Cardozo condiciona combate ao Aedes a aprovação da CPMF

Se ninguém percebeu o ato criminoso por trás de tal condicionamento, é porque de fato, não temos mais nem nós mesmos, condição de análise do certo e do errado, do direito e do dever, dessa forma, a tutela, mais que nunca se faz necessária, imediata e urgente…
Por isso INTERVENÇÃO MILITAR!
E quanto ao animal que ousou tal concicionamnto, seja em que condições tenha sido, que se decrete sobre ele, as penalidades advindas de uma corte militar, que deverá conduzí-lo à corte marcial, pois isso é crime de lesa-patria, com agravantes… (ely silmar vidal)

Ministro da Justiça participou do Dia de Mobilização Nacional
Nós não teremos outra forma de produzir recursos para desenvolver atividades como esta (de combate ao mosquito)”, disse o ministro (Foto: José Cruz/ABr)
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, defendeu, neste sábado, 13, a aprovação no Congresso Nacional do projeto que recria a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) para fortalecer o combate ao mosquito Aedes aegypti. “Temos que ter uma conscientização de que, neste momento que o Brasil vive, a aprovação desse tributo é muito importante. Nós não teremos outra forma de produzir recursos para desenvolver atividades como esta (de combate ao mosquito)”, disse.
“Tenho certeza que o Congresso Nacional, percebendo essa relevância, tomará essa decisão favoravelmente aquilo que é mais importante”, acrescentou Cardozo. Na opinião dele, a volta do imposto do cheque é a melhor alternativa para tirar o Brasil da crise.
“Em dados momentos, em tempos de crise, nós temos que tentar soluções. A CPMF, dentro das soluções que estão colocadas, é a melhor alternativa. Ela é um imposto que não gera necessidade de recursos para arrecadação. É um imposto fácil de arrecadar. E é por um período transitório. Eu acredito, sinceramente, que ao debater que para sair da crise precisamos desse esforço coletivo, nós vamos ter um bom resultado”, afirmou Cardozo.
O ministro disse ainda não acreditar que a discussão sobre o pedido de impeachment possa travar a tramitação do projeto da CPMF. “O impeachment, todos sabem,foi desencadeado por uma situação de vingança, de retaliação do presidente da Câmara (deputado Eduardo Cunha/PMDB-RJ). Não tem o menor fundamento. Não tem a menor condição de se considerar”, comentou.
Presente ao evento em Fortaleza, o líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), também defendeu a volta do imposto e disse que espera contar com o apoio de todos, inclusive da oposição. E aproveitou para criticar a estratégia de atuação da bancada do PSDB na Câmara, que prega o apoio ao governo em algumas das chamadas reformas estruturantes na economia, como a da Previdência Social, mas não às medidas de aumento da carga tributária, como a recriação da CPMF.
“Não é razoável que o país fique assistindo essa briga do mata-mata. Todo mundo tem consciência de que quem mais precisa dessa CPMF não é o governo da Dilma. É o país que precisa para equilibrar, para ajudar os estados e os municípios. Se não, os estados vão quebrar. Quem quer ver o país quebrado? Temos que equilibrar. A oposição está no papel dela. Ela criou a CPMF e agora não quer nem a CPMF transitória. Mas nós vamos votar. Vamos mobilizar a sociedade”, disse.
Uma das primeiras vozes a pregar a volta do imposto para manter a saúde, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), desta vez, não foi tão enfático na defesa. Disse tratar-se de uma proposta que o Congresso deve avaliar. “Nosso foco hoje é que é importante a união do Brasil inteiro para que se possa combater o Aedes aegypti até pela ameaça que existe agora da febre chikungunya,, da zika e agora da relação com a microcefalia. Tenho dito até que é que é uma questão de segurança nacional o enfrentamento desse problema”, ponderou.
Mobilização. O Dia de Combate ao Aedes aegypti, em Fortaleza, contou com a participação de homens do Exército. Em duplas, muitos militares ocuparam as esquinas do centro da cidade, distribuindo panfletos explicando a população como fazer para evitar a proliferação do mosquito.
Nessa quinta-feira, 11, a Assembleia Legislativa do Ceará aprovou por unanimidade mensagem do governo cearense permitindo a entrada de agentes de combate ao mosquito, mesmo sem autorização do proprietário, em residências fechadas. O descumprimento da medida implica em multa que vai de R$ 200 a R$ 1.200. Medida Provisória semelhante tramita no Congresso nacional. (AE)
-diariodopoder.com.br/noticia.php?i=49121656056 – Publicado: 13/02/2016

A Pergunta Mais Importante Sobre Aborto

Vamos falar sobre um dos mais desafiantes tópicos emocionais que há hoje, aborto. Mas de uma forma não emocionada. Também não vamos tocar na questão que mais preocupam as discussões desse tema – se o aborto deveria ser legal ou não. A única questão aqui é a moral: Acabar com a vida de um feto humano é moral? Vamos começar com esta questão: O feto humano tem algum valor ou direito?
Agora, é um fato científico de que o feto humano é uma vida humana. Aqueles que argumentam que o feto não tem direitos dizem que ele não é uma pessoa. Mas mesmo que você acredite nisto, isso não significa que o feto não tem nenhum valor intrínsico ou nenhum valor. Há muitos seres vivos que não são pessoas que tem valor e direitos: Cachorros e outros animais, por exemplo. E esse é o argumento moral número um: Um ser vivo não tem que ser uma pessoa para ter valores e direitos morais intrínsecos.
Quando desafiados com este argumento, as pessoas normalmente mudam o assunto para o direito da mãe – querendo dizer que o direito da mãe de acabar com a vida do seu feto sob qualquer circunstância, por qualquer razão e em qualquer momento de sua gravidez. Isso é moral?
Isso é apenas se você acreditar que o feto humano não tem nenhum valor intrínseco. Mas na maioria dos casos quase todo mundo acredita que o feto humano tem essencialmente valor infinito e um direito quase absoluto à vida. Quando? Quando uma mulher grávida quer dar a luz.
Então, a sociedade – e suas leis – consideram o feto como tão valioso que se alguém matar o feto, essa pessoa pode ser processada por homicídio.
Apenas se uma mulher grávida não quiser dar a luz, fazer muitas pessoas considerarem o feto como “inútil” ou sem valor. Agora, isso faz sentido? Não parece. Tendo um feto valor ou não.
E este é o segundo argumento moral: Em que nível moral a mãe decide sozinha o valor de um feto? Nós certamente não fazemos isso no que diz respeito a uma criança recém nascida. É a sociedade, não a mãe – ou o pai – que determina se uma criança recém nascida tem valor e o direito à vida.
Então a questão é: porque isso deveria ser diferente antes do nascimento do ser humano? Porque uma pessoa, uma mãe, determina se aquele ser tem algum direito à vida? As pessoas respondem afirmando que uma mulher tem o direito de .controlar seu corpo”. Agora, isso é completamente certo. O problema aqui de qualquer forma, é que o feto não é seu corpo, ele está no seu corpo. É um corpo separado. E este é o argumento moral número três. Ninguém pergunta a uma mulher grávida “como está o seu feto?” quando perguntando sobre o feto. As pessoas perguntam, “como está o bebê?”. Argumento moral número quatro: Praticamente todos concordam que o momento em que o bebê saem do ventre, matar o bebê é assassinato. Mas deliberadamente matá-lo alguns meses antes do nascimento é considerado não mais moralmente problemático do que extrair um dente. Como isso faz sentido?
E finalmente, o argumento moral número cinco: não há casos em que praticamente todos – mesmo entre aqueles que são pró-escolha –
reconheceriam que um aborto não poderia ser moral? Por exemplo, seria moral abortar um feto feminino apenas porque a mãe prefere meninos do que meninas – como tem acontecido milhões de vezes na China e em todo lugar? E mais um exemplo: digamos que a ciência desenvolve um método para determinar se uma criança no útero é gay ou hetero. Seria moral matar um feto gay porque a mãe não quer uma criança gay?
As pessoas podem apontar razões práticas para não criminalizar todos os abortos. As pessoas podem divergir quanto a quando um ser humano surge; e sobre a moralidade do aborto depois de estupro ou incesto. Mas a respeito da maioria dos abortos – aqueles de mulheres saudáveis abortando fetos saudáveis – sejamos claros. A maioria destes abortos simplesmente não são morais.
Boas sociedades podem sobreviver com pessoas fazendo coisas imorais. Mas uma boa sociedade não pode sobreviver se chama coisas imorais de morais. http://youtu.be/SOeQMDnuHfI

O Islam e a Islamofobia

Não se iludam, pois não cabe o termo, uma vez que fobia significa um medo irracional, e, ao analisar-se os fatos nota-se que não se trata de um medo irracional, senão, de um medo extremamente racional, uma vez que todas as evidências colaboram para que não aceitemos calados o que querem nos impor.
Se tem ainda alguma dúvida, assista o vídeo, não precisa ficar contra os muçulmanos, e nem mesmo fechar a cara para eles, no entanto, temos sim que tomar cuidados redobrados, porque os fatos, não podem ser alterados, e, contra fatos, não há argumentos…
Eles querem a humanidade escravizada ou exterminada, juntamente com seus valores, para que sobrevivam apenas os muçulmanos e seus valores, e isso, nos mostra a irracionalidade desse projeto. (ely silmar vidal) https://youtu.be/N1Yr6iPYXU4

Francisco Narbal Alves Rodrigues, braço direito de Tarso Genro preso

Assessor de Tarso Genro é preso em Brasília, mas governador gaúcho se acovarda e prefere o silêncio
Calou por quê? – De um tempo para cá, o Partido dos Trabalhadores, de forma desavergonhada, incluiu em seu cardápio o silêncio obsequioso, sempre acionado por conta da incompetência histórica de alguns companheiros e dos escândalos patrocinados por outros tantos.
Durante a era da tucana Yeda Crusius, os petistas gaúchos decidiram pegar carona na misteriosa morte de Marcelo Cavalcanti, chefe do escritório de representação do governo do Rio Grande do Sul em Brasília, cujo corpo foi encontrado no Lago Paranoá, que abraça a capital dos brasileiros.
À época, os petistas do Rio Grande do Sul, a reboque de estridente gritaria política, convocaram a ex-companheira de Cavalcanti para depor na CPI do Detran, com o objetivo de vincular a tragédia a algum escândalo envolvendo a então governadora Yeda Crusius. A insana operação teve o endosso de Tarso Genro, que na ocasião já mirava o Palácio Piratini, sede do governo da terra de chimangos e maragatos. Se os integrantes da mencionada CPI se ajoelharam não se sabe, mas nada foi provado contra a então governadora.
Na última semana, a Polícia Federal deflagrou operação para investigar desvios de dinheiro público e prendeu em Brasília ninguém menos que Francisco Narbal Alves Rodrigues, um velho e conhecido militante petista. Para quem não sabe, Francisco Narbal foi o braço direito de Tarso Genro nos ministérios da Educação e da Justiça. Atualmente, o enrolado companheiro ocupava, a mando de Tarso, o segundo cargo mais importante do tal escritório de representação do governo gaúcho na capital federal.
Em sua passagem pelo Ministério da Justiça, Tarso Genro indicou Narbal para comandar o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, o Pronasci, do qual o governador se diz orgulhoso e que muitos petistas gazetearam pelo Brasil afora. Muito estranhamente, Tarso Genro, assim como inúmeros petistas barulhentos, adotou um silêncio quase sepulcral e se recusa a falar sobre o assunto.
Traduzindo para o nosso bom e velho idioma de nossa querida pátria amada, na condição de pedra o PT é implacável, mas como vidraça é de uma covardia vergonhosa e nauseante. Com a palavra, o silencioso Tarso Genro, cuja covardia é conhecida há décadas.
(Por: Redação Ucho Info) -ucho.info/assessor-de-tarso-genro-e-preso-em-brasilia-mas-governador-gaucho-se-acovarda-e-prefere-o-silencio

Adoração como Arma de Defesa – Pr Antonio Cirilo

“E todos foram cheios do Espírito Santo e começaram a falar em outras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.” (At 2:4) Um grande homem de Deus em uma das mais belas e ungidas pregações que já ouvi.
Por esse motivo busco publicar aqui, para que outros tenham a oportunidade de conhecer esta deliciosa revelação, que sem a menor sombra de dúvida provém, diretamente do Trono de Deus para a minha e para a tua vida. A armadura de Deus
“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.
Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo;
porque não temos que lutar contra carne e sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.
Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.
Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus,
orando em todo tempo com toda oração e súplica no Espírito e vigiando nisso com toda perseverança e súplica por todos os santos” (Ef 6:10-18)
Deixo claro a todos que a divulgação deste, bem como dos outros vídeos em nosso canal, não visa lucros, até porque trabalhamos unicamente pelo IDE do Senhor e portanto não buscamos auferir, lucros ou quaisquer tipos de recompensas. Todo louvor, toda a honra e toda a glória, sejam a quem de direito, Jesus, o Cristo de Nazaré… Amém e Amém! – (apóstolo ely silmar vidal) https://youtu.be/WAl8veNgwQc

Lula não está sozinho! Ele poderá ter a companhia do governador de MG na cadeia

Matéria publicada na Revista Época informa que Danielle Fonteles, dona da agência Pepper Interativa, já fechou acordo de delação premiada na Operação Acrônimo, da PF
A operação investiga um esquema de desvio de $$$$$$$ do Ministério do Desenvolvimento. Os rercursos teriam abastecido a campanha do atual governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel [PT].
26/03/2016 -diariodobrasil.org/lula-nao-esta-sozinho-ele-podera-ter-a-companhia-do-governador-de-mg-na-cadeia/#

O indigno Delcídio vai representar o digno MS

Em prisão domiciliar, Delcídio vai exercer o mandato de senador
O Congresso Nacional terá um parlamentar presidiário. Solto por ordem do ministro do STF, Teori Zavascki, Delcídio Amaral, do PT, foi autorizado a voltar ao trabalho, normalmente, tão logo seja publicada a decisão, o que deve ocorrer na próxima semana.
Delcídio deixa a sede do Batalhão da PM do Distrito Federal e vai para prisão domiciliar, com autorização para continuar representando Mato Grosso do Sul, mas impedido de sair à noite e nas folgas do trabalho. Também não pode sair do país e deve entregar o passaporte ao STF.
O senador está preso desde 25 de novembro, com base em gravação feita por Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró, na qual propõe mesada de R$ 50 mil mensais para o ex-diretor da Petrobras, hoje delator na Lava-Jato, fugir ou poupá-lo na delação que era negociada.
‘Se me cassarem, levo metade do Senado comigo’, avisa Delcídio
Além de Delcídio, que, mesmo na cadeia, nunca deixou de receber salário e de ter assessores, o Congresso Nacional tem outro punhado de denunciados por corrupção. Os casos mais notórios são os de Renan Calheiros, presidente do Senado, e de Eduardo Cunha, presidente da Câmara.
De dia, o petista vai trabalhar no Senado, representando o digno Estado do Mato Grosso do Sul; de noite, nas folgas e nos finais de semana, está impedido de sair de casa.
-clesio.net/e/em-prisao-domiciliar-delcidio-vai-exercer-o-mandato-de-senador=92

Sergio Moro acusa governo e invalida eleição

Dilma cai nas minhas mãos!
Em ofício enviado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça, afirmou que “seria talvez oportuno” que delatores do esquema de corrupção da Petrobras fossem ouvidos dentro de uma ação que investiga a eleição da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer. O juiz também informou que, em uma das sentenças que proferiu no caso, ficou comprovado o uso de propina com recursos da estatal para realizar doações eleitorais, como acusa o PSDB em relação à campanha petista de 2014.
https://youtu.be/UfTtdpRwPjI -noticiasveja.net/noticia01/noticia.php?N=293&status=ativo&gera=c8lg5m2A3EeD41hFBjifC79da06b

A história está se repetindo. Vamos gritar: Não ao Comunismo!

Não concordo com o viés apresentado na formatação do vídeo, que mostra o Regime Militar, primeiro como tendo sido uma ditadura, o que não foi, conforme cita o vídeo perto de 400 pessoas foram mortas por aquele regime, em contra partida temos este regime atual, que se intitula democracia e que com certeza, somente com o alagamento em Minas Gerais, já matou muito mais… Além disso, não conta a verdade, com as palavras certas, do que foi, que os militares nos livraram nos anos que vão de 1964 a 1985…
Afora o acima exposto, não me consta, que qualquer ditadura seja derrubada, como a forma que os militares conduziram a entrega do poder em 1985, e além disso, a forma como vêm se comportando, com ética e decoro de lá para cá…
Atenção, convocação aos Brasileiros de bem, todos os que não aceitam a situação caótica em que se encontra o País.
Vamos nos mobilizar e retomar a nossa liberdade, o direito ao conhecimento da verdade e não das mentiras deslavadas contadas pelos canalhas comunistas que tomaram conta do nosso País. Nós, o povo Brasileiro, queremos a verdadeira democracia e temos condições de recolocar nosso País de volta nos trilhos do crescimento, dentro dos princípios morais e éticos que norteiam nosso povo.
Devemos deixar claro, que o que aconteceu nos idos de 1964 a 1985, foi uma resposta de nossa nação, na forma de um contra-golpe, em virtude da ameaça do golpe comunista que estava se consolidando.
Analisemos com frieza, pois, tudo o que aconteceu naquele momento, é exatamente o que estamos vivendo neste, tudo exatamente como um quadro pintado, todos os pontos são idênticos, sem tirar e nem por… (ely silmar vidal) https://youtu.be/Ut90Blmp7rs

A raposa petista e o galinheiro chamado Brasil

Ah, nada como encarar uma coluna do Greg logo na segunda-feira! Alguns amigos meus não acreditam na minha capacidade estomacal para digerir coisas tão indigestas, e me acusam de masoquismo. Mas é preciso saber o que esses “gurus” da esquerda andam dizendo, para sacar qual a próxima narrativa furada que vão usar para defender o indefensável.
No texto de hoje, Duvivier se mostra uma alma muito caridosa: ele não acha que existem milhões de golpistas no país, e sim milhões de desinformados, alienados, gente que foi enganada pela mídia golpista (a mesma que lhe dá espaço para defecar pelas mãos).
Somos, nós da direita, mauricinhos que usam camisa polo da Ralph Lauren, mas que também temos coração (bem ali, onde fica o cavalinho da marca). Pedimos o impeachment da “presidenta” (sério, ele anda tão fiel à mão que o alimenta com publicidade estatal que até adotou o “presidenta”), que não possui nada que a desabone, pois fomos ludibriados pelas raposas.
E assim defendemos colocar essas raposas para cuidar do galinheiro. Os petistas, presume-se, eram almas abnegadas que tentavam cuidar das galinhas. Eduardo Graeff resumiu bem em sua página do Facebook:
Gregório Duvivier, na Folha, pede aos seus leitores “paciência para explicar que um impeachment, agora, equivale a botar a raposa pra cuidar do galinheiro.” Raposas, centenas delas, tomaram conta do galinheiro há anos e já comeram uma enormidade de galinhas. Agora, vá você pedir paciência às galinhas que ainda não foram devoradas… Haja empatia!
Se o Brasil é um galinheiro, então as raposas só podem ser os petistas. E são tão gulosos que comeram até as galinhas dos ovos de ouro! Destruíram tudo! Não sobrou nada! Petrobras? Arruinada. Estatais em geral? Bancarrota. Empregos? Sumiram! Inflação? Galopante, corroendo o salário dos trabalhadores. Enfim, foi uma destruição total, que deixou o galinheiro em estado deplorável, com penas para todo lado.
A revolta das galinhas é justamente colocar essas raposas para correr. Mas ainda há quem as defenda, seja por pixulecos, seja por fanatismo ideológico. Qual o caso do Greg? O leitor decide. Mas digo que ele fazia piadas com o PT e Lula há alguns anos, e hoje não faz mais. Algo mudou em pouco tempo no seu caso. Ou teve uma epifania, ou viu os tais ovos de ouro que as raposas esconderam do butim ao galinheiro.
PS: Ler o mauricinho Greg, “filhinho” do padrasto importante global e com pinta de ter sido criado pela vovó, falando dos “coxinhas” que usam camisa polo é realmente hilário. Será que o rapaz “leite com pêra” se sente, assim, mais machão e sujeito homem do povo? Aquela massa toda de gente nas ruas pedindo o impeachment era tudo “filhinho de papai”, mas Greg é “o cara” descolado, ralador, do povão, pois curte “poesia”. Como não adorar essa esquerda caviar?
28/03/2016 – Rodrigo Constantino -rodrigoconstantino.com/artigos/raposa-petista-e-o-galinheiro-chamado-brasil/

Militares impediram um “golpe de estado chavista” de Dilma

Em entrevistas a correspondentes da imprensa estrangeira e a todo momento que encontra um microfone ou um gravador à sua frente, a presidente Dilma Rousseff está denunciando a preparação de um golpe para derrubá-la do poder. Sabe-se que se trata de uma argumentação fantasiosa. O que não se sabia é que a realidade era bem diversa.
Conforme o jurista Jorge Béja já comentou aqui na Tribuna da Internet, o site “Diário do Poder”, do jornalista Claudio Humberto, informou que chefes militares informaram à oposição, em reuniões reservadas, que o governo do PT discutia a adoção de medidas semelhantes àquelas utilizadas na Venezuela para sufocar os protestos de rua. Houve inclusive tratativas com próceres da semiditadura venezuelana. O plano era decretar “Estado de Defesa”, suspendendo direitos fundamentais, como de reunião e manifestação e sigilos telefônicos e de correspondência, seguindo o exemplo do que fez Hugo Chavez, quando era presidente do país vizinho.
O pretexto do “Estado de Defesa” seria evitar “graves distúrbios” em cidades onde ocorreram as maiores manifestações, no último dia 13. Diante disso, agora eu pergunto: quem quer mesmo dar o golpe?
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – A informação divulgada por Cláudio Humberto é importantíssima e revela um fato da maior relevância. Com toda a certeza, a decretação do “Estado de Defesa” somente não ocorreu porque os comandantes das Forças Armadas impediram. É claro que eles foram consultados, porque nenhum governante (no caso, governanta) tem condições de decretar medida de tamanha gravidade sem consultar os comandos militares, que são responsáveis por colocar em prática tal determinação. Como dizia Ibrahim Sued, olho vivo porque cavalo não desce escada. (C.N.)
26/03/2016 – Tribuna da Internet – José Carlos Werneck -tribunadainternet.com.br/militares-impediram-um-golpe-de-estado-chavista-de-dilma/

Relatos selvagens

Por que nosso cinema brasileiro é tão inferior ao argentino? A Argentina está quebrada há anos. Sua política é risível (peronismo de todos os lados). Sua presidente atual, uma bolivariana louca. Mas “los hermanos” continuam anos-luz à nossa frente em uma porção de coisas, entre elas o cinema. A “cultura” brasileira é ainda um atraso em comparação à argentina.
Nosso cinema patina na fórmula da comédia escrachada, masturbações ao redor do amor neurótico, do “coitadismo” (coitado do pobre, do bandido, do drogado) ou de seu contrário: pobre é lindo, bandido é lindo, drogado é lindo. E agora uma novidade: as questões de gênero.
Existe um lugar-comum para o cinema inteligentinho entre nós: a crítica social. Parodiando o grande Oscar Wilde, quando dizia que toda poesia sincera é ruim, eu diria que todo filme de crítica social é ruim. No mínimo, chato. E não deve melhorar, na medida em que os jovens cineastas continuam sendo formados, em grande parte, no culto a Cuba como meca da resistência ao capital — dá até vontade de rir, se não fosse caso para chorar…
E aí, chegamos a “Relatos Selvagens“, dirigido pelo argentino Damián Szifrón, que conta seis histórias curtas sobre violência. Não, você não vai ver um filme falando de como o capital é responsável por todas as desgraças do mundo, nem sobre como a sociedade desigual produz todo o mal. “Relatos Selvagens” não é infantil — e, quem pensa que a violência é fruto do capitalismo, é infantil.
Mas, claro, as relações entre as pessoas num mundo do dinheiro são parte de como se dá a violência. Por exemplo, numa das histórias do longa, o personagem de Ricardo Darín é esmagado por algo que conhecemos muito bem: a parceria criminosa entre governo e as empresas privadas que prestam serviços a ele, gerando todo o aparato de multas no trânsito nas grandes cidades, câmeras fotográficas, guinchos e afins. Além, claro, da burocracia enlouquecedora, feita para inviabilizar qualquer tentativa de reação por parte das pessoas.
Entretanto, pela própria apresentação do filme, vemos que o lugar da violência parece estar além do maniqueísmo típico das ciências sociais: os animais selvagens olhando para as câmeras que os fotografam relevam nosso parentesco de alma com eles.
O tratamento da violência no longa parece ser o seguinte: a violência é constitutiva da espécie e a civilização faz o que pode com isso. Inclusive porque é a própria civilização quem estimula a violência, muitas vezes vista como o “ato de coragem” — que, em um dos relatos, faz um homem recuperar o respeito da própria esposa.
A violência é feia, destrutiva, ridícula. Mas, às vezes, a negação dela seria destrutiva, como na história em que um milionário, achacado pela corrupção do sistema judiciário argentino, decide ser mais agressivo na negociação da propina e consegue reduzir seus gastos com um crime que envolve seu filho, um mauricinho irresponsável.
Aliás, nesse mesmo caso vemos como as classes menos favorecidas sabem muito bem como manipular seus “ganhos” no esquema de corrupção. Um cínico diria que a corrupção também pode ser inclusiva.
Noutra história, a diferença de “natureza” entre duas pessoas distintas pode fazer com que uma, com todas as razões do mundo para se vingar, se mantenha imune ao instinto violento e outra, sem nenhuma relação com o caso em questão, se revele uma besta assassina. Diferenças de caráter individual, claro, eram consideradas um “fetiche” burguês pelo velho Marx.
Não faltaria em uma obra consistente como “Relatos Selvagens” o reconhecimento da íntima relação entre violência e Eros. A história da festa de casamento traz à tona a sabida “energia positiva da agressividade” no tesão entre um homem e uma mulher. A paz eterna é brocha.
No primeiro relato, somos levados a pensar: qual gostosa nunca trocou o namorado bundão pelo amigo descolado? Quem nunca riu de alguém medíocre? Qual terapeuta nunca subiu o preço da sessão?
Bem-vindos à vida real, e não à pasmaceira politicamente correta brasileira.
(Luiz Felipe Pondé – jornal Folha de São Paulo – 24/11/2014) -luizfelipeponde.wordpress.com/2014/11/25/relatos-selvagens-24-11-2014/

Nosso melhor momento

Um dos mais ilustres membros da nossa magistratura, o Dr Sérgio Moro, em mais um de seus poucos pronunciamentos, nos exorta a crer, porque algo de bom, disso tudo sairá.
A COJAE – Corte de Justiça Arbitral e Eclesiástica o aplaude e declara apoio, amplo, total e irrestrito.
Estamos juntos, sigamos em frente e clamemos pela INTERVENÇÃO MILITAR urgente. (ely silmar vidal)

Em 10/03/2016, o juiz federal Sergio Moro, durante palestra no 2º Fórum Transparência e Competitividade da FIEP – Federação das Industrias do Estado do Paraná deu o recado. Enfrentamos a corrupção agora punindo os culpados ou varremos para baixo do tapete e esperamos, pois daqui a 5 ou mesmo 10 anos, ela voltará muito maior.
Nas palavras de Winston Churchill, citadas pelo juiz em seu discurso: “.Esta não é a hora mais escura. Esta é a nossa melhor hora. Porque se nós conseguirmos vencer este desafio, daqui a mil anos, quando for olhado para trás, os nossos sucessores vão apontar aquele momento como sendo o nosso melhor momento”. https://youtu.be/9aFJn1y5bJs

Filho do apedeuta tira sarro do Brasil inteiro

Filho de “LULA” Volta a tirar sarro e faz piada com justiça brasileira “Trouxas, não disse que quem manda é meu pai kkkkk, ele NUNCA irá pra cadeia”
Afirmava pra quem quisesse ouvir, ser filho de quem manda nesse país e todos se curvam diante do pai. Uma demonstração explícita de certeza da impunidade, digna de membros da família Real.
“Trouxas, não disse que quem manda é meu pai kkkkk, ele NUNCA irá pra cadeia” Depois de ter sido blindado pelo STF, o menino não economizou no sarcasmo. Não será chamado para depor. A investigação repousará na gaveta e ficará por isso mesmo. Entre amigos esbanjou Segurança.
Infelizmente temos de concordar, lembrando do ocorrido meses atrás. Com três sócios, abriu em São Paulo, a Corretora de Seguros “Silva e Cassaro”. O Registro na Susep se consolidou com velocidade inimaginável e o objetivo da Empresa seria vender Produtos à Construtoras e Empreiteiras.
As mesmas que “pagavam” fortunas para o Papai fazer Palestras Fantasmas e protagonizaram as Listas de envolvidos em falcatruas Bilionárias.
A certeza de ser caminho sem volta, aumenta com a indignação. A cada dia Dilma e Lula montam a teia. A oposição vem se desmanchando à luz do dia. Parlamentares, partidos, outros poderes e autoridades se vendem, em troca de favores e cargos. Sem falar dos que se calam, em nome do Rabo Preso.
Possibilidade de impeachment de Dilma, próxima a zero. Governistas começam a aprovar o que querem em plenário, enquanto o judiciário escandaliza com a diferença de tratamento. Contra Cunha, declarado desafeto de Dilma, provas se multiplicam, numa facilidade espantosa, enquanto processos e investigações que envolvem Lula, familiares e aliados, recebem todo o tipo de bloqueio.
A continuar, em 2018 Lula assume, para consolidar a mais duradora, sangrenta e opressora ditadura comunista, já vista no Ocidente. Quase impossível reverter o quadro. Psicopata, com dinheiro, poder, apoiado por todo tipo de marginais, em sinal de gratidão, mantendo o povo desarmado, dependente e amordaçado por leis imorais. Tem Sindicatos nas mãos (corrompeu Lideranças).
A partir de agora, Manifestação contra esse governo será considerada sem representatividade e esvaziada por entidades de classe. Em favor, mobilização total.
VOU ALI VOMITAR E JÁ VOLTO. Coisas de um país que virou uma coisa. E assim o mundo gira e o Brasil se afunda…Heil Lula!!!
(fonte: blog diamante) Agências -pensabrasil.com/filho-de-lula-volta-a-tirar-sarro-e-faz-piada-com-justica-brasileira-trouxas-nao-disse-que-quem-manda-e-meu-pai-kkkkk-ele-nunca-ira-pra-cadeia

Dilmãe eu quero, dá uma teta para o PTralha roubar

Dilmãe eu quero, Dilmãe eu quero mamar, dá uma teta, dá uma teta pro PTista roubar
Dilmãe eu quero, Dilmãe eu quero mamar, dá uma teta, dá uma teta pro PTista roubar
Esta foi uma singela homenagem a um PTista dentro de um avião da GOL, que estava prestes a decolar. Alguns equivocadamente dizem ser a pessoa, o então, Ministro Chefe da Presidência Miguel Rossetto.
Nesta ocasião o Comandante da aeronave recusou-se a decolar, enquanto a manifestação continuasse. https://youtu.be/e490EeD33WQ