Acuse-os do que você é

Como a Esquerda Revolucionou a Sociedade, eis a pergunta que nunca quer calar. Naturalmente que é uma pergunta que não queremos nunca responder, principalmente porque ela desnuda a nossa total conivência com o avanço da esquerda e com a vitória do comunismo.
É claro que o existiram meios e mecanismos, na água, na comida, e nos próprios veículos de comunicação que serviram de veículos, com o fim de manter a população como escravos e como aceitadora da lavagem que é derramada sobre as inúmeras gamelas que servirão para que o povo se alimente.

“O comunismo se estabelece onde começa o ateísmo” – (Lenin)

Primeiramente a quebra dos valores éticos e morais, com o fim de destruir a figura daquilo que nos norteia e que na grande maioria das vezes, nos serve como amparo a nossos desequilíbrios emocionais. Ou seja, a destruição de toda fé, porque por ela, conseguimos nos levantar; mas sem a fé, o que seremos? Apenas sacos de batatas vazios, que não se sustém em pé.

“Todo culto a uma divindade é uma necrofilia” – (Lenin)

E claro, um interesse absurdo na neutralização e troca da fé por um punhado de qualquer coisa que não seja a fé em algo sobre humano. Porque o homem, quando amparado pela fé, ele consegue o sustento que nada neste mundo lhe pode dar. É claro e notório que a fé oriunda de bases tão fortes quanto as da Bíblia Sagrada, portanto, ancoradas no cristianismo, conseguirão literalmente mover montanhas, e reconstruir o homem, como a fênix das cinzas.

“O primeiro requisito da felicidade dos povos é a abolição da religião” – (Karl Marx)

Por esse motivo a aniquilação total da religião como um todo, porque os pensadores observaram que dentro do homem, na semente da fé, encontra-se o resíduo necessário para a promoção de qualquer mudança que se faça necessária para a destruição de todos os males.

“A religião é o ópio do povo” – (Karl Marx)

Dizia o animal político, Marx, acerca da religião. Demonstrando o ódio que os nutre contra tudo o que se assemelha ao entregar-se a Deus. Seja como louvor, adoração, ou qualquer outra forma de adoração que não seja um culto ao homem, ao poder e ao dinheiro.

“Na verdade, se o próprio Cristo estivesse no meu caminho eu, como Nietzsche, não hesitaria em esmagá-lo como um verme.” – (Che Guevara)

E é claro que esse parasita teria dito, algumas coisas deste tio, o que não o faria melhor ou pior se não houvera dito, afinal de contas, que se esperar de um homem que teria por hábito anotar o número de mortos por ele causados?

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 220718 – Acuse-os do que você é – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.