A canalhice contra nossas crianças

Letícia Aguiar
Lí em um e-mail que recebi: “siga sempre em frente, se não der, enfrente!
Isto nos resume qual deve ser a nossa atitude, frente os ataques que nossos conceitos éticos e morais vêm sofrendo da esquerdalha que resolveu que quer mudar os conceitos de nossa nação; fazendo-nos engolir seus lixos conceituais, derivados de conhecimentos empíricos, sem qualquer responsabilidade social, civil, ou mesmo comercial.
Fica claro, que eles buscam atingir o cerne, ou seja, atingir a criança, porque é a mesma que pode, ao ser mudada, aceitar ou rechaçar todo o lixo que lhe é arremessado em salas de aula, ou mesmo no dia a dia, pela TV, rádio, jornal, etc…
E pelo fato de eles quererem, de forma covarde, querer atingir, justamente uma das partes mais fragilizadas de nossa sociedade, é que devemos nos impor e fazer valer o direito básico da criança, que é: “crescer, livre de imposições, vivendo seu momento lúdico, vivendo o momento que vai lhe dar o crescimento psicológico e emocional necessários para um perfeito entendimento do que será na fase adulta; sem queimar etapas. Deixando a criança ser criança, mas com as responsabilidades que lhe sejam cabidas. Aprender a aprender, trabalhar se necessário, e resolver seus conflitos em ambientes próprios e propícios a cada caso que lhe surjam, sem atropelos, e sem malícia com segundas e terceiras intenções…
Seja responsável enquanto adulto e não permita que esquerdopatas tirem de seus filhos, netos e do futuro do seu País, a condição de crescerem como seres humanos responsáveis e conhecedores de seus direitos e deveres, livres da imposição de uma agenda irresponsável que quer transformá-las, em seres andróginos, dependentes e alheios, verdadeiros zumbis, a serviço de um movimento que se quer dominador.
Que Deus abençoe a cada um de nós nessa tarefa, para que vejamos o que não se vê, ouçamos o que não se ouve e tenhamos a coragem e a ousadia de falar o que os outros não falarão… (ely silmar vidal – teólogo, jornalista e psicanalista) http://youtu.be/Ifc_sPPobhM

Comentários

Autor: Ely Vidal

Olá, eu sou Psicanalista, Jornalista, Teólogo e pai de 7 filhos maravilhosos!

Presido o Instituto IESS (Instituto de Educação e Serviço Social) que, dentre outras atividades, provê atendimentos psicanalíticos, suporte jurídico por meio da arbitragem e mediação de conflitos.

CIP (Psicanalista) sob nº 0001-12-PF-BR.
DRT (Jornalista) sob n° 0009597/PR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *