Cármen Lúcia profetizando

Chego a suspeitar que a ministra Cármen Lúcia, deu uma espécie de profecia, quando disse o seguinte:

“A maioria de nós acreditou que a esperança tinha vencido o medo. Com o mensalão, descobrimos que o cinismo tinha vencido a esperança. Agora parece que o escárnio venceu o cinismo. Mas o crime não vencerá a Justiça” (Cármen Lúcia, ministra do STF ao votar pela prisão do senador Delcídio do Amaral – PT-MS)

Observamos que a administradora-mor do lupanar, mostra de fato para a gente o que está acontecendo, e quase sem saber ela encerra dizendo que o crime não vencerá a justiça. É verdade, a justiça será feita, a única coisa que ela não sabia, é que seria feita pelo Supremo Tribunal Militar.
E creio que ela também não suspeitava que ela seria justamente uma das condenadas.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista e Jornalista – skype: siscompar – fones: 041-41-99820-9599 (TIM) – 021-41-99821-2381 (CLARO e WhatsApp) – 015-41-99109-8374 (VIVO) – 014-41-98514-8333 (OI) – mensagem 141017 – Cármen Lúcia profetizando – imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos:

(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.