Diante de chantagens e bandidagens, Temer pode pedir ajuda das Forças Armadas no Art. 142

Temer disse que está sendo chantageado e ameaçado de todo lado, por senadores e demais políticos, incluindo alguns do PMDB.

Temer fica ‘nervoso’ e fala aos senadores chantagistas: ‘então, votem na Dilma’

POIS BEM. Diante de chantagens, ameaças e demais loucuras que estamos vendo, incluindo, uma enxurrada de terroristas que entraram no Brasil e que pretendem, junto do PT, MST, CUT e demais comunistas e tarados por dinheiro, o Presidente Michel Temer pode sim pedir a Intervenção Constitucional conforme o Artigo 142 da CF/88

E o povo apoiará em massa.

Intervenção Constitucional não significa propriamente que As Forças Armadas assumam o poder. Podem sim.

Mas podem, também, garantir a segurança nacional junto do presidente em exercício e garantir, junto de técnicos e juristas militares e federais, que a Lava Jato siga imparcial, fazendo a Faxina Geral, doa a quem doer. Esse, é o maior medo de 99% dos políticos e da velha mídia bandida.

O FCSBR apoia essa medida 1000%! Também apoiam essa medida a COJAE – Corte de Justiça Arbitral e Eclesiástica, bem como o CONIPSI – Conselho Internacional de Psicanálise

Temer fica como presidente com apoio da junta militar e a Lava Jato passa o ferro em todos os envolvidos em mutretas. Troféu pra quem não roubou o povo e cadeia pra quem roubou. Simples.

Temer tem sob seus ombros o duro fardo e a responsabilidade de evitar que o Brasil seja destruído por comunistas, bandidos e terroristas de todos os tipos que se aproveitam desse momento frágil da nação.

Então,

TEMER, #CONVOQUE AS FORÇAS ARMADAS JÁ! ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS!

#MILITARES NA RUAS PARA PROTEGER O POVO QUE TRABALHA E PAGA SEUS IMPOSTOS JÁ!

-folhacentrosul.com.br/outras-noticias/11096/diante-de-chantagens-e-bandidagens-temer-pode-pedir-ajuda-das-forcas-armadas-no-art-142

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.