Com prisão de Paulo Bernardo, PT se aproxima de seu melancólico fim

Bom dia a todos. Acordei hoje sem nenhum policial na minha porta. São as vantagens de não ser petista nem “jornalista” 171…

Com essa brincadeira no Facebook, que fala muitas verdades sérias, comecei meus trabalhos hoje. O dia brilha sempre mais quando temos novas operações que fecham o cerco aos petistas e seus cúmplices. E foi um peixe graúdo que fisgaram dessa vez:

O ex-ministro do Planejamento, do governo de Luiz Inácio Lula da Silva, e das Comunicações, no primeiro mandato de Dilma Rousseff, Paulo Bernardo foi preso pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira, em Brasília, na Operação Custo Brasil, um desdobramento da 18ª fase da Lava-Jato. Ele é casado com a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). A residência do casal em Curitiba foi alvo de busca e apreensão. Policiais federais também cumprem um mandado de busca na sede do PT, no centro de São Paulo.

A operação apura o pagamento de propina, proveniente de contratos de prestação de serviços de informática com a empresa Consist, na ordem de R$ 100 milhões, entre os anos de 2010 e 2015, a pessoas ligadas a funcionários públicos e agentes públicos do Ministério do Planejamento.

Na sede do PT, a busca se concentrou na sala da tesoureira do partido, que era comanda por João Vaccari Neto, que está preso por causa da Lava-Jato, em Curitiba. No local, foram apreendidos documentos. De acordo com agentes, não foi encontrado dinheiro no local.

A Polícia Federal também está fazendo busca e apreensão em endereços do ex-ministro da Previdência Carlos Gabas e do jornalista Leonardo Attuch, do site “Brasil 247”. O ex-ministro foi conduzido coercitivamente para depor em Brasília. Gabas também é investigado por suposto envolvimento na contratação ilegal e recebimento de propina da Consist, para prestar serviços sobre crédito consignado, no período em que Paulo Bernardo era ministro do Planejamento. Attuch também foi levado coercitivamente para depor, mas em São Paulo.

Jornalista? Oh, please! Favor colocar aspas aí, pois o “suposto jornalista” exerce outro tipo de ofício. Claro, no site do Brasil 171 Attuch, que é seu editor e fundador, foi deixado de fora na notícia, e depois foi publicado que ele foi voluntariamente prestar esclarecimentos, o que era uma ótima oportunidade para desfazer confusões. Risos. Muitos risos.

Todos que têm sido alvos dessas investigações alegam inocência, e seus advogados consideram desnecessárias as prisões ou conduções coercitivas para depor. Faz parte do show. Mas o fato é inegável: Attuch recebeu uma montanha de dinheiro do PT para manter aquela porcaria enganadora que chama de site.

Com a nova fase da Operação Lava-Jato, o que restava do PT vai sendo exposto. Até aquele que tinha pinta de mais sério, que era do tipo “petista, mas com perfil tucano”. O casal 20 do PT está atolado em problemas com a Justiça e a polícia. Será que Gleisi Hoffmann vai continuar dando xilique no Senado agora? Ela tem coisas maiores com que se preocupar…

O PT caminha para seu melancólico fim. O grande teste serão as eleições municipais deste ano. Mas a coisa promete: mais de um quinto dos prefeitos petistas já abandonaram o “partido”. Será o massacre da serra elétrica, ou da urna eletrônica, e não há manipulação ou fraude capazes de reverter o quadro.

A quadrilha petista merece tal destino sombrio. Na verdade, merece coisa muito pior. O Brasil quer Lula e Dilma presos também! Consta que os vizinhos aplaudiram quando a PF levou Paulo Bernardo. É para aplaudir mesmo! O que essa gente fez com o Brasil é imperdoável, e vai nos assombrar por gerações.

A política nacional já era um lixo. Com o PT, tudo piorou exponencialmente. Seu cinismo, seu DNA totalitário, seu viés autoritário, sua empáfia, o monopólio da ética no discurso enquanto se mostrou o mais corrupto de todos, tudo isso degradou bastante o que já era ruim. O PT é indecente, imoral, podre.

É alvissareiro ver nossas instituições funcionando em busca da Justiça. Ainda falta muito. Sabemos que no STF há camaradas da máfia petista. Sabemos que, mesmo com a eventual morte do PT, o petismo sobrevive, na forma adaptada de seus companheiros, do PCdoB, do PSOL e da Rede.

Mas ainda assim são ventos de mudança. O brasileiro trabalhador e honesto tem motivo para celebrar hoje. Mais uma operação que coloca a quadrilha petista contra a parede. Mais prisões, incluindo ex-ministro de Lula e Dilma. Mais apreensões na sede do “partido”. Somente quando o PT for página virada de vez o Brasil poderá respirar mais aliviado e sonhar com um futuro melhor. – (Rodrigo Constantino – 23/06/2016)

-/linkis.com/rodrigoconstantino.com/kpNaE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.