Brasil, Ontem, Hoje, e os sinais da mudança

Em 04/09/1999, o jornal “O Estado de São Paulo” publicou uma reportagem feita com Jair Messias Bolsonaro. Naquela época, alguém que não tinha muita representatividade, a não ser pelo fato de ser um capitão do Exército na reserva, ocupando uma vaga na Câmara dos Deputados.
Essa reportagem, produzida por Dida Sampaio, foi intitulada: “É uma esperança para a AL”

O que pensa o deputado e capitão do Exército na reserva Jair Bolsonaro (PPB-RJ)

Estado: O que representa Chávez?

Bolsonaro: É uma esperança para a América Latina e gostaria muito que esta filosofia chegasse ao Brasil. Acho ele ímpar. Pretendo ir à Venezuela e tentar conhecê-lo. Quero passar uma semana por lá e ver se consigo uma audiência.

Estado: A qual figura histórica ele remete?

Bolsonaro: Ao Marechal Castelo Branco (primeiro presidente do Brasil no regime militar, entre 1964 e 1967).

Estado: Porque ele é admirável?

Bolsonaro: Acho que ele vai fazer o que os militares fizeram no Brasil em 1964, com muito mais força. Só espero que a oposição não descambe para a guerrilha, como fez aqui.

Estado: O que acha dos comunistas apoiarem Chávez?

Bolsonaro: Ele não é anti-comunista e eu também não sou. Na verdade, não tem nada mais próximo do comunismo do que o meio militar. Nem sei quem é comunista hoje em dia.

Segundo consta Jair Messias Bolsonaro passou para a reserva, por ter sido eleito vereador pelo estado do Rio de Janeiro em 1988.
Teria corrido um processo contra Bolsonaro por atos de indisciplina, que foram arquivados por falta de provas físicas, fazendo com que o STM (Superior Tribunal Militar) decidisse de forma favorável ao acusado.

Bem, afora a história tupiniquim, temos o fato de que em Maracaibo capital do estado de Zulia na Venezuela, uma subestação de energia elétrica explodiu, causando problemas seriíssimos. Dessa forma houve a descontinuidade dos serviços na fronteira com a Colômbia.
Parece haver algo curioso no acontecido, uma vez que o mesmo tenha sucedido em horário de pouca demanda pelo serviço elétrico, e não constar feridos ou vítimas ante o fato ocorrido.
Não deveria haver dúvidas, quanto ao ocorrido, tal fato subentende-se ter sido acidente, porém, em função de uma autoridade venezuelana canalha e sem vergonha como a autoridade de Maduro, bem sabemos que se pode esperar tudo e muito mais de tal homem.

Além desse cretino e a ameaça que ele representa ao mundo, e neste momento, especialmente ao Brasil, ainda temos que aturar os bandidos tupiniquins de mesmo nível e naipe.
Aqui o Zé Dirceu, aquele que teve a cara de viver com uma mulher com outra identidade e que no dia da anistia, no dia que ele viu na televisão que estavam anistiados todos os envolvidos em crimes políticos no País, então ele saiu de sua casa, no interior do Paraná, e não voltou mais.
Uma ocasião, sua mulher estava vendo a televisão e então viu, aquele que tinha sido seu marido, pai de seu filho, agora com um nome que ela não imaginava fosse dele, e só então ela soube quem verdadeiramente havia sido aquele a quem ela sustentara durante aqueles anos, até na cachaça.
Pois muito bem, esse canalha ousa ir à mídia, que por um servilismo absurdo lhe dá voz, e dessa forma, ameaça a Nação Brasileira, nossas Leis, nossa Ordem Constitucional e tudo isso, nas barbas dos guardiões da Constituição, o STF, que a tudo vê, e ouve no servilismo ainda maior que o da mídia que entrevistou este merda.
De acordo com a Folha de São Paulo, esse indivíduo disse que, caso o PT volte ao Planalto, será organizado e patrocinado um movimento de pressão popular sobre o Congresso, bem como, sobre o Judiciário, com o objetivo de implementar um programa de governo radical.
“Temos um programa radical e a maioria no Parlamento precisa ser combinada com uma grande pressão popular”.
“Que não nos critiquem por pressão popular, por cercar o Congresso Nacional com manifestações, porque foi isso que fizeram conosco no governo de Dilma.”
Entre outras sandices, essas foram algumas de suas falas publicadas na Folha UOL do dia 29 de agosto de 2018.
Não preciso dizer, que o STF já deveria ter enclausurado esse monte de estrume e ter jogado a chave fora, até porque, a segurança de nossa nação, está sim, sendo afrontada por esse ser ignóbil e mal cheiroso.

Porém, nem tudo são notícias ruins, algumas são excelentes, por extrapolarem a tudo o que esperamos. Como Deus a nos dizer: Confiem, pois estou com vocês, e não sucumbirão, porque tenho muito povo nessa cidade: Em virtude disso, o Ministério da Defesa – Decreto de 10/07/2018
O Presidente da República, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso XXI, da Constituição, tendo em vista o dispositivo nos art. 12 e art. 29 do Regulamento da Ordem do Mérito Naval, aprovado pelo Decreto nº 3.400, de 03 de abril de 2000, e na qualidade de Grão-Mestre da Ordem do Mérito Naval, resolve ADMITIR, no Quadro Suplementar da Ordem do Mérito Naval, no grau de Grande-Oficial, o General ROBERT BLAKE NELLER, Comandante do Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos da América. Brasília, 10 de julho de 2018; 197º da Independência e 130º da República. Michel Temer e Joaquim Silva e Luna são os que assinam o presente decreto.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 310818 – Brasil, Ontem, Hoje, e os sinais da mudança – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.