A fronteira entre o bem e o mal, entre o certo e o duvidoso

Após tentativa de assalto a um comerciante em Roraima, mais especificamente em Paracaíma, o povo brasileiro revoltado, resolveu investir contra os venezuelanos.
Em alguns pontos, vê-se brasileiros queimando pneus e pertences dos venezuelanos.
O que parece ter acontecido é que algum imigrante venezuelano tentou assaltar um comerciante local e isso desencadeou uma perseguição aos venezuelanos em geral, uma vez que o povo não está nem um pouco satisfeito com muito do que vem acontecendo.
O comerciante que está internado com traumatismo craniano, após ter sido agredido por quatro venezuelanos, e ter perdido 23 mil reais em dinheiro e celulares roubados, chama-se Raimundo Nonato. Apesar de já ter seu quadro estável, Raimundo continua internado.

Aproveitando o ensejo e os nossos asnos de plantão, é bom que olhemos para todos os lados e percebamos o quanto estamos enterrados na lama. O quadro venezuelanos X brasileiros, não é e nem pode nunca vir a ser enxergado como obra do acaso, senão como uma semente plantada pela esquerdopatia que quer minar todos os conceitos do homem ocidental. A base é sempre a mesma, a eterna luta do nós contra eles.
Precisam que seja mantida a xenofobia, a ganância, a homofobia, o machismo, o homossexualismo, o lesbianismo, a pedofilia como arma para detonar o futuro, porque a criança é, quase como a última fronteira entre o ontem e o amanhã, além da total entrega do homem para os vícios de maneira geral, bem como o total desregramento no trato e no convívio social.
Negros contra brancos, pobres contra ricos, brasileiros contra venezuelanos, petistas contra peessedebistas, homem contra mulher, jovem contra velho, enfim… Se existem diferenças, pois bem, então temos que criar uma maneira de que não haja entendimento de forma alguma.

A fronteira da sanidade é a única que o homem que já se perdeu, não pode voltar a ultrapassar.
Porque se ele porventura pisar em solo são, ele poderá ver a idiotice em que se encontra, não somente ele, como esses pseudo-líderes que são levantados a todo momento.

Além disso nos vemos sempre às voltas com os “slavadores da pátria” constantemente criados, com o fim único de ludibriar sempre e cada vez mais o homem que busca consolo no tolerante encontro, entre a sua própria força e alguém que possa ser legitimamente colocado no local que poderá exercer o que o povo necessita para que a sociedade finalmente encontre a paz. E nesse meio vemos essa claque esquerdóide e mentecapta que se multiplica. Todos se acham deveras os portadores dos dons necessários para a transformação.
E infelizmente, todos eles estão, ou iludidos, ou na iminência de iludir ao povo que, por conta de não ter a força necessária para a mudança, acredita no emblema que lhe é apresentado.
Aqui vemos uma novidade, até então desconhecida. Sinceramente nem fui buscar a fundo a veracidade do fato, mas encontramos agora no meio virtual algo interessante de análise.
por exemplo, o principal homem que será levado para brilhar em cargo ministerial é Paulo Guedes, um dos fundadores do Banco Pactual. Este Banco Pactual, justamente já foi o responsável pela gerência de uma carteira de negócios de George Soros no Brasil.
Qualquer analfabeto sabe, que não se daria uma determinada importância em dinheiro para ser gerenciada por alguém que seja inimigo, ou ao menos potencialmente inimigo de seus interesses. Assim que eu jamais deixaria um inimigo meu cuidando nem mesmo do galinheiro de minha casa, quanto mais de minhas finanças, ou como aqui descrito, nem mesmo, de parte de minhas finanças, caso eu fosse um potencial investidor como George Soros.

Além disso, parece que o Instituto Millenium, é facilmente encontrado no cadastro do Diretório Global de Think Tanks, que é uma das iniciativas da Open Society Foundations.
Esta Fundação de Sociedades Abertas, reúne perto de 3000 “think tanks” pelo mundo.

Algumas destas informações estão disponíveis no próprio site do Instituto Millenium ponto org

George Soros está desde 1979 empenhado, através dessa Open Society Foundations, a construir uma grande rede, através da qual ele possa atingir os objetivos de sua mente psicopata e fortemente voltada à sociedade pensada pelos grupos que ele representa.

(ap. Ely Silmar Vidal – Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente do CIEP – Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (Oi)
(41) 99820-9599 (Tim)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 180818 – A fronteira entre o bem e o mal, entre o certo e o duvidoso – (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém, ajude-nos: (ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

http://www.portaldaradio.com

#COJAE

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos! Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos. CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR. DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.