Quando contemplo os teus céus

Deus é glorificado nas suas obras e na sua bondade para com o homem
“Ó SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome em toda a terra, pois puseste a tua glória sobre os céus!
Da boca das crianças e dos que mamam tu suscitaste força, por causa dos teus adversários, para fazeres calar o inimigo e vingativo.
Quando vejo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que preparaste;
que é o homem mortal para que te lembres dele? E o filho do homem, para que o visites?
Contudo, pouco menor o fizeste do que os anjos e de glória e de honra o coroaste.
Fazes com que ele tenha domínio sobre as obras das tuas mãos; tudo puseste debaixo de seus pés:
todas as ovelhas e bois, assim como os animais do campo;
as aves dos céus, e os peixes do mar, e tudo o que passa pelas veredas dos mares.
Ó SENHOR, Senhor nosso, quão admirável é o teu nome sobre toda a terra! (Sl 8:1-9)

O PT do fim do mundo – 09/09/15

O G1 recolheu as primeiras impressões de lideranças parlamentares sobre a perda do grau de investimento do Brasil. A declaração mais boçal é a de José Guimarães, irmão do mensaleiro José Genoíno e líder do governo:
“Não é o rebaixamento de uma agência do fim do mundo que vai diminuir o ânimo do governo em buscar soluções para equacionar os problemas da economia brasileira. É claro que quem está na tese do quanto pior, pior, vê uma notícia assim e passa a comemorar.”
Guimarães deve enxergar o mundo pelo buraco da cueca cheia de dólares de seu assessor que foi apanhado pela PF em Congonhas.
http://www.oantagonista.com/posts/o-pt-do-fim-do-mundo

Posso todas as coisas naquele que me fortalece

“Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido e sei também ter abundância; em toda a maneira e em todas as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundância como a padecer necessidade.
Posso todas as coisas naquele que me fortalece.” (Fp 4:11-13)

PT recebe de propina 100 milhões da obra de Belo Monte

A Obra de Belo Monte, propicia ao PT (à organização criminosa PTralha), o recebimento de algo em torno de 100 milhões de reais, isto, declarado pelo Dalton Avancini, presidente da Camargo Correa.
Pois bem, devagar vamos descobrindo onde foi que a quadrilha meteu a mão no pote. Vamos aguardar, porque em poucas horas veremos essa quadrilha toda atrás das grades… (ely silmar vidal – teólogo, jornalista e psicanalista)
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/715143328615390/?l=8478162287070971379

U.S. Armed Forces – We Must Fight – President Reagan

“Agora vamos esclarecer as coisas. Não há nenhum argumento sobre a escolha entre a paz e a guerra, mas só há uma maneira garantida pela qual você pode ter paz – e você pode tê-la instantaneamente – a rendição.
Evidentemente há um risco em qualquer outro curso que sigamos fora este, mas todas as lições da história nos mostram que o maior risco reside na concessão, e este é o espectro nossos amigos liberais bem-intencionados se recusam a enfrentar: que a sua política de acomodação é concessão, e ela não dá nenhuma escolha entre a paz e a guerra, apenas entre luta ou rendição. Se continuarmos a acomodar, continuarmos a apoiar e a nos retirar, por fim, temos que enfrentar a demanda final: o ultimato. E agora, quando Nikita Khrushchev disse a seu povo que ele sabe qual será a nossa resposta? Ele lhes disse que estamos batendo em retirada sob a pressão da Guerra Fria, e um dia, quando chegar a hora de cumprir o ultimato final, nossa rendição será voluntária, porque, na ocasião, teremos sido enfraquecido de dentro para fora espiritual, moral e economicamente. Ele acredita nisso porque, do nosso lado, ele tem ouvido vozes suplicando por “paz a qualquer preço” ou “melhor vermelho que morto”, ou, como disse um comentarista, ele preferiria “viver de joelhos do que morrer de pé.” E é aí que reside o caminho para a guerra, porque essas vozes não falam pelo resto de nós.
Você e eu sabemos e não acreditamos que a vida é tão querida e a paz tão doce que possam ser compradas ao preço de correntes e escravidão. Se nada na vida vale a pena morrer, Se,na vida, não vale a pena morrer por nada,
quando isso começou, apenas em face deste inimigo? Ou Moisés deveria ter dito aos filhos de Israel para viver em escravidão sob os faraós? Cristo deveria ter recusado a cruz? Os patriotas na Ponte Concord deveriam ter deposto suas armas e se recusado a disparar os tiros ouvidos ao redor do mundo? Os mártires da história não eram tolos, e nossos mortos honrados, que deram suas vidas para impedir o avanço dos nazistas não morreram em vão. Onde, então, está o caminho para a paz? Bem, é uma resposta simples, afinal.
Você e eu temos a coragem de dizer aos nossos inimigos: “Há um preço que não pagaremos.” “Há um ponto além do qual não eles não devem avançar.” Winston Churchill disse: “O destino do homem não é medido por cálculos materiais. Quando forças poderosas estão em movimento no mundo, aprendemos que somos espíritos, não animais.” E ele disse: “Há algo acontecendo no tempo e no espaço, e além do tempo e espaço, que, quer queiramos ou não, soletra dever.” Você e eu temos um rendezvous com o destino.
Nós vamos preservar para nossos filhos isto, a última melhor esperança do homem na terra, ou nós vamos sentenciá-los a dar o último passo em direção a mil anos de escuridão.
Memorial Day 2014 LIKE, COMENTÁRIO, AÇÃO & Assine ☆ ★ ☆ Forças Armadas dos EUA “um tempo para escolher” Discurso por 40th Presidente dos Estados Unidos da América Ronald Wilson Reagan (6 de fevereiro 1911-5 junho de 2004) ☆ ★ ☆
Vídeo feito por: Matthew Worth (Canadianmatt3) –
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/715068341956222/?l=7615304201106902424
Soundtrack / Áudio: Steve Jablonsky – Chegada à Terra – Transformadores (2007 Motion Picture) Soundtrack Filme: Transformers: The Album
Alguns vídeo usado cedida por: thespartanheroes http: //www.youtube.com/user/TheSparta … 4-25 Fim do Tour – Nosso ano at War – verdadeira guerra FOOTAGE http: //www.youtube.com/watch v = QlUNqT …
Para a plena “Um Tempo para escolher” discurso do presidente Ronald Reagan (Reagan Library): http: //www.youtube.com/watch v = qXBswF …? Estados Unidos da América inspirador
Música “Arrival To Earth” por Steve Jablonsky (Google Play • iTunes) https://www.youtube.com/watch?v=tpH5L8zCtSk

Acabou a brincadeira

Juiz Federal Sergio Moro é quem vai investigar contas de Campanha de Dilma e Lula
Ministro do STF acabou de decidir, (06/09 – as 19:00 horas) encaminhar para o juiz Sérgio Moro documentos com indícios de arrecadação ilegal.
Podemos dizer que DEFINITIVAMENTE os dias de Dilma e LULA no poder do Brasil estão com os dias contatados. O STF acabou de decidir. SERGIO MORO vai bater o martelo. O inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar o ministro da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência, Edinho Silva, não será a única frente de apuração de supostas irregularidades nas campanhas de Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Rousseff. O ministro Teori Zavascki, relator dos processos da Lava-Jato no tribunal, já decidiu encaminhar para o juiz Sérgio Moro, em Curitiba, documentos que apontam suspeitas de arrecadação ilegal por parte das coordenações das campanhas de Lula em 2006 e de Dilma em 2010. Edinho foi o tesoureiro em 2014 e, por ser ministro, tem foro privilegiado junto ao STF.
Entre os citados que poderão ser investigados em novos inquéritos na primeira instância da Justiça Federal estão o ex-deputado e ex-secretário de Saúde da Prefeitura de São Paulo José de Filippi Júnior e o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, segundo fontes com acesso às investigações. Filippi foi tesoureiro da campanha de Lula à reeleição em 2006 e da campanha de Dilma em 2010. Vaccari só deixou a Secretaria de Finanças do PT após ser preso na Operação Lava-Jato, em abril deste ano. Os dois foram citados em depoimentos prestados na delação premiada do dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa.
Segundo Pessoa, a campanha de Lula em 2006 contou com repasses de dinheiro em espécie, sem registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O dinheiro seria proveniente de um consórcio com obras no exterior, integrado pela UTC. A entrega foi feita no comitê da campanha, conforme o empreiteiro. Pessoa também relatou entregas de dinheiro a pedido de Vaccari.
O GLOBO apurou que a força-tarefa do Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba já foi avisada sobre o compartilhamento da delação do dono da UTC, em que o empreiteiro detalha supostas irregularidades nas campanhas petistas. A expectativa dos investigadores no Paraná é receber esses depoimentos até a próxima quarta-feira. Os casos serão analisados individualmente e poderão resultar em inquéritos diferentes.
O ex-ministro Antonio Palocci já é investigado em inquérito na primeira instância por conta de suspeitas de arrecadação ilegal na campanha de Dilma em 2010, delatada pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa. O encaminhamento das acusações à Justiça Federal no Paraná também foi feito por Teori, na primeira leva de inquéritos judiciais abertos na Lava-Jato, em março deste ano.
Costa declarou que recebeu um pedido do doleiro Alberto Youssef e que autorizou o uso de R$ 2 milhões destinados ao PP, desviados de contratos da estatal, na campanha de Dilma. O pedido teria partido de Palocci, conforme a delação de Costa. Youssef desmentiu o depoimento do ex-diretor. Mesmo assim, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entendeu que “a suposta solicitação da vantagem deve ser apurada em relação a quem a teria feito”. O inquérito está em andamento em Curitiba. Dilma não foi alvo de investigação. Janot alegou “vedação constitucional” para analisar o caso, por ele ser anterior à sua gestão como presidente.
Na semana passada, a Polícia Federal concluiu as investigações contra dois políticos com foro privilegiado: os deputados Vander Loubet (PT-MS) e Nelson Meurer (PP-PR). Nos relatórios encaminhados ao STF, a PF concluiu que ao menos parte da propina recebida pelos dois, proveniente de contratos da Petrobras, foi transformada em doação eleitoral.
A PF chegou à mesma conclusão em relação às investigações contra o deputado Arthur Lira (PP-AL), presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, e o senador Benedito de Lira (PP-AL), pai dele. No relatório enviado ao STF, a polícia afirma que Arthur Lira encontrou o doleiro Alberto Youssef “com a finalidade de solicitar o pagamento de dívidas de campanha e apanhar recursos em espécie, oriundos do esquema de corrupção da Petrobras”. Para a polícia, os parlamentares praticaram corrupção passiva, que é o recebimento de propina, e lavagem de dinheiro, configurada nas artimanhas para ocultar o primeiro crime.
No sábado, outros dois inquéritos foram abertos no STF para investigar supostas doações por caixa dois. São alvos o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, que disputou o governo de São Paulo em 2010, e o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), eleito para o cargo naquele ano.
http://pensabrasil.com/acabou-a-brincadeira-juiz-federal-sergio-moro-e-quem-vai-investigar-contas-de-campanha-de-dilma-e-lula/

Povo Barulhento

Muito em breve vai sair uma noticia
De um povo que desapareceu
Era um povo muito humilde, que aqui muito sofreu
Esse povo era o povo de deus

Onde está aquele povo barulhento
Onde está que não se vê nenhum irmão
Alguém com voz de lamento, vai dizer nesse momento
Aquele povo foi embora prá sião

Onde está o dirigente dessa igreja?
E os obreiros daqui aonde estão?
e as mensagens que pregavam muitos crentes se alegravam
Eles também foram embora prá sião

Onde está aquele povo barulhento
Onde está que não se vê nenhum irmão
Alguém com voz de lamento, vai dizer nesse momento
Aquele povo foi embora prá sião

onde está a juventude dessa igreja
e as irmãs do círculo de oração
que a Deus tanto clamavam e as crianças que cantavam
elas também foram embora prá Sião

Onde está aquele povo barulhento
Onde está que não se vê nenhum irmão
Alguém com voz de lamento, vai dizer nesse momento
Aquele povo foi embora prá sião

Depois desse grande acontecimento
Muitos crentes desviados vão voltar
Procurando as irmãs para a reconciliação
Mas infelizmente não vão encontrar

Onde está aquele povo barulhento
Onde está que não se vê nenhum irmão
Alguém com voz de lamento, vai dizer nesse momento
Aquele povo foi embora prá sião
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/714720281991028/?l=8209628869678345900

Templo de Salomão esconde quartel militar do PT

O Pastor Daniel Batista neste vídeo denuncia um quartel militar do PT escondido dentro do Templo do Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus, 15 andares abaixo de sua estrutura, para promover uma “Primavera Árabe” no Brasil.
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/714388122024244/?l=5578291960756268159

A quem não sabe, Joseph Goebbels, o mestre da publicidade socialista pregava:

“Toda propaganda deve ser popular, adaptado o seu nível ao menos inteligente dos indivíduos a quem é dirigida a informação. Quanto maior seja a massa a convencer, menor deverá ser o esforço mental a ser realizado. A capacidade receptiva das massas é limitada e sua compreensão escassa; além disso, eles têm grande facilidade para esquecer.” (Joseph Goebbels)

Hino Nacional Brasileiro – (Letra: Joaquim Osório Duque Estrada – Música: Francisco Manuel da Silva)

Ouviram do Ipiranga às margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da Liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da Pátria nesse instante.
Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó Liberdade,
Desafia o nosso peito à própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve, Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu risonho e límpido
A imagem do Cruzeiro resplandece.
Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada,
Brasil!

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!
Do que a terra mais garrida
Teus risonhos lindos campos têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida no teu seio mais amores.

Ó Pátria amada,
Idolatrada
Salve, Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado
E diga o verde-louro desta flâmula
Paz no futuro e glória no passado.
Mas se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Pátria amada,
Brasil!

Vocabulário utilizado no Hino Nacional
Ipiranga = Riacho localizado em São Paulo, onde foi declarada a Independência do Brasil, por D. Pedro I. Pláscida = Serenas, tranqüilas, mansas, sossegadas, calmas, pacíficas, brandas. Brado = Grito (o Grito do Ipiranga), clamor
Retumbante = Que retumba, que reflete com estrondo, que estrondeia que ecoa, que ribomba, que ressoa.
Fúlgidos = Fulgentes, que têm fulgor, que fulgem, luzentes, brilhantes, cintilantes, fulgurantes, fulgurosas
Penhor = Garantia, segurança, prova, valor de uma coisa que dá direito a (garantindo) outra Seio e peito = Alma, interior, coração, âmago
Idolatrada = Adorada, venerada, amada em excesso, como se ama um ídolo (com excesso de sentimento)
Vívido = Que tem vivacidade, ardente intenso, vivo, luminoso, brilhante, expressivo, significativo
Límpido = Nítido, claro, limpo, polido, brilhante, puro, transparente, translúcido, sem nuvens, desanuviado ingênuo, simples Cruzeiro = a constelação do Cruzeiro do Sul
Resplandece = Brilha muito, rutila, releva-se, sobressai
Impávido = Que não tem medo ou pavor, destemido, afoito, intrépido, denodado
Colosso = Enorme, gigante, estátua descomunal, objeto de enormes dimensões, grande poderio ou soberania Espelha = Retrata, reflete, deixa ver
Fulguras = Brilhas, resplandeces, fulges, fulguras, relampejas, cintilas, sobressais, realças Florão = Ornamentação de ouro e/ou pedras preciosas no centro de uma coroa Garrida = Alegre, brilhante, viva, elegante, graciosa, vistosa Lábaro = Bandeira (estandarte), a Bandeira Nacional (estrelada) Verde-louro = Verde-amarelo
Flâmula = Bandeira
Clava forte = arma forte (a guerra)
O Hino Nacional brasileiro já teve três letras diferentes. A primeira é de 1831 para comemorar a abdicação de D. Pedro I e seu retorno a Portugal. Em 1841, o Hino recebeu a segunda letra, que celebrava a coroação de D. Pedro II. Com a proclamação da República, essa letra, monarquista, caiu em desgraça, mas só foi substituída em 1922.
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/714281742034882/?l=6067815058736518904

Vejam a ditadura comunista… Vejam a truculência…

E entendam para onde estamos sendo guiados…
Estão criando um caos no campo, e os motivos para isso são bem compreendidos: trata-se do esfacelamento do território, e a criação de espaços sem possibilidade de intervenção do Estado. Assistam ao caos, agora. (Matheus Faria)
http://www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/713932362069820/?l=4129623227211422802

Dr. Rosinha está com nojinho de foto de Bolsonaro e Fraga desafiando bandidos

E não é que eles conseguem mesmo se rebaixar em termos morais a cada dia que passa? Quando achamos que eles já chegaram ao fundo do poço, sempre temos alguém como Dr. Rosinha, deputado federal pelo PT do Paraná, para quebrar novos recordes. Ao Pragmatismo, ele reclama de uma foto que “ofende” os marginais. Leia mais:
Um dos símbolos da aprovação desta ​e​menda ​c​onstitucional [redução da maioridade penal de 18 para 16 anos] foi uma foto (nojenta) que circulou na ​internet. A foto foi feita, segundo o crédito que est​á​ na internet, por Ailton de Freitas, dentro da Câmara dos Deputados, no dia da votação da PEC. Na foto, dois deputados, Alberto Fraga (DEM-DF) e Jair Bolsonaro (PP-RJ), integrantes da ​chamada ​bancada da bala, simulam, com as mãos e os dedos indicadores em riste, darem tiros. Ao ver a foto​,​ cada qual lhe dá a concepção que ideologicamente queira. Eles passam, pela foto, a concepção deles, que pode ter recepção em parte da sociedade, que é um simples recado: menores, principalmente negros e pobres, se preparem para enfrentar uma violência maior do que já enfrentam. Se preparem, a morte ronda ​você ​e a vida pode ser mais curta do que pensa. Para mim, pela minha ideologia e minha concepção de vida​,​ a foto, o gesto e quem o pratica só cabe um adjetivo: nojento.
Haja saco, viu…
Quer dizer que, na visão do Dr. Rosinha, dois deputados mandando uma mensagem até espirituosa para marginais constitui uma “abominação”. Enquanto isso, os marginais que não apontam dedos, mas armas, antes de estuprar, roubar e matar, são pobres vítimas. Os tais “anjos sem asas”. Provavelmente, ele está preocupado com os sentimentos de marginais, que poderiam ficar magoados com a foto acima. Como se os bandidos dessem qualquer pelota para isso.
Em tempo: que parte da imagem dos deputados demonstra preferência em ver “negros e pobres” mortos? Alias, a maioria dos “negros e pobres” não é composta de bandidos. Como se nota, não demonstra muito para o petista manifestar racismo enquanto finge lutar contra ele.
No geral, vemos apenas histeria simulada e a tradicional ausência deliberada de senso de proporções. Dr. Rosinha diz achar tal imagem “nojenta”. Só por isso dá para ter uma ideia do que este sujeito entende por “higiênico”. Repugnante mesmo é o senso moral de um petista que rejeita qualquer manifestação de indignação contra marginais violentos.
Dr. Rosinha é nojento ao quadrado.
http://lucianoayan.com/2015/09/04/dr-rosinha-esta-com-nojinho-de-foto-de-bolsonaro-e-fraga-desafiando-bandidos/

O Governo Petista Acabou. Alguma Dúvida?

O Brasil está sem comando, acho que isso já ficou claro para todos os brasileiros com um mínimo de discernimento. E sem comandante, como bem sabemos, não há perspectivas de nos livrarmos da tragédia a que o lulopetismo levou o País. Essa é a realidade nua e crua. O governo acabou. Não tem mais credibilidade. Precisam ser afastados os responsáveis para que possam ser adotadas as medidas, certamente dolorosas, que se fazem necessárias e impedir que o Brasil naufrague de vez. Os integrantes dos demais poderes da República precisam compreender isso e buscar uma solução antes que seja tarde demais.
A saída tem que se dar, necessariamente, pelas vias institucionais. Aplicando a legislação vigente. O que nos causa espanto é que, apesar dessa catastrófica situação, os ocupantes do governo ainda conseguem controlar boa parte das instâncias superiores dos poderes.
É um absurdo assistirmos renomadas personalidades – políticos e juristas sobretudo – declararem que não existem motivos ou elementos que justifiquem a instauração de um processo de impeachment. Como se toda a população brasileira fosse constituída de iletrados e imbecis para aceitarem tamanho disparate.
A situação é delicada porque a corrupção atingiu toda a cúpula dos poderes da República e fica um jogo de empurra e conchavos, uns buscando encobrir as responsabilidades de outros, numa tentativa desesperada de se salvarem todos de uma cassação e condenação criminal.
Sequer se vislumbra um movimento de pessoas decentes, com peso e capacidade política para liderarem um movimento de expurgo desses agentes nocivos à administração pública.
O que existe são movimentos incipientes criados pelas redes sociais, que apesar de já terem obtido significativos resultados com danos para a imagem do governo, pouco conseguiu com relação ao seu impedimento.
O aspecto menos ruim, ainda assim perverso, disso tudo é que quanto mais a economia se deteriora, mais se acentua a rejeição ao petismo e a esses partidos de esquerda que anarquizaram o país. Mas é notório que o povo brasileiro tem memória curta. E a pergunta que não quer calar é: será que esse caos terá ensinado o suficiente aos eleitores brasileiros?
Gilberto Rodrigues Pimentel é Presidente do Clube Militar. (04/09/2015)
http://clubemilitar.com.br/pensamento-do-clube-militar-43/

como vivia a família do menino sírio Aylan que morreu tentando atravessar o Mediterrâneo

Por trás da foto: como vivia a família do menino sírio Aylan que morreu tentando atravessar o Mediterrâneo – A luta da carne com o espírito
“Mas vejo nos meus membros outra lei que batalha contra a lei do meu entendimento e me prende debaixo da lei do pecado que está nos meus membros.
Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte?
Dou graças a Deus por Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim que eu mesmo, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas, com a carne, à lei do pecado.” (Rm 7:23-25)
Muito triste… Os sonhos que não se realizam, por conta de desmandos de autoridades que não se preocupam com uma vida humana, preocupando-se apenas com seus desejos, com seus devaneios contra a liberdade.
Que Deus tenha misericórdia, ignóbeis seres que somos… – (ap. ely silmar vidal)