Artigos

Os deveres da Magistratura; ou, porque são Supremos?

“Deus está na congregação dos poderosos; julga no meio dos deuses. Até quando julgareis injustamente, e aceitareis as pessoas dos ímpios? (Selá.) Fazei justiça ao pobre e ao órfão; justificai o aflito e o necessitado. Livrai o pobre e o necessitado; tirai-os das mãos dos ímpios.
Eles não conhecem, nem entendem; andam em trevas; todos os fundamentos da terra vacilam. Eu disse: Vós sois deuses, e todos vós filhos do Altíssimo.
Todavia morrereis como homens, e caireis como qualquer dos príncipes. Levanta-te, ó Deus, julga a terra, pois tu possuis todas as nações.” (Sl 82:1-8)

Texto embasado no Salmo 82 e com a explicação dos Estudos de Matthew Henry.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 200618 – Os deveres da Magistratura; ou, porque são Supremos? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

Sabe gente

Tanta coisa para a gente saber
tanta coisa que existe entre o céu e a terra, que existe em nossas mentes em nossos corações… Tanta coisa, tanta coisa…
Mas a maravilha de tudo está em viver. Viver, viver adequadamente, viver bem, viver tão somente. Olhar para os lados e entender que muitas vezes vamos desagradar. Independentemente do que queiramos, vamos desagradar.
As pessoas costumam colocar muito mais sobre os teus ombros, do que você pode transportar. E essas mesmas pessoas, costumam esperar de você, muito mais, do que elas mesmas seriam capazes de corresponder.
Mas elas se colocam sobre tudo, como se elas fossem apenas e tão somente como se elas fossem os principais. Como se a tua vontade, não tivesse interesse algum.
Como se você fosse sempre o menos perspicaz, o menos correto, o menos capaz de acertar.
Só elas podem acertar, só elas são puras, só elas são doces, só elas são meigas, só elas são, são, são…
Sabe gente, eu sou como você e você é como eu, não temos diferenças entre um e outro, nós somos, tão somente… Não existe algo que possa nos diferenciar…
Ainda que eu possa às vezes, utilizar-me de uma roupa mais bonita, e um corte de cabelo diferente, ou andar em locais diferentes, não altera, não altera, somos seres humanos. Quando enfim chegar a nossa hora, nós vamos servir de alimento aos vermes.
Não vai fazer diferença se eu fui isto ou aquilo, rei ou amigo do rei, príncipe ou irmão do príncipe, não faz diferença. Se eu andei no melhor carro, ou, na pior charrete, que diferença faz? Se varreu o chão com a mão, ou com uma vassoura, que diferença faz? Já dizia o pensador: “Vaidade de vaidades e tudo é vaidade!”
“Porque há tempo de sonhar, há tempo de deixar de sonhar; há tempo de sorrir, há tempo de deixar de sorrir; há tempo de amar, há tempo de deixar de amar; há tempo de abraçar e há tempo de deixar de abraçar!” É, há um tempo para todas as coisas sob o céu…
E isso, é maravilhoso; e isso, é grandioso. E isso, é exatamente o que faz a vida. Somos meros passeadores, ou estamos a passeio por esta vida.
Claro, vamos tentar fazer um belo passeio, vamos tentar usufruir de cada momento. Vamos tentar respeitar o sol, a lua, as estrelas, o amor, a paz, a harmonia… Porque, o que será amanhã?
Ninguém sabe!
Será que viveremos?
Não sabemos, e não temos porque saber… No entanto, temos que saber, que nós somos sim, Filhos do Deus Altíssimo. E como filhos do Deus Altíssimo e portanto servos, do mesmo, nós temos que estar aos Seus pés. Porque o melhor do mundo para se estar é aos pés do Senhor.
Não tenho que estar em um palácio, não tenho que estar dentro de um banco cheio de dinheiro. Não tenho que estar entre os reis e majestades e donos do poder.
Não, Deus me quer como sou, se por acaso eu estiver ao lado de reis, majestades e donos do poder, é porque Ele ali, me quis colocar.
Mas isso, não fará a menor diferença, para que nós possamos estar, simplesmente, onde devemos estar, aos pés do Senhor.
Pense nisso… Que Deus te abençoe, proteja, guarde, liberte e restaure em nome de Jesus, o Cristo de Nazaré, amém e amém!

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 290518 – Sabe gente – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

Nepotismo apenas e nada mais

Nepotismo apenas e nada mais, não fora isso e brincando teríamos uma economia de algumas centenas de milhões de reais. Mas, qual o quê, economizar para quê, se não sai do meu bolso, não é mesmo senhores dos Tribunais de Contas das diversas instâncias superiores.
Aliás, que tribunais de contas, se os mesmos também, em sua maioria servem para alojar outros inúmeros cabides de agasalhamento de nepotistas e apaniguados.

André Gomes Ferreira de Lima, filho do desembargador Agenor Ferreira de Lima Filho, salário bruto R$ 12.571,00;
Cecília Figueiredo Wanderley Câmara, cunhada do governador Paulo Câmara, salário bruto R$ 14.348,00;
Danielle da Costa Raposo, nora do desembargador Leopoldo Raposo, salário bruto r$ 16.295,00;
Eduardo Porto Carreiro Neves, filho do desembargador Frederico Neves, salário bruto R$ 15.307,00;
Evalúcia Góes Uchôa, neta do presidente da Assembléia Guilherme Uchôa, salário bruto R$ 14.348,00;
Júlio Queiroz Mesquita, enteado do desembargador aposentado Silvio Beltrão, salário bruto R$ 12.571,00;
Marcella Barros de Oliveira Lima Albuquerque, mulher do desembargador Waldemir Tavares de Albuquerque Filho, salário bruto R$ 10.337,00;
Maria Ismênia Leite Padilha, mulher do desembargador Leopoldo Raposo, salário bruto R$ 14.348,00;
Natália Azevedo Paes Barreto Morais, filha do desembargador do TJ Ricardo de Oliveira Paes Barreto, salário bruto R$ 12.571,00;
Zalmara Rodrigues de Oliveira, cunhada do desembargador Ricardo de Oliveira Paes Barreto, salário bruto R$ 14.348,00;

Nesta brincadeirinha apenas R$ 137.044,00

Mas eu estava conversando hoje com um amigo e ele falava que classes abastadas preocupavam-se em ter um ou dois, máximo três em sua prole. Como se isso representasse um crescimento intelectual, e dessa forma, os mais abastados fossem mais responsáveis, portanto, nessa responsabilidade, têm menos filhos. Já os mais pobres, camadas D, E, etc.. costumam ter oito, dez até mais filhos.
Pois bem, eu diria frente a este belíssimo quadro, ainda bem que esses canalhas costumam ter poucos filhos, imaginem se eles tivessem na mesma proporção das classes mais pobres, o quanto isso custaria aos menos favorecidos.
Sim, pois é claro que quem paga esse nepotismo todo, não são os mais ricos, pois seus vencimentos na grande maioria das vezes, são até mesmo isentos de tributação, porém, os mais pobres, que não têm como escapar à mordida do leão, é que têm que custear isso tudo.
Nesse ponto vejo ao menos, que as classes menos abastecidas e portanto mais abarrotadas por bocas a sustentar, são em muito, abusivamente mais honestas e menos pesada ao tecido social, do que essas classes mais abarrotadas de bens e poder, e graças a Deus, menos numerosas. Creio ver aí, a boa mão de Deus.
Tenho muitos filhos, e poucas posses, nenhum deles, pesando no cabide de empregos sustentados pelo erário público, seja em que esfera for.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 190618 – Nepotismo apenas e nada mais – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Falar demais sobre Deus

Muitas pessoas me pediram para ‘moderar o material sobre Jesus’. Eu vou fazer o oposto.

Uma das queixas mais comuns que ouço dos leitores é que minha escrita é muito religiosa. Empréstimo de uma frase de um e-mail que acabei de ler, eu sou culpado de “injetar a religião em tudo”. Preciso “diminuir a conversa religiosa”, de acordo com um cara no Twitter. “Por favor, esfrie com o material de Jesus”, me disse recentemente alguém. Fui informado por muitas pessoas que o artigo que escrevi na semana passada sobre os pais foi “arruinado” porque eu “trouxe Deus para ele”. Alguns dos comentadores aqui me deram o apelido “Pastor Walsh”, porque apenas os pastores falam sobre religião, Eu acho. Eu até notei, sem surpresa, que muitas das pessoas que apresentam essas queixas muitas vezes se declaram cristãs. Na América de hoje, ninguém odeia ouvir sobre o cristianismo mais do que um cristão.

Em vez de ignorar essas críticas, pensei que poderia tentar explicar por que não planejo diminuí-la. Na verdade, eu estou indo na direção oposta. A razão é muito simples: eu realmente acredito nisso. Muitas vezes eu tenho sido muito ruim em viver e agir de acordo com a minha crença – Não sou especialista quando se trata de seguir os ensinamentos e fazer todos os sacrifícios que um cristão é chamado a fazer – mas não importa minhas fraquezas pessoais (que são muitas e desanimadoras), ainda acredito nisso.

Quando a Escritura diz que estamos lutando não contra “carne e sangue”, mas “os poderes da escuridão”, eu acredito . E quando diz que o Diabo está rondando o mundo “como um leão procurando alguém para devorar”, eu também acredito nisso. E quando Apocalipse nos fala sobre a guerra entre Michael e os anjos de Deus contra Satanás e seus lacaios, eu acredito exatamente o que diz. Algumas vezes eu desejei que não acreditasse nisso. Até tive momentos terríveis na minha vida quando tentei não acreditar nisso. Mas eu ainda acredito. Eu acredito nisso pelo simples fato de que é verdade, não importa como eu sinta sobre essa verdade. Simplesmente é . Isso é tudo.

Estamos em uma batalha espiritual. Nenhum tópico realmente importa além dessa verdade espiritual mais profunda. Os argumentos políticos são apenas significativos na medida em que são manifestações da guerra espiritual subjacente. Todo debate significativo reflete, de alguma forma, a eterna batalha entre o bem e o mal. Ignorar o eterno e concentrar-se inteiramente no temporal não parece apenas desonesto, mas também maçante e chato. Estamos no meio de uma guerra entre os poderes do Céu e os exércitos do Inferno, e essas pessoas querem apenas falar sobre política? Isso é como se os alienígenas invadiram a Terra no mesmo dia que um novo Star Wars foi lançado, mas ninguém prestou atenção aos alienígenas porque eles estavam mais interessados em assistir ao filme.

No que diz respeito a “trazer Deus para tudo”, não é preciso para mim fazê-lo. Não posso trazer Deus ou tirá-lo. Ele já está em tudo, exceto o pecado. E nessas sombrias, fendas perversas de existência, onde Ele não está presente, outra pessoa está lá. Não podemos ir a nenhum lado, não podemos recuar para nenhum canto, não podemos debater qualquer tópico que seja verdadeiramente “nosso”. Nada existe apenas no plano temporal. Como CS Lewis colocou: “Não há chão neutro no universo. Cada polegada quadrada, cada divisão de segundo é reivindicada por Deus, e contra-reclamada por Satanás “.

Então, de uma maneira ou de outra, o que quer que façamos, qualquer assunto que discutamos, qualquer argumento que possamos, estamos nos alinhando com Ele ou ele. Isso parece um fato relevante, e provavelmente deve ser mencionado o mais rápido possível. Há uma montanha inteira sob a superfície desta ilha. Sem a montanha, seria apenas um pouco de areia flutuando no oceano, facilmente varrida e esquecida. É assim que um ateu vê a existência humana. Como cristãos, sabemos a verdade.

Falando em ateus, eu entendo que eles vão rir quando ouvirem esse tipo de conversa sobre Deus, guerra espiritual, anjos, demônios, e assim por diante. Eles realmente não têm escolha senão reagir dessa maneira. Se Deus não é verdadeiro, então Ele é ridículo. Para tratá-lo como algo menos do que ridículo é admitir que Ele pode ser verdade. O desprezo de um ateu não me incomoda e nunca incomodou. O desdém é o seu único mecanismo defensivo. Eu não os culpo. Eu tenho pena deles. Eu oro por eles. Eles são miseráveis e obstinadamente se agarram à sua miséria.

O problema é que muitos cristãos tentam apostar em uma posição similar. Mas essa posição não está disponível para nós. Eles querem admitir que toda essa coisa espiritual é verdadeira, mas depois relegá-la ao fundo. Eles querem dizer que acreditam em Deus, mas não há nenhuma razão para que Deus “venha”. Eles querem reconhecer o eterno com uma onda desdenhosa e depois voltar ao negócio de ignorá-lo.

Como eu disse no início, eu entendo essa inclinação. Sinto a inclinação. Pode ser assustador pensar nessas coisas. Especialmente se vivemos profundamente no pecado. Na verdade, mesmo os virtuosos não podem deixar de tremer de medo quando se contemplam em pé diante do Trono Celestial. Mas o fato permanece. E é um fato extremamente importante. É o fato sobre o qual todos os outros factos são construídos. É o fato ao qual todo fato leva de volta. É a árvore que detém todos os ramos.

Há um lado inteiro da existência – o lado mais real, mais sólido – que não podemos ver, embora os seres desse lado possam nos ver. Eles não só nos vêem, mas atuam sobre nós. Eles nos atacam, nos ajudam, nos machucam ou nos curam. Cada momento de cada dia há legiões de demônios e legiões de anjos que lutam por você, pessoalmente. Você está no meio de um grande campo de batalha, e você é o prêmio pelo qual os dois lados estão lutando. Na verdade, você é o campo de batalha, em certo sentido. Eles estão fazendo essa guerra dentro de sua alma.

E quando você morrer, que pode ser, literalmente, a qualquer momento – e certamente, no grande esquema, será em breve – você vai se juntar aos anjos no céu ou ser consumido pelos demônios na escuridão do eterno esquecimento. Devemos acreditar nisso se somos cristãos. E se acreditarmos, como não poderia dominar nossos pensamentos e nossas conversas?

Mas, sim, podemos “reduzir as coisas de Jesus” se quisermos. E se continuarmos tentando “abafá-lo” em nossas vidas, pode vir um momento em que realmente conseguimos. Podemos entrar em um lugar onde Jesus está em silêncio para sempre, e ninguém fala Seu nome. Finalmente teremos conseguido o que queríamos lá. E eu acho, agora que é muito tarde, perceberemos que não queremos mais isso.

Então, não me pergunte por que escrevo sobre Deus. Pergunte-me por que escrevo sobre outra coisa além dele.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 130318 – Falar demais sobre Deus – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

O Último Julgamento

Senta aqui neste banco
Pertinho de Mim, vamos conversar
Será que você tem coragem
De olhar nos meus olhos e Me encarar?
Agora chegou sua hora
Chegou sua vez, você vai pagar
Eu sou a própria verdade, chegou o momento
Eu vou te julgar

Pedi pra você não matar nem para roubar
Roubou e matou
Pedi pra você agasalhar a quem tem frio
Você não agasalhou
Pedi para não levantar falso testemunho
Você levantou
A vida de muitos coitados você destruiu
Você arrasou

Meu Pai lhe deu inteligência para salvar vidas
Você não salvou
Em vez de curar os enfermos
Armas nucleares você fabricou
Usando sua capacidade
Você destruiu, você se condenou
A sua ganância foi tanta
Que a você mesmo você exterminou

O avião que você inventou
Foi para levar a paz e a esperança
Não pra matar seus irmãos
Nem para jogar bombas nas minhas crianças
Foi você quem causou essa guerra
Destruiu a terra de seus ancestrais
Você é chamado de homem
Mas é o pior dos animais

Agora que está acabado pra sempre
Vou ver se você é culpado ou inocente
Você é um monstro covarde e profano
É um grão de areia em frente ao oceano
Seu ouro falou alto, você tudo comprou
Pisou nos Mandamentos que a Lei Santa ensinou
A Mim você não compra com o dinheiro seu
Eu sou Jesus Cristo, o filho de Deus

(Composição: Leo Canhoto – gravada por muitos, como: Milionário e José Rico, Mara Lima, entre outros…)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 130318 – O Último Julgamento – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

Crianças gritando, prenúncio de nova era e novas descobertas

Claro, o futuro de toda a nação, mas jogada de forma a que não venha a incomodar os poderosos que só querem o sangue da população e dessa forma não pensam em absoluto nesse futuro que não chegará.
O futuro que não pode chegar, o dia que não pode amanhecer, pois em amanhecendo, algumas pessoas de valor poderão surgir, e se surgirem, é claro que incomodarão.
De qualquer forma, é por esse amanhã que eu clamo e que oro, porque sei o quanto Deus coloca suas bênçãos sobre as crianças.

“Jesus, porém, disse: Deixai os meninos, e não os estorveis de vir a mim; porque dos tais é o reino dos céus.” (Mt 19:14)

Clamemos a que Deus nos abençoe, proteja e guarde e nos permita a qualquer custo, sair deste buraco em que nos estão metendo e que nossos filhos e netos, possam vir a brilhar como o sol que nasce apesar de todas as coisas.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 190618 – Crianças gritando, prenúncio de nova era e novas descobertas – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

Sinto vergonha de mim

Sinto vergonha de mim
por ter sido educador de parte deste povo,
por ter batalhado sempre pela justiça,
por compactuar com a honestidade,
por primar pela verdade
e por ver este povo já chamado varonil
enveredar pelo caminho da desonra.
Sinto vergonha de mim
por ter feito parte de uma era
que lutou pela democracia,
pela liberdade de ser
e ter que entregar aos meus filhos,
simples e abominavelmente,
a derrota das virtudes pelos vícios,
a ausência da sensatez
no julgamento da verdade,
a negligência com a família,
célula-Mater da sociedade,
a demasiada preocupação
com o ‘eu’ feliz a qualquer custo,
buscando a tal ‘felicidade’
em caminhos eivados de desrespeito
para com o seu próximo.

Tenho vergonha de mim
pela passividade em ouvir,
sem despejar meu verbo,
a tantas desculpas ditadas
pelo orgulho e vaidade,
a tanta falta de humildade
para reconhecer um erro cometido,
a tantos ‘floreios’ para justificar
actos criminosos,
a tanta relutância
em esquecer a antiga posição
de sempre ‘contestar’,
voltar atrás
e mudar o futuro.
Tenho vergonha de mim
pois faço parte de um povo que não reconheço,
enveredando por caminhos
que não quero percorrer…
Tenho vergonha da minha impotência,
da minha falta de garra,
das minhas desilusões
e do meu cansaço.
Não tenho para onde ir
pois amo este meu chão,
vibro ao ouvir o meu Hino
e jamais usei a minha Bandeira
para enxugar o meu suor
ou enrolar o meu corpo
na pecaminosa manifestação de nacionalidade.
Ao lado da vergonha de mim,
tenho tanta pena de ti,
povo brasileiro! – (texto de Cleide Canton)

‘De tanto ver triunfar as nulidades,
de tanto ver prosperar a desonra,
de tanto ver crescer a injustiça,
de tanto ver agigantarem-se os poderes
nas mãos dos maus,
o homem chega a desanimar da virtude,
A rir-se da honra,
a ter vergonha de ser honesto’. – (Trecho de um discurso proferido por Rui Barbosa em 1914, no Senado Federal)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 010618 – Sinto vergonha de mim – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

PTralhas são perigosos soltos

Em Jandira, região metropolitana da grande São Paulo, um indivíduo, subiu em um poste no dia 12/04/2018 e dizia que se o apedeuta não fosse solto, iria se matar.
Após aproximadas 3 horas de negociação, o rapaz, que parece chamar-se Manoel dos Santos Gomes, 42 anos, despencou de uma altura de mais ou menos 8 metros e foi levado em estado grave para o hospital.
Isso deixa evidente a situação em que o País encontra-se refém de situações esdrúxulas, que em um país sério, ocasionaria em uma interdição do indivíduo, com a possibilidade de internação em um hospital psiquiátrico.
Infelizmente o povo que está no governo em nosso país não tem estatura para cuidar da população e dos anseios dessa população.
Infelizmente quer ele tenha tentado esse ato desesperado de fato pelo apedeuta, ou por qualquer outro motivo que lhe tenha tirado a sanidade mental, o certo é que o nosso País e nosso povo, em todas as instâncias, não estão preparadas para ações desse tipo.
Enquanto alguns estão seriamente envolvidos na negociação, percebe-se muitos em volta brincando, até mesmo com a possibilidade do rapaz chegar às vias de fato.
Brasil, um País sem Lei, um País onde o amor deu lugar à desconfiança, à falta de responsabilidade de uns para com a vida dos outros, como se a vida de qualquer um interessasse tão pouco, quanto um papel higiênico sujo.
Enrique Ricardo Lewandowski reclama porque quer sessão secreta para julgamento da suspensão da pena do apedeuta, sessão que deverá ocorrer no dia 26/06/2018.
A TV Justiça foi criada e esta seria a primeira vez em que ocorreria uma sessão plenária em segredo no STF.
Claro, os meretríssimos SUPREMOS, não aguentam mais o povo reclamando de suas decisões que estão sempre na contra-mão dos interesses coletivos, e por esse motivo, preferem que esta sessão não seja televisionada.
O povo é tratado como criança, como se incapaz de avaliar as situações provocadas pelo STF (Supremo Tribunal da Falcatrua) no seu dia-a-dia. Interessante notar, que esses seres incapazes de avaliar o que os SINISTROS fazem, continuam capazes de manter em dia os vencimentos de cada um dos membros da mais alta corte do Pais.
E isso, não se vê apenas em situações como esta, até porque situações como esta não são lá muito corriqueiras. Acontecem, porém, em situações das mais diversas possíveis, porém, mesmo assim, vemos outras tantas situações em que o amor é apagado pela inveja, pelo ciúme, pela falta de carinho, enfim, pela falta total de Deus em nossas vidas, onde Cristo, já por sua vez não encontra lugar mais em nossos corações, pois a única coisa que temos a ofertar é a nossa indisposição para com Deus e para com suas leis e preceitos.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 190618 – PTralhas são perigosos soltos – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Que é vergonhoso? visita íntima de Dilma a Lula, ou a farra com o dinheiro público

Oito vezes do valor correto, foi o orçado para a compra de um porta aviões em 2014. Esta é apenas mais uma das inúmeras sem vergonhices em que se vê envolvida a nossa Marinha.
A farra já é antiga, em 2012, o TCU já cancelou uma ‘farra de compras’ dos fuzileiros – 17 de ago de 2012 –
e novamente em 2015 – 474 ítens em uma pequena e básica comprinha para uma base naval.
Uma base naval, alguém imaginaria a mesma sem bebidas alcoólicas, abastecendo a adega da mesma?
É claro que não, afinal de contas, se o contribuinte ao dirigir-se ao supermercado pode adquirir bebidas alcoólicas para seu consumo diário, porque os bravos soldados que agora estão lutando bravamente para salvar a nação das garras dos comunistas, não poderiam gastar algumas centenas de milhares de reais, nessas benesses, que lhes serviria mesmo para atendimento a eventos.
Lazagna a R$ 18,00 a porção que atende uma pessoa. Leve-se em conta, que essa mesma porção em supermercados locais chega a custar R$ 9,00, ou seja a metade do valor do pregão eletrônico. Simplesmente, repito, a metade do preço.
A base de fuzileiros navais de São joão do Meriti, no Rio de Janeiro, disponibilizou para esta ida ao supermercado, a importância de R$ 162 milhões de reais, e precisamos lembrar que não é uma compra abrangente, senão uma compra para abastecimento com produtos, que em linhas gerais e na mesa de muitos brasileiros (que diga-se de passagem pagam esta compra) considerariam por supérfluos, coisas que a maioria dos brasileiros, não vêm em vida, e naturalmente, não o veriam mortos.
90 toneladas de lazagna congelada, empadão de frango, cerveja, cachaça, vodka, licor e como não poderia deixar de ser, (repito, aos bravos e valentes soldados que estão dando suas vidas pela destruição do comunismo em nosso País) wisky 12 anos. Sim, o 12 anos. 64 mil latinhas de cerveja, além de vinho conhaque e vodka
imaginemos que R$ 390.000,00 desse pregão é para o abastecimento de algo similar a uma adega, afinal de contas, não me consta que bebidas alcoólicas estejam em outro setor que não seja a adega.
30 toneladas de azeitona, e 900 kilos de um queijo sofisticadíssimo, pela módica cifra de R$ 31.000,00.
170 litros de whisky 12 anos ao irrisório preço de R$ 262,00 o litro, sendo que nos supermercados da região do Rio de Janeiro, o mais caro whisky 12 anos não passa de R$ 189,00 o litro.
Pelo visto uma parte de nossas Forças Armadas está alcoolizada, e não entende o ridículo que está fazendo, principalmente quando em nota comunica à imprensa que irá “Buscar dados com outras organizações militares a fim de dar uma resposta a esse caso”, que diga-se de passagem é vergonhoso para toda a entidade que se diz chamar “Forças Armadas”.
Sabemos que a movimentação de nossas Forças Armadas no sentido de garantia da Lei e da Ordem, cumpre apenas o que está sendo determinado pelo governo. Devemos nós, os cidadãos que pagam impostos lembrar, que o governo ora em atividade no Brasil é delinquente, e se algum militar ousar me olhar nos olhos e cobrar do povo os delinquentes que ocupam os altos postos, eu responderia em alto e bom som, que os militares, (não importa de que arma seja), sabe melhor quem é quem na ordem do dia, e se algum povo analfabeto elegeu algum delinquente, cabe às nossas Forças Armadas, o cumprimento da lei e da ordem, para a normalidade da nação, tirando o delinquente do poder. Porque nossas Forças Armadas não são, cegas, surdas, ou mudas, e muito ao contrário disso, sabem exatamente onde circulam as pessoas de bem.
Se no entanto não temos um serviço militar à altura de coibir delinquentes nos altos postos, então, para que nos servem esses mesmos militares? Para nos dizerem que nós os cidadãos comuns, que não temos sequer como decidir sobre os rumos de nossas próprias vidas, teríamos que saber votar? Mas que importa o saber votar, se o sistema de votação é viciado, fraudulento e está a serviço da delinquência?
Não é por acaso, da competência do braço forte e mão amiga o fiscalizar e o fazer com que os líderes mafiosos estejam fora do jogo? Quem pode deter a máfia? Se somos nós os cidadãos, então está declarada a ruina da nação.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 020618 – Que é vergonhoso? visita íntima de Dilma a Lula, ou a farra com o dinheiro público – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

O trabalho pastoral, sua vida, seus familiares e amigos

O trabalho pastoral é sempre visto como um mundo mágico, onde as coisas sucedem maravilhosamente bem, e ai de você, que algo desande, pois isso poderá parecer que já não tem mais a bênção de Deus sobre tua vida e assim, quem foi que disse, que você poderá continuar querendo liderar a caminhada para alguém?
Pois bem, tudo pode acontecer de bom à vida de pastores, e líderes religiosos. Po´rem, nunca, em hipótese alguma poderá ser prevista a condição de que um pastor ou líder religioso tenha problemas familiares por exemplo.
Se tiver problemas financeiros, pior ainda, se por ventura o líder religioso termina por ficar devendo, que trate de pagar suas dívidas com a urgência que seja necessária, porque o contrário disso, poderá levá-lo a ser comparado aos piores dos ateus, que além de serem considerados, infiéis, são vistos também como se fossem pessoas capazes de faltar com seus compromissos.
Pois bem, apresento aqui, o homem, que pode ser ímpio ou não, é de carne e osso, e portanto acertar ou errar, conforme se lhe apresenta a vida.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 180618 – O trabalho pastoral, sua vida, seus familiares e amigos – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

Senhor meliante, permite-me a honra de ser acompanhado por vossa senhoria?

Rosa Weber, Toffoli, Gilmar Mendes, Lewandovski, Marco Aurélio e Celso de Mello.
Seis meliantes muito bem pagos pelo suor e pelo sangue do povo brasileiro, que estão ajudando a sangrar.
Claro, não se pode sangrar bandidos de fato, porque estes últimos são os “coitadinhos da sociedade”, mas o povo?
E quem foi que disse que povo, tem vez, voz ou mesmo que sirva para alguma coisa, a não ser para bucha de canhão?
Pois bem, desta vez o STF (Supremo Tribunal da Falcatrua), deliberou e achou por bem proibir a condução coercitiva.
Será que o povo brasileiro, dirá um dia que isso que hoje aconteceu no Brasil, trata-se de um retrocesso?
Afinal de contas, note-se que isso, a condução coercitiva, é uma modalidade adotada na Alemanha, EUA, Portugal, Inglaterra e França.
Bem, devemos supor que nossos juízes não somente produzem as melhores pérolas que possam ser produzidas, na jurisprudência; pois dizem que: “de bunda de criança e de cabeça de juiz, se pode esperar tudo!”
Creio que vocês já estão imaginando o cheiro dessa novidade no ar. E creio não ser necessário dizer que sinto cheiro de LACTO PURGA GILMAR MENDES no ar. Afinal de contas, o mais leigo brasileiro já sabe: “se tem cheiro de merda no ar, é porque o Gilmar Mendes, soltou mais um!”
Mas, para nossos militares, que já cantam, quase em uníssono e que eu teimo em não aceitar: “As Instituições no Brasil estão funcionando em perfeita harmonia!”
Resta uma pergunta: “Será que nós cidadãos brasileiros, e os generais e militares das Forças Armadas, falamos do mesmo Brasil?” Sobraram: Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Luiz Fux, e Roberto Barroso.
Isto não quer dizer que estes sejam melhores que aqueles, até porque, se fossem assim tão bons ministros, zelosos de seus trabalhos, não aceitariam tal afronta ao povo brasileiro de forma tão pacata.
6 X 4 é o placar da vergonha a nível nacional. Creio que esse é o placar que abre efetivamente a Copa do Mundo, pois no País da piada pronta, só mesmo um grande placar contra a ética e a moralidade é que poderiam dizer ao mundo: “bem vindos ao País da pouca vergonha, da falta de caráter e onde os poderosos têm menos caráter que os verdadeiros bandidos.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 150618 – Senhor meliante, permite-me a honra de ser acompanhado por vossa senhoria? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

A resposta às tuas orações

“E pôs-se Salomão diante do altar do Senhor, na presença de toda a congregação de Israel; e estendeu as suas mãos para os céus,
E disse: Ó Senhor Deus de Israel, não há Deus como tu, em cima nos céus nem em baixo na terra; que guardas a aliança e a beneficência a teus servos que andam com todo o seu coração diante de ti.
Que guardaste a teu servo Davi, meu pai, o que lhe disseras; porque com a tua boca o disseste, e com a tua mão o cumpriste, como neste dia se vê.
Agora, pois, ó Senhor Deus de Israel, guarda a teu servo Davi, meu pai, o que lhe falaste, dizendo: Não te faltará sucessor diante de mim, que se assente no trono de Israel; somente que teus filhos guardem o seu caminho, para andarem diante de mim como tu andaste diante de mim.
Agora também, ó Deus de Israel, cumpra-se a tua palavra que disseste a teu servo Davi, meu pai.
Mas, na verdade, habitaria Deus na terra? Eis que os céus, e até o céu dos céus, não te poderiam conter, quanto menos esta casa que eu tenho edificado.
Volve-te, pois, para a oração de teu servo, e para a sua súplica, ó Senhor meu Deus, para ouvires o clamor e a oração que o teu servo hoje faz diante de ti.
Para que os teus olhos noite e dia estejam abertos sobre esta casa, sobre este lugar, do qual disseste: O meu nome estará ali; para ouvires a oração que o teu servo fizer neste lugar.
Ouve, pois, a súplica do teu servo, e do teu povo Israel, quando orarem neste lugar; também ouve tu no lugar da tua habitação nos céus; ouve também, e perdoa.
Quando alguém pecar contra o seu próximo, e puserem sobre ele juramento de maldição, fazendo-o jurar, e vier juramento de maldição diante do teu altar nesta casa,
Ouve tu, então, nos céus e age e julga a teus servos, condenando ao injusto, fazendo recair o seu proceder sobre a sua cabeça, e justificando ao justo, rendendo-lhe segundo a sua justiça.
Quando o teu povo Israel for ferido diante do inimigo, por ter pecado contra ti, e se converterem a ti, e confessarem o teu nome, e orarem e suplicarem a ti nesta casa, Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado do teu povo Israel, e torna-o a levar à terra que tens dado a seus pais.
Quando os céus se fechar, e não houver chuva, por terem pecado contra ti, e orarem neste lugar, e confessarem o teu nome, e se converterem dos seus pecados, havendo-os tu afligido,
Ouve tu então nos céus, e perdoa o pecado de teus servos e do teu povo Israel, ensinando-lhes o bom caminho em que andem, e dá chuva na tua terra que deste ao teu povo em herança.
Quando houver fome na terra, quando houver peste, quando houver queima de searas, ferrugem, gafanhotos ou pulgão, quando o seu inimigo o cercar na terra das suas portas, ou houver alguma praga ou doença,
Toda a oração, toda a súplica, que qualquer homem de todo o teu povo Israel fizer, conhecendo cada um a chaga do seu coração, e estendendo as suas mãos para esta casa,
Ouve tu então nos céus, assento da tua habitação, e perdoa, e age, e dá a cada um conforme a todos os seus caminhos, e segundo vires o seu coração, porque só tu conheces o coração de todos os filhos dos homens. Para que te temam todos os dias que viverem na terra que deste a nossos pais.
E também ouve ao estrangeiro, que não for do teu povo Israel, quando vier de terras remotas, por amor do teu nome
(Porque ouvirão do teu grande nome, e da tua forte mão, e do teu braço estendido), e vier orar voltado para esta casa,
Ouve tu nos céus, assento da tua habitação, e faze conforme a tudo o que o estrangeiro a ti clamar, a fim de que todos os povos da terra conheçam o teu nome, para te temerem como o teu povo Israel, e para saberem que o teu nome é invocado sobre esta casa que tenho edificado.
Quando o teu povo sair à guerra contra o seu inimigo, pelo caminho por que os enviares, e orarem ao Senhor, para o lado desta cidade, que tu elegeste, e desta casa, que edifiquei ao teu nome, Ouve, então, nos céus a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça.
Quando pecarem contra ti (pois não há homem que não peque), e tu te indignares contra eles, e os entregares às mãos do inimigo, de modo que os levem em cativeiro para a terra inimiga, quer longe ou perto esteja,
E na terra aonde forem levados em cativeiro caírem em si, e se converterem, e na terra do seu cativeiro te suplicarem, dizendo: Pecamos, e perversamente procedemos, e cometemos iniqüidade,
E se converterem a ti com todo o seu coração e com toda a sua alma, na terra de seus inimigos que os levarem em cativeiro, e orarem a ti para o lado da sua terra que deste a seus pais, para esta cidade que elegeste, e para esta casa que edifiquei ao teu nome;
Ouve então nos céus, assento da tua habitação, a sua oração e a sua súplica, e faze-lhes justiça.
E perdoa ao teu povo que houver pecado contra ti, todas as transgressões que houverem cometido contra ti; e dá-lhes misericórdia perante aqueles que os têm cativos, para que deles tenham compaixão.
Porque são o teu povo e a tua herança que tiraste da terra do Egito, do meio do forno de ferro.
Para que teus olhos estejam abertos à súplica do teu servo e à súplica do teu povo Israel, a fim de os ouvires em tudo quanto clamarem a ti.
Pois tu para tua herança os elegeste de todos os povos da terra, como tens falado pelo ministério de Moisés, teu servo, quando tiraste a nossos pais do Egito, Senhor DEUS.” (1 Rs 8:22-53)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 150618 – A resposta às tuas orações – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#TestemunhadeJesusCristo

O Espectro comunista assombra as américas

A Venezuela foi o primeiro país sul-americano a conquistar sua independência da Espanha, em 1813, pelas mãos de Simon Bolívar. Em 1922, descobriu-se a primeira grande jazida de petróleo, na cidade de Zulia. Em seis anos, aquele país já era o segundo maior produtor de petróleo do mundo, atrás apenas dos EUA. Durante a segunda grande guerra, foi o maior fornecedor de óleo bruto aos americanos. Em 1945, produzia mais petróleo que todos os países do Oriente Médio juntos. Em 1950, apresentava o quarto maior PIB per capita do planeta. A Venezuela era duas vezes mais rica que o Chile, quatro vezes mais rica que o Japão e doze vezes mais que a China. Em 1960, junto com Arábia Saudita, Irã, Iraque e Kuwait, fundou a OPEP. Em 1990, os venezuelanos eram, na média, um povo rico. Contudo, pequenos bolsões de miséria ainda persistiam, como de resto em todos os países da América Latina. Foi aí que, em 1998, surgia um “Salvador da Pátria” que iria acabar com a pobreza do povo: Hugo Chávez.
A partir de 1999 e durante os próximos dez anos, os aumentos do preço mundial do petróleo fizeram de Hugo Chávez um homem muito poderoso e multibilionário, que chegou a influenciar diretamente vários países latino-americanos e até mesmo outros continentes, com suas doações de óleo em troca de “serviços” – apoio a sua revolução bolivariana. A PDVSA, estatal do petróleo venezuelana, foi precisamente o instrumento de que Chávez se utilizou para a construção do “seu mundo”. Como uma “vaca leiteira”, a empresa foi usada com propósitos político-ideológicos, mas também para o luxo e a riqueza do núcleo duro do chavismo. Em 1999, Chavez e Fidel Castro assinaram um acordo, pelo qual a Venezuela remeteria 53 mil barris de petróleo diários para Cuba, em troca do envio de 12 mil “médicos” cubanos para a Venezuela. Essas remessas de petróleo chegaram a 100 mil barris diários, mais que o consumo de toda a ilha caribenha, sendo que Fidel vendia o excedente para outros países (atualmente há cerca de 60 mil cubanos na Venezuela, controlando desde a segurança do presidente Maduro, até as forças armadas e de inteligência). Chávez entregou aos cubanos toda a emissão de passaportes e demais documentos de identificação. Além disso, deixou de investir dinheiro no seu país, para comprar bilhões de dólares em títulos da dívida de países amigos, como Cuba, Argentina, Bolívia e Equador. O ditador venezuelano, no seu delírio proto-comunista, estatizou todos os setores da agricultura, que foram relegados ao abandono, assim como fábricas de alimentos, supermercados, redes de rádio e TV. A maioria fechou. O resultado disso foi que, em menos de uma década de chavismo, a proporção de alimentos produzidos na Venezuela caiu mais de 60%. A partir de 2008, a importação de itens básicos, como remédios e alimentos, foi terceirizada para empresas estatais cubanas, como Alimport, Cuba Control e Surimport, que cobram altas taxas de intermediação. Mais uma forma de financiar a ditadura cubana. No final de 2013, os preços do petróleo começaram a cair, levando a Venezuela a atrasar seus compromissos internacionais. A partir de 2014, com a posse de Maduro em função da morte de Chávez, a destruição daquele país se acelerou. A inflação chegou a 700%, e o índice de desabastecimento chega a ser superior a 80%. Em 2017, a inflação chegou a 2.616%, a maior do planeta. Entre 2015 e 2016, 74% da população perdeu 8 quilos ou mais, em função da fome. No final de 2016, 93,3% dos venezuelanos não tinham como cobrir as despesas com alimentação para garantir uma dieta mínima de 2000 calorias. As pessoas passaram a abandonar seus animais de estimação nas ruas, porque não tinham mais como lhes comprar ração. Esses animais passaram a ser caçados e abatidos para servirem de alimento à população faminta. Nem os animais dos zoológicos foram poupados, bem como os famosos pombos que habitavam as centenas de praças chamadas Simon Bolívar em todo o país. Em 2017, a Venezuela teve de aumentar drasticamente sua importação de petróleo, devido ao sucateamento da PDVSA, cuja direção havia sido entregue aos “cumpanheros” dos sindicatos. Adivinhem qual é o maior fornecedor de óleo à Venezuela? Sim, o “grande satã” norte-americano. Segundo Ricardo Haussman, da Universidade de Harvard, a tragédia venezuelana eclipsa qualquer outra da história dos Estados Unidos, Europa Ocidental e do resto da América Latina. Isso sem contar que a Venezuela se tornou um narco-estado, sendo a maior exportadora da cocaína das FARC e da Bolívia para os cartéis de drogas mexicanos e do norte da África. Chávez (enquanto vivo), Maduro, Cabello e toda a cúpula militar venezuelana esteve ou está envolvida com o narcotráfico. Em 2015, dois sobrinhos de Maduro foram presos no Haiti por agentes da DEA americana quando tentavam vender 800 kg de cocaína. Essa é uma breve história de como um psicopata criminoso e seus asseclas conseguiram em menos de 20 anos arruinar um dos países mais promissores da América Latina, com sua utopia socialista. – (P.S. livro “HUGO CHÁVEZ, O ESPECTRO”, do jornalista brasileiro Leonardo Coutinho)

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 150618 – O Espectro comunista assombra as américas – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

O quê, ou a quem teme Gilmar Mendes?

Está aí uma pergunta que eu adoraria ter a resposta, vinda dos próprios lábios do canalha mor de nossa nação.
Imaginem o próprio Gilmar Mendes, um dos “SUPREMOS”, respondendo à nação com suas próprias palavras à pergunta da live; O quê, ou a quem teme Gilmar Mendes?

Gilmar Mendes, segundo a Revista Época, foi às compras na Avenida Paulista em São Paulo, no dia 15 de junho de 2018, acompanhado e cercado por seguranças, ou seja, devidamente escoltado.

Será que temeria o indigesto, ao pobre e faminto povo brasileiro, que já está quase igual a um índio canibal?
Não, não creio nisso não, pois ainda não vimos nenhum dos membros da sociedade civil organizada, comendo algum ser humano por aí.
A não ser é claro, alguns daqueles afeminados que gostam de praticar alguns atos que se aproximam desse tipo de festinha, mas, o restante do povo brasileiro, não está agindo dessa forma não.
Além disso, o povo brasileiro, tem mais com que se preocupar, do que com seus próprios hábitos alimentares.
O povo brasileiro hoje, está preocupado, com o aumento da criminalidade, com o desgoverno em que se encontra a nossa nação. Hei… Espera aí, será que é com isso que está se preocupando o “SUPREMO”?
Sabe, que pensando bem, todo mundo tem ramela, só a bailarina é que não tem, como diz a música do Chico Buarque. Então, pode ser que esteja por aí o medo desse canalha.
Senhor Sinistro do STF (Supremo Tribunal das Falcatruas), até onde me ocorre, nosso povo é pacato, honesto, boa praça, fácil de lidar, gentil, e até mesmo, caloroso por demais. Estando sua Meretríssima pessoa, andando de acordo com os padrões morais e éticos que nosso povo exige, que até nem é lá muito elevado, não vejo porque teria medo, sua excelência.
Tenho notado Sinistro, que o povo não gosta muito de laxantes, o que não vem ao seu caso, afinal de contas, suas atitudes, soam em conformidade com os princípios jurídicos e que tudo está conforme as atitudes que podem ser cobradas de membros da mais alta corte do País. Ou não é assim Sinistro? O Senhor está com algum débito para com a sociedade?
Olha Sinistro, nesse caso, e somente nesse, caso o Senhor esteja com algum débito, sugiro que faça a tão tradicional, de muitos, saída pela direita. Afinal de contas, parece-me que o povo, quando percebe que tem LACTO PURGA pelo caminho, costuma vomitar de nojo, e isso, de fato não é nada agradável.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 160618 – O quê, ou a quem teme Gilmar Mendes? – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Se a solução é a morte, então que aconteça

Exatamente hoje 15/06/2018, Eurico Alves de OLiveira e alguns outros patriotas trancaram a SC entre Braço do Norte e São Ludgero em Santa Catarina. Como sempre os caminhoneiros participando do futuro da nação.
Onde quer que encontremos um caminhoneiro, ali encontramos um homem que luta por uma causa muito maior, que às vezes, nem ele mesmo imagina o tamanho e a consequência de toda essa luta. Seja ela transportando o progresso, até mesmo através dos produtos de primeira necessidade, ou mesmo dos produtos totalmente supérfluos, ali está o bravo caminhoneiro sempre. E em um país, onde foi sucateada toda a malha ferroviária.
Observe minha gente que um comboio de trens, muitas vezes, pode equivaler a 200 caminhões ao mesmo tempo. Mas essa canalhada comunista, a começar pelo famigerado Fernando Henrique Cardoso, seus antecessores e seus sucessores, que sucatearam tudo da forma mais desavergonhada possível. Existe uma pergunta muito básica que jamais calará em meu coração:
Se eu, trabalhasse em uma empresa, e fizesse essa empresa em um estado tão lastimável de sucateamento, quem seria penalizado judicialmente por tal ato?
Creio, que a resposta é evidente, e é por isso que eu não consigo deixar de responsabilizar a todos os que estiveram ou estejam envolvidos em postos do governo, porque dessa forma, todos passam a ser responsáveis por toda essa sem-vergonhice que assolou o país de norte a sul e de leste a oeste.
Não adianta nada um exército de trabalhadores como os caminhoneiros e como muitos outros profissionais, que diariamente lutam empenhados no crescimento desta nação, quando temos alguns indivíduos que querem somente locupletar-se à custa do dinheiro público.
E o pior disso tudo, é o povo nada poder fazer, porque, primeiro, temos urnas fraudadas, e ainda que essas urnas não existissem, não existe mecanismo nas nossas instituições, a fim de manter os bandidos afastados do poder. Intervenção Militar já, a solução é a morte dos membros dessa imensa quadrilha.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 150618 – Se a solução é a morte, então que aconteça – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE