma que temos o Lula que já reside em uma cela nas dependências da Sede da Polícia Federal em Curitiba – Paraná, muito antes do que imaginamos, teremos o mesmo destino que será dado a muitos outros de mesmo calibre e gabarito, pelo visto a começar por Dilma, Haddad, etc…
Aproveito o ensejo, para agradecer ao meu querido Brasil, terra de gente inteligente, honesta e especialmente trabalhadora, pela colaboração na limpeza já iniciada na Câmara e no Senado Federal. Isto pode até ser considerado uma libertação.
Que doravante o brasileiro entenda que seu voto é uma arma, e que, quando o candidato eleito não responde aos anseios, não só pode, como deve ser tirado do cargo, e ainda por cima, responsabilizado pelos erros cometidos durante sua trajetória no poder.
Justamente porque muitos não votaram nessa caterva, conseguimos nos livrar de uma parte do câncer que assolava a nossa nação.
O serviço de profilaxia é grande e ainda tem muitos que estão arraigados às células e não querem sair e não saem por bem, então, possivelmente terá que ser usada a força para poder extirpar o restante das células cancerígenas.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 091018 – Eleição ou Exorcismo, você decide – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.