Assalto na sede da CUT – Fortaleza-CE

Invadir a propriedade dos outros é possível, mas sofrer a invasão, é uma coisa que eles não admitem. Até parece que eles pensam quase igual ao restante do povo na sociedade.
É claro que depois que a sede da CUT em Fortaleza no Ceará, foi invadida e sofreu esse assalto e que os “companheiros”, agora estão se sentindo vítimas, e ficaram em estado de choque, parece até que eles são gente também. Até que isso houvesse acontecido, os bandidos é que eram as vítimas, mas neste caso, parece estar havendo uma inversão de valores.
É interessante, depois que eles foram assaltados, passaram a ver-se como vítimas. Só que não dá para entender.
A bem da verdade, segundo a própria esquerda, da qual a CUT faz parte, as vítimas são os marginais. Mas neste momento, parece que os assaltados se transformam em vítimas.
Será que eu estou entendendo bem, ou será que estou sendo eu que não estou conseguindo identificar os marginais adequadamente.
E além disso, não dá para entender, porque um bandido possa querer fazer algum mal a uma entidade que só lhes quer bem.
E também, a CUT, não oferece risco algum aos bandidos, pois, CUT (Central Única de Trabalhadores), que todos sabem, só leva o nome de trabalhadores, é como o Partido dos Trabalhadores, também só leva o nome, porque é composto apenas por vagabundos.
Será que os bandidos resolveram fazer essa caterva provar um pouco de seu próprio veneno?

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 310718 – Assalto na sede da CUT – Fortaleza-CE – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.