Para quê aprender a andar se tem cadeira de rodas?

“O prof. Pierluigi Piazzi, recém-falecido, lutou como um leão contra o socioconstrutivismo, que destruiu a inteligência das crianças brasileiras. Que Deus pague a dívida que o país nunca lhe pagou.” ~ Olavo de Caravalho

Pier faleceu ontem, mas deixou um legado eterno para aqueles que estudam a verdadeira educação, e não o ensino marxista.

Deliciosa explicação sobre o porque não devemos permitir o desmonte do ensino, promovido pelos admiradores de Marx, Engels e mesmo Gramsci, uma vez que, pelos métodos tradicionais, econtramos luminares, e pelos métodos ora propostos, não encontramos nada que não seja o lixo. Eu não tenho sequer coragem de chamar lixo cultural, uma vez que cultura, dos formados pela pedagogia de Paulo Freire etc… não encontramos nada que preste… Vemos sim, estar sendo “criada uma geração de deficientes mentais”… (ely silmar vidal) https://youtu.be/tWAMyOJ1KCQ

Cara Presidente Dilma,

Senta aqui, querida.
Vamos trocar uma ideia.
Olha, eu entendi que você se sentiu ultrajada com o fato de ter sido flagrada conversando com Lula sobre o estratagema para protegê-lo.
Entendo mesmo.
Mesmo depois de o Janot dizer que o grampo não era em você e sim no Lula; mesmo depois de explicarem que se você não quer ser gravada, deve evitar ligar para investigados, entendo seu ultraje.
Mas, ontem, quando vociferava sobre o ocorrido, você disse:
“…grampeia o Presidente dos Estados Unidos para você ver o que acontece…”
Então.
Aqui você se complicou.
Sério.
É que talvez você não saiba, porque naquela época deveria estar ocupada com outras atividades mais…hmmm…”explosivas”, mas os Estados Unidos já tiveram um Presidente grampeado: Richard Nixon.
Entre 1972 e 1974, Nixon comeu o pão que o diabo amassou numa sequência de episódios (muitos envolvendo escutas telefônicas) que revelaram suas evidentes práticas de abuso de poder.
Pegou?
Abuso de poder.
Nada absurdo como nomear um Ministro para protegê-lo da Justiça, porque aí seria demais.
Mas a imprensa marrom e golpista da época provou que ele havia usado o FBI e a CIA para conseguir informações privilegiadas sobre os Democratas. (Falar nisso, é sério que você mandou a ABIN monitorar o Moro?)
O fato é que no caso do Nixon, foi aberto um processo de impeachment e ele acabou renunciando.
Renuncia…Impeachment…
Ring a bell? Hein? Hein?
Enfim.
Então, Presidente, era isso. Me desculpe a pretensão de vir aqui dar conselhos, mas como notei que suas falas nos últimos dias estão mais raivosas, achei que valeria a pena um toque.
Um beijo…e não me liga. – (Claudio Marcio Ferreira – imagem da internet)

Meu caro Chico,

me perdoe, por favor, se a minha admiração não é mais irrestrita. Hoje você apoia quem manda roubar, roubou e tem roubado, não tem discussão. Não se importa em ver a Pátria Mãe, tão distraída ser subtraída em tenebrosas transações.
O que será que lhe dá, pra defender quem não tem decência, nem nunca terá, quem não tem vergonha, nem nunca terá, quem não tem limite?
Cantei cada uma das suas canções como se fosse a última. Li cada livro seu como se fosse o único. E, olhos nos olhos, dói ver o que você faz ao defender quem corrompe, engana e mente demais.
Não é por estar na sua presença, mas você vai mal. Vai mal demais. Eu te vejo sumir por aí, arruinando a biografia – que se arrasta no chão, cúmplice de malandro com aparato de malandro oficial, malandro investigado na Polícia Federal.
É, Chico, você tá diferente, já não te conheço mais. Quem te viu, quem te vê.
Trocando em miúdos, pode guardar as sobras de tudo que não conseguirem roubar. Apesar de você – e do PT – amanhã há de ser outro dia. – (Eduardo Affonso – Foto do ano de 1961, referente à prisão de Chico por roubar um carro. Sua primeira aparição na imprensa, não foi na seção cultural, como imaginava, mas nas páginas policiais do jornal Última Hora de São Paulo. Chico e um amigo “puxaram”, roubaram, um carro.)

O Amor é um bem maior

Linda canção do álbum “Divino Companheiro” de Tony. Apenas violão e voz.
A unção transcende e percebe-se na letra, no toque harmônico do violão em consonância com a voz, num dueto perfeito, inspirado sem dúvida, pelo Divino Espírito. (ely silmar vidal)

O amor é um bem maior
Riquezas de valor para o coração
O amor é eficaz e alegria traz
Grande emoção
O amor é um bem maior
É algo a encontrar
É jóia de valor que a vida faz mudar
O amor é inspiração
Na vida é uma canção

O amor inspira a fé
Seu poder faz até o sol brilhar
E em noites sem luar
Se o amor eu cultivar luz haverá
Num mundo de amor só há inspiração
De ter essa certeza, esse bem maior
O amor é inspiração,
Na vida é uma canção, o amor

É DEUS o amor sem par
Que a todos pode dar feliz viver
Foi DEUS quem fez JESUS
Levar a minha cruz até morrer
Foi esse amor quem fez
A sepultura abrir e o meu Salvador
Em glórias ressurgir
O amor é inspiração
Na vida é uma canção, o amor
https://youtu.be/DmmmZ3jlSGo

Essa mulher assim como todo PTralha só sabe o que lhe interessa

Marta Suplicy tem amnésia e esquece que João Santana foi marqueteiro de sua campanha
A ex de Eduardo Suplicy teve um acesso de amnésia seletiva nas redes sociais. “Acompanhamos a nova operação da Lava Jato, que acaba de prender João Santana, marqueteiro de Dilma e Lula. Que tudo seja apurado”, escreveu.
“Na verdade João Santana teve sua prisão decretada, mas se encontra no exterior. PF faz busca e apreensão. Que a verdade surja.”
Marta continua tratando os eleitores como idiotas. Santana esteve à frente de sua campanha à prefeitura em 2008, quando houve o golpe baixo em Kassab com a peça que perguntava: “É casado? Tem filhos?”
-diariodocentrodomundo.com.br/essencial/marta-suplicy-tem-amnesia-e-esquece-que-joao-santana-foi-marqueteiro-de-sua-campanha/

O aPedeuTa em rota de fuga?

LULA pode ter deixado o Brasil nesta madrugada ao saber da 23º fase da Operação Lava-Jato
O mesmo seguiu orientações de pessoas ligadas a Policia Federal.
Lula pode ter deixado o Brasil na madrugada desta segunda feira em um jato particular para lugar incerto e não sabido. A informação veio de dentro do Instituto Lula nesta manhã. O fato teria acontecido ao saber que a 23ª fase da Operação Lava-Jato poderia explodir durante a madrugada. Até o momento em que essa informação, ainda não confirmada, chegou até nós, o ex-presidente não tinha sido localizado.
O que pode ocorrer é que, após checar se existe possibilidades de prisão ou não ao ex-presidente LULA ele tomaria a decisão de voltar ao Brasil.
A fonte é do Jornalista Caio Matriz de São Paulo -pensabrasil.com/lula-pode-ter-deixando-brasil-nesta-madrugada-ao-saber-da-23o-operacao-lava-jato/

O que é golpe

Em tom incisivo a Senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) declara a que veio e deixando clara sua posição em questões cruciais para o momento político do Brasil:
que o Rito de processo de Impeachment definido pela suprema corte já o coloca sinalizado como legítimo;
e na defesa ao Dr Sérgio Moro e à Força Tarefa da Polícia Federal que operam a Lava Jato; entre outras questões.
E assim, percebemos o Rio Grande do Sul atuante e com voz firme na defesa dos preceitos constitucionais. (ely silmar vidal) https://youtu.be/fUduYE5j2ac

Lava Jato identifica planilha com repasses da Odebrecht para campanhas petistas

Documento foi encontrado em um e-mail secreto de um executivo da companhia, que teve a prisão expedida na nova fase da operação deflagrada hoje
(na foto) Polícia Federal faz buscas na empreiteira Odebrecht, em São Paulo, durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, iniciada na manhã desta segunda-feira (22), intitulada ‘Acarajé'(VEJA.com/Folhapress)
Os investigadores da força-tarefa da Operação Lava Jato identificaram uma planilha em um e-mail secreto de um executivo do Grupo Odebrecht que, segundo as apurações, detalham o repasse de dinheiro da companhia a campanhas políticas, principalmente a candidatos petistas. O documento foi uma das últimas provas levantadas antes da deflagração da 23ª fase da Operação, batizada Acarajé.
“Essa planilha contém uma espécie de registro de despesas de financimaento de campanhas eleitorais. Pelos indícios, em referência ao Partido dos Trabalhadores”, afirmou o delegado da PF Filipe Hille Pace, em coletiva de imprensa. Segundo ele, o documento, que será divulgado quando for levantado o sigilo do processo, tratava de repasses feitos entre 2008 e 2012.
O nome da planilha era “Posição italiano 31/07/2012 MO”. Segundo Pace, MO seria Marcelo Odebrecht. A PF apontou que os apelidos e siglas citados na planilha são os mesmos usados por Odebrecht em mensagens telefônicas interceptadas pela Lava Jato.
O documento teria sido elaborado por Maria Tavares, ligada à empreiteira, que foi presa hoje em Salvador, e foi encontrado em um e-mail secreto do executivo Fernando Migliaccio, que não foi detido por estar no exterior – se ele não se entregar às autoridades, um alerta vermelho será expedido contra ele na Interpol.
Com base nas informações da planilha, a PF concluiu que o apelido “Feira” se referia, de fato, ao marqueteiro das campanhas de Dilma e Lula, João Santana, em uma alusão ao município baiano de Feira de Santana. Segundo a Lava Jato, o publicitário baiano recebeu 3 milhões de dólares da Odebrecht no exterior. “Foram identificados pagamentos para ele na eleição de El Salvador e [no Brasil] em 2010”, disse Hace.
O procurador da Lava Jato Carlos Fernando Lima ressaltou que esta operação se fundamentou em uma quantidade robusta de provas. “Poucas vezes tivemos uma operação com tamanha riqueza documental”, afirmou.
(Por: Eduardo Gonçalves) -veja.abril.com.br/noticia/brasil/lava-jato-identifica-planilha-com-repasses-da-odebrecht-para-campanhas-petistas

Lula no mato e sem cachorro

Lula não poderá recorrer da decisão de Gilmar Mendes, que suspendeu sua nomeação como ministro
EXCLUSIVO: Após suspender a nomeação de Lula como ministro, o que lhe retira o foro privilegiado, e devolver a investigação contra o ex-presidente para o juiz Sério Moro, o ministro Gilmar Mendes ainda deu o último golpe de misericórdia nas pretensões do ex-presidente e do governo em recorrer de sua decisão:
O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, acaba de anunciar que ele mesmo levará sua decisão para análise do plenário da corte suprema. Com isso, a decisão do processo deverá ser julgada diretamente pelos ministros do Supremo, circunstância em que não cabe recursos.
Mais cedo, o ministro havia anunciado a decisão de suspender a nomeação de Lula para o cargo de ministro-chefe da Casa Civil. Lula chegou a tomar posse na quarta-feira, (16). Embora a nomeação do ex-presidente tenha sido alvo de dezenas de ações na justiça, a decisão de Gilmar Mendes se sobrepõe a todas as demais, por se tratar de um entendimento de um ministro do Supremo, a mesma corte que Lula afirmou estar “acovardada”.
Com a decisão do ministro, o caso ainda terá que ser julgado pelo plenário da Corte, o que deve acontecer somente depois do feriado de Páscoa. Nem o governo nem o ex-presidente Lula poderão recorrer da decisão de Gilmar Mendes até o final do trânsito do julgamento do plenário.
-manchette.com.br/2016/03/lula-nao-podera-recorrer-da-decisao-de.html

Teori Zavaski manda recado para o juiz Sérgio Moro

Caríssimo Teori, se tivesse o senhor, a metade da dignidade e da honra que tem o excelentíssimo senhor Juiz Dr. Sérgio Moro, tenho certeza que teríamos um Brasil muito melhor.
Imagine o senhor, um País que pode contar, com um homem da estatura do Ilmo Dr. Sérgio Moro; agora imagine mais, um País que pode contar com dois homens desse naipe…
Infelizmente pelo seu “balbucio”, vejo que não me enganei, quando fiquei chateado porque fora indicado ao STF, achei mesmo que seu perfil não era, como não o é, adequado.
Aliás, vejo-o na estatura do Paulo Henrique Amorim, que considero um calhorda na profissão de jornalista, imagina então, o apreço que tenho por ti…
Deixo para tua meditação uma frase famosa, que diz:
“If I have seen further it is by standing on the shoulders of Giants.” (Sir Isaac Newton)
O Doutor Sérgio Moro, tenho certeza absoluta, entende a extensão desse axioma… (ely silmar vidal)

Teori Zavaski “manda recado” para o juiz Sérgio Moro
Ministro do STF, que recebeu título de cidadão ribeirão-pretano disse que a Justiça é para ser exercida com serenidade, racionalidade e sem protagonismos. – (GUTO SILVEIRA 18 MAR 2016 16H56)
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), relator da operação Lava Jato, mandou uma espécie de “recado” ao juiz federal Sérgio Moro, que cuida da investigação da mesma operação e que na quarta-feira divulgou grampos telefônicos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com vários interlocutores, entre eles a própria presidente Dilma Rousseff (PT). As afirmações foram feitas em discurso, já que ele não deu entrevista aos jornalistas.
“É preciso que os juízes tenham serenidade. Serenidade significa dizer que ele (o juiz) não será contaminado por paixões de qualquer natureza. Porque a paixão é cega. É claro que a justiça também é cega, mas a cegueira da justiça não é a cegueira das paixões”, disse o ministro em seu discurso. Alguns manifestantes a favor do impeachment e que apoiam o juiz Sérgio Moro não gostaram muito das palavras de Zavaski.
Ele ainda falou sobre a situação do País e da ampliação de conflitos. “Numa hora como estas que estamos vivendo, com dificuldades para o País, quando as paixões se exacerbam, mais do que nunca o Judiciário tem que exercer seu papel com serenidade, racionalidade. Sem protagonismos. Porque é isso que a sociedade espera de um juiz. E só assim que o juiz se legitima. O papel de um juiz é de resolver conflitos. Não é de criar conflitos” disse.
No meio de sua frase, o ministro do STF foi aplaudido pela maioria dos presentes. Ele voltou a apontar que a serenidade é muito importante. “É preciso, sobretudo, que as decisões sejam racionais. Que as decisões sejam justificáveis racionalmente. A decisão que se justifica racionalmente, não precisa de alarde, pode ser anunciada com cordialidade”.
Título
O ministro Teori Zavaski recebeu em Ribeirão Preto o título de cidadão ribeirãopretano, aprovado pela Câmara Municipal a partir de projeto do vereador Cícero Gomes da Silva (PMDB). Ele agradeceu a homenagem e disse que é importante para um membro do Judiciário ser lembrado pelo Legislativo, já que os dois poderes trabalham numa espécie de parceria, já que um produz as leis e o outro as aplica.
“São duas instituições fundamentais, porque o Legislativo estabelece as limitações de liberdade, enquanto o Judiciário é parceiro que dá concretude às determinações do Legislativo, sendo o guardião das leis aprovadas”, comentou.
E emendou que normalmente os cidadãos cumprem as leis e que o Judiciário só intervém quando os modelos de conduta estabelecidos pelo judiciário entram em crise. “Crise do ponto de vista do ordenamento jurídico, porque há crises pessoais, políticas, econômicas, mas cabe a nós, juízes, resolver as crises do ordenamento jurídico”.
Fotos: Newton Barbosa/Câmara Municipal -revide.com.br/noticias/teori-zavaski-manda-recado-para-o-juiz-sergio-moro/

Teori Zavaski manda recado para o juiz Sérgio Moro

Caríssimo Teori, se tivesse o senhor, a metade da dignidade e da honra que tem o excelentíssimo senhor Juiz Dr. Sérgio Moro, tenho certeza que teríamos um Brasil muito melhor.
Imagine o senhor, um País que pode contar, com um homem da estatura do Ilmo Dr. Sérgio Moro; agora imagine mais, um País que pode contar com dois homens desse naipe…
Infelizmente pelo seu “balbucio”, vejo que não me enganei, quando fiquei chateado porque fora indicado ao STF, achei mesmo que seu perfil não era, como não o é, adequado.
Aliás, vejo-o na estatura do Paulo Henrique Amorim, que considero um calhorda na profissão de jornalista, imagina então, o apreço que tenho por ti…
Deixo para tua meditação uma frase famosa, que diz:
“If I have seen further it is by standing on the shoulders of Giants.” (Sir Isaac Newton)
O Doutor Sérgio Moro, tenho certeza absoluta, entende a extensão desse axioma… (ely silmar vidal)

CONIPSI – Conselho Internacional de Psicanálise

O melhor da Psicanálise está aqui, venha conosco e vamos juntos, construir um futuro promissor para a nossa profissão. O bom, sempre anda com o melhor.
Como disse Sir Isaac Newton: “Se vi mais longe foi por estar de pé sobre ombros de gigantes.” Escolha você o teu caminho e visite-nos www.conipsi.com.br

Ameaça de morte ao juiz Sérgio Moro acorda os militares

Desde que destacou-se como figura crucial às investigações da operação Lava Jato, aquela que vem ameaçando cobras e lagartos, o juiz Sérgio Moro recebe ameaças de morte do baixo-clero descontente com sua atuação que desbarata o mundo mafioso que transita pelo poder executivo brasileiro.
Ao ser alçado ao patamar de ‘herói nacional’ pelo povo e mandar buscar Lula em sua humilde residência para uma conversinha entre cavalheiros, as ameaças ao juiz triplicaram. Os delinquentes já não escondem o rosto atrás de bandeiras partidárias: gritam seu ódio em redes sociais para qualquer um acessar, certos de que a mesma impunidade que blindava os chefões ainda os blindará agora.
E o governo ainda tem o desplante de vir a público dizer que nunca na história do Brasil houve tanto combate à corrupção. Ora, ora, malandragem, dá um tempo ! Quem combate a corrupção é a Polícia Federal.
Se há corrupção no PT, por que a Polícia Federal não pode investigar ?
Se houve corrupção no governo FHC ou qualquer outro, por que não denunciaram ?
Ameaçar o juiz Sérgio Moro é o mesmo que dizer que a luta pela queda do regime militar nunca passou de golpe para tomar o poder. Aliás, alternância de poder não é uma coisa que esteja nos planos petistas, não é mesmo ? – E há tanta gente viciada em receber ‘benefícios’ que são capazes até de matar para não perderem a boquinha…e falamos aqui não de benefícios sociais, que fique claro, mas de tetas de onde jorram fartas quantias e pouca ideologia, muita falácia e pouca ação.
Para militantes da esquerda radical, o resto do mundo é fascista.
A democracia petista só conhece o ódio de suas milícias, convocadas à plenos pulmões para o ataque à sociedade civil. MST, MTST, CUT e sabe-se lá mais o que (mas podemos imaginar) parecem sempre à postos para a defesa de um sistema autoritário que não tolera a Justiça. Espelham-se em regimes que fuzilam opositores e ainda se dizem democráticos.
Sabendo das manifestações marcadas para o próximo dia 13, os cães de guarda do Lulopetismo já avisaram que vai ter confronto. Pena que se esqueceram de pedir ao Exército para deixá-los agir a vontade.
Pois é. Está sendo noticiado pelo jornalista Ricardo Noblat que os militares não vão tolerar a desordem pública e já teriam avisado aos governadores dos estados de que a paz social deve (e será) mantida a qualquer custo.
Há muito tempo os militares estão sendo convocados pela população para meterem-se em uma ‘intervenção’ contra o governo Dilma, mas, até agora, tinham-se mantido distantes da confusão.
Segundo noticiou Noblat:
“Os generais estão temerosos com a conjugação das crises política e econômica e com o que possa derivar disso. Cobram insistentemente aos seus interlocutores do meio civil para que encontrem uma saída. Não sugerem a solução A, B ou C. Respeitada a Constituição, apoiarão qualquer uma – do entendimento em torno de Dilma ao impeachment ou à realização de novas eleições. Mas pedem pressa.
Por inviável, mas também por convicções democráticas, descartam intenções golpistas. Só não querem se ver convocados a intervir em nome da Garantia da Lei e da Ordem como previsto na Constituição.”
Então, chegamos a um ponto ridículo da história onde um único partido corrompido e infestado por parasitas se acha no direito de ameaçar o povo, provocando até uma reação dos militares (a princípio, um puxão de orelhas, mas que pode evoluir para a porrada).
Não vai ter golpe ! Não vão assassinar Sérgio Moro e passarão passarinhos e cobronas porque nada é eterno, nem o deus vermelho que se achava intocável e percebeu que é mortal e igual a todos perante a Lei.
Ninguém tem medo do Lobo Mau…
(07/03/2016 – Vlamir Duarte) -www.jornalapagina.com/2016/03/ameaca-de-morte-ao-juiz-sergio-moro-acorda-os-militares/

Morre segundo membro do Conselho de Administração da Petrobrás que autorizou Pasadena

O segundo membro do Conselho de Administração da Petrobrás que autorizou a compra de Pasadena morreu ontem em São Paulo
Arthur Sendas, 73 anos, o primeiro membro do Conselho de Administração da Petrobrás que autorizou a compra de Pasadena, morreu assassinado dentro do apartamento. O assassino, Roberto Costa, um dos motoristas da família, 23 anos, disse que matou por acaso: ele estava com a arma de Sendas nas mãos e ela disparou acidentalmente, atingindo a cabeça do empresário.
Agora, o segundo dos membros do Conselho de Administração da Petrobrás que autorizou a compra da Refinaria, Roger Agnelli, 56, ex-presidente da Vale, morreu neste sábado (19) após seu avião cair e se chocar contra uma casa na zona norte de São Paulo —mais seis pessoas morreram no acidente.
O executivo, 56, presidiu a empresa entre 2001 e 2011. Ele era considerado responsável pela ascensão da Vale ao posto de uma das maiores mineradoras do mundo.
A aeronave estava cheia de combustível e explodiu ao bater na casa após decolar do Campo de Marte rumo ao Santos Dumont, no Rio.
“Os corpos achados estavam dentro da fuselagem [do avião], muito prejudicados. Talvez com trabalho de perícia se consiga identificar [as vítimas]”, disse o major Hengel Ricardo Pereira. Para se certificar que eram sete os corpos, a equipe contou o número de crânios, afirmou.
Compra de Pasadena:
Os membros do Conselho da Petrobras tem muito a contar à Lava Jato sobre as circunstâncias da compra da refinaria de Pasadena que gerou prejuízo enormes à estatal brasileira. Dilma, à época também autorizou o negócio, mas diz ter sido induzida a acreditar que a compra era bom negócio.
Eis a composição do Conselho de Administração da Petrobras , em 2006, quando foi comprada a Refinaria Pasadena:
Presidente:
Dilma Rousseff
Conselheiros:
Silas Rondeau Cavalcante,
Guido Mantega,
Roger Agnelli (falecido),
Fábio Barbosa,
Arthur Sendas, (falecido),
Gleuber Vieira,
Jorge Gerdau Johannperter,
José Sérgio Gabrielli.
-almanakedaweb.blogspot.com.br/2016/03/morre-segundo-membro-do-conselho-de.html

Sessão Plenária do STF – Supremo Tribunal Federal, pronunciamento do Ministro Celso de Mello

Os meios de comunicação revelaram, ontem, que conhecida figura política de nosso País, em diálogo telefônico com terceira pessoa, ofendeu, gravemente, a dignidade institucional do Poder Judiciário, imputando a este Tribunal a grosseira e injusta qualificação de ser “uma Suprema Corte totalmente acovardada”!
Esse insulto ao Poder Judiciário, além de absolutamente inaceitável e passível da mais veemente repulsa por parte desta Corte Suprema, traduz, no presente contexto da profunda crise moral que envolve os altos escalões da República, reação torpe e indigna, típica de mentes autocráticas e arrogantes que não conseguem esconder, até mesmo em razão do primarismo de seu gesto leviano e irresponsável, o temor pela prevalência do império da lei e o receio pela atuação firme, justa, impessoal e isenta de Juízes livres e independentes, que tanto honram a Magistratura brasileira e que não hesitarão, observados os grandes princípios consagrados pelo regime democrático e respeitada a garantia constitucional do devido processo legal, em fazer recair sobre aqueles considerados culpados, em regular processo judicial, todo o peso e toda a autoridade das leis criminais de nosso País! A República, Senhor Presidente, além de não admitir privilégios, repudia a outorga de favores especiais e rejeita a concessão de tratamentos diferenciados aos detentores do poder ou a quem quer que seja.
Por isso, Senhor Presidente, cumpre não desconhecer que o dogma da isonomia, que constitui uma das mais expressivas virtudes republicanas, a todos iguala, governantes e governados, sem qualquer distinção, indicando que ninguém, absolutamente ninguém, está acima da autoridade das leis e da Constituição de nosso País, a significar que condutas criminosas perpetradas à sombra do Poder jamais serão toleradas, e os agentes que as houverem praticado, posicionados, ou não, nas culminâncias da hierarquia governamental, serão punidos por seu Juiz natural na exata medida e na justa extensão de sua responsabilidade criminal!
Esse, Senhor Presidente e Senhores Ministros, o registro que desejava fazer. – (Ministro Celso de Mello – 17/03/2016)
-puggina.org/fique-sabendo/pronunciamento-do-ministro-celso-de-mello-na/2260