As grandes verdades vêm da boca de pessoas simples

Porque você tem mais uma boca para sustentar
não sou a favor do latifundiário, não sou a favor disso não
mas sou a favor da agricultura familiar, disso eu sou a favor.
Não sou nenhum militante de MST e nem de nenhum grupo que esteja querendo a reforma agrária.
Eu não sou a favor da reforma agrária. Eu sou a favor do direito e o espaço de você conquistar com teu trabalho os teus bens.
Não de o governo te fornecer os teus bens, porque o governo não tem nada para dar. Quem dá é eu e é você. É o meu imposto, é o teu imposto.
A cada dia que passa, o governo ao invés de saciar a necessidade do povo, ele prefere ficar fazendo projeto social. Projeto social, não é para dar, não é para ajudar, é para escravizar. É para você não ter o direito de ter o seu pão, e sim de pedir o teu pão. Não te dá autonomia.
Se você pegar e levar um prato de comida para alguém, você não dá autonomia.
Se alguém chega na tua casa e te pede uma roupa usada, te pede um calçado, te pede uma comida e você dá, você não ajudou. Quer ajudar essa pessoa?
Caça um serviço para ele fazer mesmo que não tenha.
Tua calçada está limpa?
Fala: ó lava a minha calçada aí que eu te dou!
Ele vai aprender que é o trabalho dele que dá as coisas para ele. Isso é ajudar! Isso é auto-ajuda!
Dar não é ajudar! Não é! Nunca dê nada não! A vida não é de dar, a vida é de troca!

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.