Burburinho: Vitórias, Derrotas e Retardamentos

Sun Tzu um general e filósofo chinês escreveu em seu livro a Arte da Guerra que: “o sucesso custa muito caro, e que a habilidade de alcançar a vitória, mudando e adaptando-se de acordo com o inimigo, é chamada de genialidade.”

Passeando na internet, encontrei um texto com o título:
“Apoie o jornalismo profissional
A missão do GLOBO é a mesma desde 1925: levar informação confiável e relevante para ajudar os leitores a compreender melhor o Brasil e o mundo. São mais de 400 reportagens, artigos, fotos, vídeos e áudios publicados diariamente e produzidos de forma independente pela maior redação de jornal da América Latina. Ao assinar O GLOBO, você tem acesso a todo esse conteúdo.”

Devo dizer que infelizmente é o cantado, mas não é o apresentado.
Infelizmente o grupo GLOBO, vem há muito se destacando, justamente por buscar a degeneração da verdade através de suas páginas e dos demais veículos que compõem o Grupo Globo de jornalismo.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Os oligarcas se copiam a fim de que em todos os lugares por onde quer que eles se instalem as coisas fiquem com uma mesma aparência.
A começar pela destruição e devastação que é geral, pode-se ver, que eles copiam tudo o que não presta, um do outro.
A exemplo do que falo, os modelos de extermínio por exemplo: a começar pela fome, que chega ao ponto de fazer com que as pessoas, para que não morram de fome, comecem por alimentar-se de seus próprios animais domésticos, também pelas formas de eliminação de rivais, que passam do simples atropelamento em simulação a acidentes de trânsito, passando pelo envenenamento, e chegando às raias do fuzilamento, nos tão famosos “paredóns”. Além é claro da tradicional, eliminação pela queima da biografia, lançando o indivíduo ao ostracismo, ou mesmo em uma prisão que em alguns países, vão até os campos de trabalhos forçados.
Neste caso específico, acho que não é demais lembrar do caso do juiz venezuelano, que mandou para a cadeia um perigoso narco-traficante em 2015, não levando em conta, que o referido traficante, não passava de um aliado do governo. Portanto, que medida infeliz prender um amigo do Rei.

“Aos amigos os favores, aos inimigos a lei.” – (Nicolau Maquiavel, ou Niccolò di Bernardo dei Machiavelli)

E esse juiz foi preso na Venezuela, justamente por uma lei que se aproxima desta, com que hoje nos presenteiam o Nhonho, o Renan, o Toffoli, e a caterva toda, chamada de “Lei do Abuso de Autoridade”.

Vejam só, como seria possível que um juiz, ousasse mandar em cana, um amigo, do amigo de meu pai? Com que autoridade, ou melhor, isso, segundo esses ditames, mostra o quanto há de abuso de autoridade em uma pessoa que busque cumprir a lei nesses feudos oligárquicos.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

E em meio à toda essa barafunda que nos apresenta a esquerda na sua sanha por impedir um governo legítimo de governar e de mostrar a que veio, encontramos algumas, medidas que nos dão uma ideia, de a que veio esse novo governo e a que ele se propõe, caso permaneça no poder.

Quando eu disse, caso permaneça no poder, não se trata de força de expressão, trata-se mesmo de que existe uma possibilidade muito grande de toda essa quadrilha tomar de assalto o poder com muito maior força do que a que vem demonstrando até o presente momento, e dessa forma, colocar Bolsonaro, Moro, Guedes e alguns outros na cadeia, e assim, tomar o País de assalto, fazendo valer a vontade do delírio esquerdopata para a maioria da população.

Bem, de qualquer forma, essa tomada de poder, da forma como descrevi, ainda não houve. Houveram outras medidas que demonstram ser de fato essa a vontade das viúvas do desmando e da roubalheira desenfreada, mas, voltando ao ponto, percebemos então, algumas medidas, que são bastante favoráveis ao povo, como por exemplo:

– A redução na carga tributária dos jogos de vídeo game. Nesta categoria, segundo a mídia canalha e criminosa, o Brasil “pode perder”, segundo essa visão, algo em torno de R$ 50 milhões por conta da proposta de Bolsonaro de cortar impostos. Naturalmente, que ninguém se preocupou em observar que isso vai aquecer o consumo;
– A redução na tarifa de importação de vários medicamentos empregados no tratamento do câncer e Aids, estendendo essa redução a também, fraldas e absorventes;
– Fechado o acordo do Mercosul com a União Europeia. Esta negociação, embora que vinha sendo tratada há várias gestões governamentais, foi na gestão de Bolsonaro que foi conseguida a assinatura do referido acordo. Isto reacende a chama do Livre Comércio e com isso acelera o crescimento econômico, da mesma forma como teremos acesso aos mercados externos que nos são extremamente importantes, também permitirá que entre em nosso país mercadorias melhores e mais baratas, o que gera o incentivo à busca de uma indústria muito mais eficiente e dessa forma mais competitiva também;
– A “Reforma da Previdência”, que podemos considerar a menina dos olhos de um novo modelo de gestão, até para que se evite a ruína total do País. Ela gera muita controvérsia, mas mesmo entre os mais céticos, está visto que é uma medida que vale a pena ser, ao menos testada;
– Também o ingresso de nossa nação junto à OCDE – Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. Com certeza, algo visto por amigos e mesmo pelos inimigos, como um grande avanço para o Brasil. É claro que a permanência de nosso País na OCDE desagrada aos aliados dos esquerdistas, porque, um direito gera uma obrigação, um dever, e se tem uma coisa que vagabundo não gosta é de cumprir com suas obrigações. A OCDE já reúne 36 países com as maiores economias do mundo, naturalmente que fazer parte desse grupo nos obriga a seguir as regras ditadas a todos que queiram submeter-se a isso para fazer parte desse seleto grupo, e seguir as regras da economia de mercado, tende a gerar um aumento na confiança junto aos investidores internacionais;
– Dentre os inúmeros avanços, encontramos o Ministério da InfraEstrutura que apresenta resultados formidáveis, com o avanço e a sucessão de medidas que fizeram com que Tarcísio Gomes de Freitas, passasse a ser visto como um ministro de resultados, uma vez que, apresenta um trabalho magnífico e inconteste em sua pasta, mesmo sendo um integrante da “ala militar”, com seu perfil discreto ele se destaca, e com sua agenda intensa, passa a ser um dos mais elogiados, não somente pelos seus colegas, como pelo povo em geral nas redes sociais. Sob seu comando já foram efetivadas as concessões de 12 aeroportos, um trecho da Ferrovia Norte-sul, que deve começar a operar imediatamente, e também de 4 terminais portuários;
– E ainda que se aponte o Bolsonaro como o exemplo de um “Não Articulista”, foi com esse mesmo perfil que ele conseguiu, apesar de todos os atritos com o Congresso, o dinheiro necessário para sair do sufoco, ao menos no primeiro momento. Foi com esse jeito brucutú de ser que ele conseguiu ver aprovado o crédito extra emergencial de R$ 248,9 bilhões. Esse valor era necessário para a continuidade de pagamento de programas como o Bolsa Família e mesmo o Benefício da Prestação Continuada BPC, além de outros;
– No final de abril foi assinada a Medida Provisória da Liberdade Econômica, através da qual se pretende diminuir a burocracia entre o estado, empresários e mesmo pequenos e micro-empresários. Esta passa a ser vista como uma das medidas de maior sucesso imediato;
– Dentre as várias medidas que a curto, médio e longo prazo favorecem o Brasil, está justamente a medida de reestruturação do governo, através da qual Bolsonaro diminuiu o número de ministérios. Essa foi a primeira determinação oficial adotada pela postura Bolsonaro de governar. Em seguida entraram em campo “os amiguinhos dos amiguinhos de meu pai” e tentaram impedir que Bolsonaro reduzisse o número de ministérios. Mas ao que consta, ele manteve o direito de dispor a estrutura governamental como lhe fosse mais interessante. Trata-se a priori de uma vitória parcial, porém, não dele, mas de toda a sociedade. Naturalmente que para se conseguir alguma coisa na conjuntura da estrutura atual de governo, algumas retaliações viriam, e dessa forma, o COAF – Conselho de Controle de Atividades Financeiras, que, pelo novo desenho passaria para o Ministério da Justiça, viu-se realocado para o Ministério da Economia, e a demarcação de terras indígenas volta para o Ministério da Justiça e para a FUNAI – Fundação Nacional do Índio. Pode-se dizer que: “vão-se os anéis, porém, ficam os dedos!”;
– E controvérsias à parte, mas Bolsonaro continua com suas medidas que favorecem à população, e naturalmente desagradam a muitos que vêm sendo favorecidos com diversas medidas, como por exemplo a dos Radares nas estradas. Bolsonaro achou por bem cancelar a instalação de 8 mil radares em rodovias federais, isso, óbvio que impede a continuidade da tão propalada “indústria da multa”. Uma indústria poderosa que já encontrou colo em uma medida judicial, que suspende a medida proposta por Bolsonaro;
– Apesar de polêmicas, vimos algumas medidas que merecem destaque, como por exemplo: o aumento do número de pontos necessários para a suspensão da CNH – Carteira Nacional de Habilitação, de 20 para 40 pontos, bem como o fim da multa para quem carrega crianças sem a devida cadeirinha. São medidas que alteram partes do Código Brasileiro de Trânsito, e que se analisadas com a frieza necessária, se percebe muita sensatez por parte do governo;
– Afora isso, temos algumas atitudes tomadas por Bolsonaro, como extremamente polêmica, porém, que se mostra muito interessante e relevante, como a divulgação daquele vídeo “pornô” gravado no carnaval, o obsceno e famoso “golden shower”. Com esse vídeo, percebemos que a mesma esquerda que apoia esse tipo de atitude, não apoia a divulgação da referida atitude, o que contraria a ideia de que, aquilo que você não pode gritar do alto do telhado que você faz, então, não o faça;
– Temos ainda um às na manga, que é justamente o “Pacote Anti-Crime” do ministro Sérgio Moro, que já está a balançar as estruturas jurídicas deste País, e que, justamente por esse motivo, tem sido mantido na geladeira, pelos congressistas de modo quase geral;
– E também a medida do Decreto da Posse de Armas, que foi revogada pelo Congresso, mesmo assim, tenho certeza absoluta que ainda teremos a vitória, também, neste tema;

Mas voltando a falar da medida de diminuição dos impostos, desde o início do mês de agosto de 2019, que a busca por alguns tipos de fraldas descartáveis, absorventes higiênicos e medicamentos para o tratamento da AIDS e do câncer, no mercado exterior, ficou bem mais barato, porque as alíquotas, antes, na casa dos 18%, foram reduzidas, indo de zero, a 2%.

Trata-se de uma lista que contém 17 itens e que passaram a ter uma alíquota rebaixada, dada a grande necessidade desses produtos.

Óbvio que essa medida foi tomada, visando atender uma demanda da área de saúde e visando também alcançar um novo direcionamento, no sentido de abrir o mercado brasileiro para os produtos importados. Nunca em hipótese alguma isso ficaria restrito a este ou àquele produto, vê-se que isso forçou a que também fosse revista a tributação de diversos insumos industriais, além de partes, peças e equipamentos para a construção e operação de centros de dados, ou como são vulgarmente conhecidos os data centers.

Claro que havendo a diminuição no custo de produção, haverá a contrapartida do preço para os consumidores, e não se vê a necessidade de ser muito esperto para perceber tal fato, apesar de que o próprio Ministério da Economia, alerta para esse fator que essas medidas trarão.

A projeção de redução de gastos com tarifas de importação gira em torno de R$ 150 milhões por ano.

Bem, claro que esta é uma lista, digamos humilde de tudo o que já temos visto como realizado em nosso País, a favor do povo brasileiro. Mas tenho por certo que podemos ampliar esta lista e teríamos assunto para pelo menos umas dez lives, sem chance de esgotar os pontos favoráveis desse grande governo que ora se apresenta.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 180819 – Burburinho: Vitórias, Derrotas e Retardamentos – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.