A denúncia mais devastadora contra Lula

Se você leu distraidamente o post anterior, releia-o, por favor.
Trata-se da denúncia mais devastadora contra Lula até agora.
O relato de Fernando Baiano mostra que:
1 – Lula decidiu nomear Nestor Cerveró para a BR Distribuidora.
2 – Ele só lhe deu o cargo porque Cerveró repassou 60 milhões de reais em propina para sua campanha presidencial.
3 – Lula tinha conhecimento da propina do Banco Schahin.
4 – José Carlos Bumlai, que negociou a propina do Banco Schahin, negociou também – diretamente com Lula – a recompensa a Cerveró.
5 – Lula sabia que Cerveró era um operador de propinas e, exatamente por isso, nomeou-o à BR Distribuidora. (Brasil 02.12.15)
oantagonista.com/posts/a-denuncia-mais-devastadora-contra-lula

Policia Federal intercepta e-mail que liga LULA e DILMA à LavaJato

As provas são mais que evidentes e se avolumam à medida que as investigações avançam. Já quase não existe mais o que se perguntar aos envolvidos, a não ser, para um esclarecimento, no sentido de precaver-se de futuros delinquentes que queiram utilizar-se dos mesmos expedientes, porque, no que tange a provar envolvimentos, tudo já está muito mais que provado. Alguns pensam que para se provar, ainda são necessárias outras provas, como se os delinquentes costumassem assinar recibos ao delinquir, o que não é verdadeiro.
Folgo em ver, no trabalho da Polícia Federal, evidências de que existe sim um processo de Intervenção acontecendo no País. Não nos moldes que eu queria e que eu imaginava, mas nos moldes que os tempos modernos e as quadrilhas modernizadas exigem. Meus parabéns aos Brasileiros envolvidos na faxina geral, quem dera me fosse dado um papel nessa faxina… – (ely silmar vidal – teólogo, jornalista investigativo, juiz arbitral e psicanalista) www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/749434628519593/?l=7063078079541738876

Lula ensina o que fazer com corruPTo

Alexandre Frota, nos ciceroneia neste passeio, pelas idéias do molusco, no que tange a o que fazer, com ladrão, corruPTo e safado da vida pública… (ely silmar vidal)
“… Numa entrevista realizada em 29 de outubro de 1989, no programa Silvio Santos, o então candidado a presidência da República Luiz Inacio Lula da Silva diz tantas verdades de si mesmo que chegamos a duvidar da sua palavra!
… Espero que a galera curta, e se você quiser Lula preso e fora do nosso caminho, compartilhe!” – (Carlos Klinke) www.facebook.com/apostoloelyvidal/videos/748613991934990/?l=4210095699263651917

Vereadora de Natal apaga mensagem que sugeria divisão do Brasil,Eleika Bezerra é vereadora pelo PSDC em Natal

Figura do mapa do Brasil ‘subdividido’ foi postado pela vereadora de Natal Eleika Bezerra na página que ela mantém no Facebook (Foto: Reprodução/Facebook de Eleika Bezerra)
A vereadora de Natal Eleika Bezerra (PSDC) apagou a postagem que mostrava o mapa do Brasil dividido entre os estados onde Dilma Rousseff teve maioria de votos e os que onde Aécio Neves saiu vencedor. A imagem, publicada na manhã desta segunda-feira (27) no Facebook, mostra os estados das regiões Norte e Nordeste, além Rio de Janeiro e Espírito Santo compondo o que a vereadora denominou de “Nova Cuba”. O Brasil ficaria sendo os demais estados, com exceção de Minas Gerais, que seria “implodido para a construção de um lago”. A assessoria de imprensa da vereadora confirmou que a postagem foi publicada pela própria Eleika Bezerra.
Antes de apagar a mensagem, a vereadora emitiu nota por meio da assessoria de imprensa. O texto diz que Eleika não teve o intuito de promover o preconceito entre regiões, mas que, em relação às eleições, “presenciamos uma campanha que dividiu o país em etnias e classes sociais eivada de preconceitos e maniqueísmos, o que resulta no estímulo ao espírito separatista”.
A nota diz ainda que a vereadora esteve em Cuba há cinco anos e confirmou “o avanço na educação e na saúde e a falta de liberdade, até de ir e vir. Reafirmo que o meu desejo é de que o Brasil possa se espelhar em Cuba no que diz respeito à saúde e à educação, mas nunca na ausência da liberdade de expressão”. Ao encerrar, a nota afirma que Eleika é professora há mais de 50 anos e sempre teve uma postura pautada pela ética, transparência e defesa da minha liberdade de expressão. “Vivo em um país em que o direito de expressar o que penso é assegurado pela Constituição Federal e posso, portanto, manifestar minhas ideias”.
A postagem causou indignação em internautas que não pouparam críticas à vereadora. “Professora, confesso que perdi toda a admiração que nutria pela sua figura. Confiava que você pudesse fazer a diferença na política potiguar, alçando inclusive voos mais altos do que o posto de vereadora de Natal. Acreditava na voz pela Educação. Agora eu vejo que a senhora é só mais uma igual a eles”, comentou Heronildes Júnior. “Que absurdo, estou preocupado com esse povo que não respeita a democracia”, disse Adilson Rodrigo.
Eleika foi eleita vereadora em 2012 pela primeira vez e ficou conhecida por se comprometer a doar todo o salário de parlamentar para instituições de caridade. O compromisso foi registrado em cartório à época.
Sobre a vereadora: Eleika Bezerra, 71 anos, é professora aposentada pela UFRN. Foi subsecretária de educação do Estado e secretária municipal de educação de Ielmo Marinho e Natal, onde foi responsável pela criação do Programa Pré-escola Para Todos. A professora já atuou na direção do Instituto Kennedy e fundou, junto com um grupo de educadores, o Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE).
g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/eleicoes/2014/noticia/2014/10/vereadora-de-natal-apaga-mensagem-que-sugeria-divisao-do-brasil.html

DELCÍDIO FOI GRAVADO MAIS DE UMA VEZ

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL EM XEQUE. MINISTRO CONVERSOU SIM, COM DELCÍDIO. POLÍCIA FEDERAL TEM A GRAVAÇÃO
É DESCONFORTÁVEL A POSIÇÃO DE UM MINISTRO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL DIANTE DO VAZAMENTO DE PARTE DA DELAÇÃO PREMIADA DE NESTOR CEVERÓ, PRESO NA CARCERAGEM DA POLÍCIA FEDERAL EM CURITIBA. SEGUNDO “CRAVOU” RICARDO NOBLAT NA SUA COLUNA PUBLICADA PELO JORNAL O GLOBO, ISSO É FATO…
Diz Ricardo Noblat:
DELCÍDIO FOI GRAVADO MAIS DE UMA VEZ
Antes de ser preso, Delcídio Amaral (PT-MS), líder do governo no Senado, estava grampeado com autorização da Justiça.
A Polícia Federal tem outras conversas dele gravadas – inclusive com um ministro do Supremo Tribunal Federal.
O grampo começou a ser legalmente aplicado depois que Bernardo Cerveró, filho de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras preso pela Lava-Jato, entregou à Procuradoria Geral da República (PGR) a gravação do seu encontro com Delcídio em um hotel de Brasília.
Não foi de Bernardo a iniciativa de bater às portas da PGR. Foi a Polícia Federal que o procurou a respeito. Quando o fez, Bernardo já havia recebido a primeira das 48 parcelas de R$ 50 mil que Delcídio lhe prometera em troca do silêncio do seu pai.
cristalvox.com.br/2015/11/28/supremo-tribunal-federal-em-xeque-ministro-conversou-sim-com-delcidio-policia-federal-tem-a-gravacao/ – http://noblat.oglobo.globo.com/meus-textos/noticia/2015/11/delcidio-foi-gravado-mais-de-uma-vez.html